Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Quem acompanha meus artigos de Little Witch Academia, sabe muito bem que eu estou torcendo para que a Akko e o Andrew fiquem juntos, – mesmo que no fundo eu pense que não vai ser assim que tudo vai terminar – então esse último episódio me agradou bastante, principalmente pelo fato do Andrew não ter sido um chato o tempo todo, mesmo com aquele jeito prepotente dele. Não aconteceu muita coisa em relação ao Shiny Rod e as outras palavras, mas acho que a história desse episódio tem uma considerável importância para o desfecho de tudo.

Eu acreditei que a quinta palavra seria revelada nesse episódio, mas parece que me enganei. Talvez tenhamos chegado perto disso, pode ser que a história desse episódio continue no próximo, mas é bem provável que a Akko só descubra as palavras restantes mais pro final do anime, isso se ela realmente descobrir todas, já que nem a Shiny Chariot conseguiu descobrir.

Isso tudo me leva a pensar, também, no que aconteceu para que a Shiny Chariot “desaparecesse”. Por que ela não conseguiu descobrir todas as palavras? Será que isso possui alguma relação com a Croix? Seria bem plausível se de fato ela tivesse culpa nisso, mas estou curiosa de verdade para saber mais sobre como elas deixaram de ser amigas, já que uns episódios atrás ambas apareceram juntas. Fico pensando se começou a existir uma rivalidade quando a Ursula – ou seja lá qual for o seu nome verdadeiro – se transformou em uma Chariot. A parte mais engraçada disso tudo – e talvez a mais clichê – é que elas eram, supostamente, amigas, mas uma acabou passando para o lado do mal.

Não tem como gostar dela

Eu não sei muito bem se o aparecimento da Croix me agradou muito. Sei que isso trouxe um pouco mais de agitação para toda essa história, mas talvez tudo tenha sido forçado demais. Ela não é uma vilã diferente, daquele tipo que você olha e pensa no quanto você gosta dela mesmo sendo malvada, e é exatamente por isso que me desanima um pouco. Como eu disse anteriormente, de forma geral ela é bem clichê, mas se é pra seguir essa linha de pensamento, tenho que colocar aqui que Little Witch Academia, mesmo me agradando muito, é bem clichê em vários momentos. Temos toda aquela história onde existe um certo protagonismo, já que na minha cabeça uma bruxa com quase nenhum talento – que é o caso da Akko – não conseguiria tão facilmente se transformar em algo grande, como é uma Chariot. Para mim, isso seria até injustiça com outras pessoas que acabam sendo bem melhores na prática da magia, como a própria Shiny Chariot.

Isso com toda a certeza é obra dela

Sei que isso tudo pode parecer uma viagem enorme, mas só quero deixar claro que esse anime acabou recebendo um vilão que é coerente com o que a história já nos apresentou. Não tivemos muitas coisas que foram realmente surpreendentes aqui, mas, pelo menos para o meu gosto pessoal, isso não é uma coisa importante para que eu goste de verdade do anime. No mais, Croix está quieta no seu canto, fazendo todos aqueles experimentos ruins, e eu fico aqui indignada com o fato da Ursula supostamente saber o que está acontecendo e não fazer nada. Acredito que ela já sabe quem é de fato a Croix, então ela deveria, no mínimo, tentar fazer algo a respeito.

Em relação ao episódio em si, eu achei a história muito boa. Já sabemos que a Amanda adora uma encrenca, assim como o fato de que a Akko não consegue viver longe de uma também, mas teve algo nesse episódio que me deixou bem animada em relação à história como um todo.

Ele acabou sendo salvo por quem ele queria matar

Toda essa história de rejeitar as bruxas, persegui-las e exterminá-las me parece uma ideia medieval demais, o que de fato deixa tudo mais engraçado para mim, mas ao mesmo tempo acho bem triste. Eu gosto das bruxas desse anime, mesmo que algumas sejam um pé no saco, – ou malvadonas e falsas como a Croix – já que no fundo elas acabam ajudando as pessoas. Pensem no caso onde a Akko teve que salvar todo mundo daquela doença estranha, precisava ser uma bruxa. Sei que essa história da armadura possuída provavelmente – ou com toda a certeza – tem relação com a Croix, mas quem acabou ajudando a resolver o problema que ela criou foram as duas bruxas intrusas.

Algo que me chamou bastante atenção, e que acredito ser sido o ponto alto do episódio, foi a luta da Amanda. Eu gostei bastante de ver um pouco mais de ação no anime e ela caiu muito bem nesse papel, a parte ruim disso tudo é que eu acabo querendo shippar todo mundo nesse anime, o que definitivamente não vai acontecer na história de fato. Pude presenciar também a Akko conseguindo se transformar em algo que não era estranho. Acho que ela está evoluindo aos poucos nisso.

Será que eu devo shippar os dois mesmo?

Ver o Andrew de novo me animou bastante, mesmo que ele tenha sido um pouco trouxa. No final, se não fosse por ele, Akko e Amanda seriam torturadas, mas obviamente a personagem principal tinha que ser salva de alguma forma. Engraçado mesmo foi o fato de que ele reconheceu a Akko mesmo em forma de rato. Isso me deixa pensando se ele realmente quer que as bruxas desapareçam de vez, já que ele poderia muito bem ter entregado as duas naquele momento.

Será que ele vai parar de ser trouxa?

Para completar tudo isso, ele acabou livrando – até onde sabemos – as duas de ficarem ali para resolver toda a bagunça que criaram. Talvez alguém de Luna Nova descubra e elas acabem ficando de castigo, ou a Amanda finalmente consiga ser expulsa, porém acredito que é bem possível que o Andrew tenha mudado de vez a sua opinião em relação às bruxas e decida ser uma pessoa diferente do seu pai.

Por fim, espero que aconteça algum romance entre os dois. Eu fico aqui torcendo por isso.

Comentários