Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, aqui é a Nica. Para quem lembra de mim, daquele primeiro (e achei que fosse ser o único e.e) texto que publiquei aqui uns meses atrás… sim, a revisora ficou responsável pelas primeiras impressões de Dive!!. O episódio 1 foi tão bom que sobrou pra mim hahaha.

O que comentar desse anime que mal começou e já não me agradou? Bom, vamos desde o início…


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Um garotinho está correndo atrás de seu cachorro, Chikuwa, até que o animal para em um clube de mergulho, sugestivamente (ou talvez ele só estivesse com sede, já que ele parou de frente pra uma piscina, pena que tinha uma grade). O garoto, ao ver um rapaz saltar do ponto mais alto, fica maravilhado. Nesse dia, o ainda criança Tomoki, passou a simplesmente adorar salto ornamental. Tá bom.

O tempo passa e Tomoki, agora um adolescente, tem uma “namorada”. E eu coloco entre aspas pelos seguintes motivos: como você pode chamar de namorada alguém pra quem não dá a mínima atenção, e muito menos sabe o porquê de estar com essa pessoa? Ele está com a Miyu por estar. Talvez ele tenha tido medo de recusar quando ela pediu para namorá-lo? Bem provável. Mas ainda assim ele está sendo um babaca.

Acrescente isso ao fato de que em todos os momentos que o Yoichi aparece, os olhos do garoto brilham/grudam no cara. Essa admiração é bem esquisita. Quando ele vê Yoichi indo para o clube, nem mesmo se importa em simplesmente deixar para trás a “namorada”, que está o acompanhando, para ir mais rápido para o treino. Duplamente babaca. Tomoki não está no clube de mergulho porque adora, em primeiríssimo lugar, o esporte; quando era mais novo nem gostava tanto assim de nadar. Ele quer, sim, pular do ponto mais alto, mas só porque Yoichi, senhor filósofo e melhor de todos, está lá. E quer estar com ele. Parece que temos um “triângulo amoroso” aqui: Miyu que ama Tomoki que admira estranhamente Yoichi que não gosta de ninguém. Tomoki-admirador vai ficar apenas numa coisa que dá a entender que é mas talvez nem seja. Tomoki como namorado, talvez a menina fique cansada de correr atrás do garoto que tá nem aí pra ela, ou talvez ela apenas continue o amando, mas com certeza todas as vezes em que ele não der a mínima pra ela, se chateará; não duvido muito dessa última, até porque isso já tá rolando. De uma coisa tenho certeza: Tomoki não sabe o que está fazendo da vida.

Eu esperava algo em torno da sinopse: o Clube de Mergulho Mizuki está prestes a fechar, mas pode ser mantido aberto caso um de seus membros chegue às Olimpíadas. Porém não foi bem o que rolou nesse primeiro episódio. Vamos ver no que vai dar.

É isso colegas, até uma próxima 😉

Comentários