Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Mais histórias e mortes? Bom, não dessa vez, mas sim uma continuação direta que mostrou as consequências dos acontecimentos do episódio anterior. Foi um episódio morno que teve momentos onde a inconsistência bateu na porta da animação e entrou. Sem lutas relevantes, mas com acontecimentos interessantes e um desafio que renderá uma luta muito boa (ou pelo menos é o que eu acho). Mortes patéticas a parte (cof ~ Cavalo ~ cof) tivemos cenas que nos mostraram aquilo que havia faltado na reunião do primeiro episódio. Mas a questão que fica é: quando o maldito do Coelho vai morrer?


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


“Relaxa, não vai doer”

Infelizmente a Macaca-chan querida morreu e com isso, acabou se tornando “amiguinha” do maldito. O Cavalo morreu de forma patética e ainda teve o cadáver caçoado por um inimigo, triste não? Pois é, uma decisão covarde e tola num jogo de vida ou morte é realmente a pior escolha a se fazer. E claro, o maldito vem cada vez mais se fortalecendo e tornando as coisas mais difíceis para os outros concorrentes; ver a extensão da necromancia me deixa com sérias dúvidas se numa eventual derrota dele (não que isso não seja óbvio) teremos o uso do protagonismo ou algo que não faça tanto sentido.

Mas olha que audácia desse _______ – insira um xingamento para esse maldito

E a parte que mais me interessou foi o “final”. Boi vs Tigre, quem será que ganhará? Seria uma pena se dois braços de um cadáver acabassem com esse confronto, né? Pois é, me senti trollado pelo maldito novamente e vi uma luta que particularmente esperei tanto ir para o próximo episódio (se tiver). De qualquer forma, fiquei interessado na solução encontrada pelo Boi e nos motivos da Tigresa no que diz sobre uma possível desavença com alguém que sequer a conhece.

E por fim, os irmãos répteis. Até então, todas as histórias foram interessantes de certo modo e respondiam certas dúvidas sobre as habilidades e até mesmo sobre a seleção do candidato de cada família. Confesso que de todos eu tinha um certo interesse nessa dupla, afinal, num jogo de vida ou morte, como que os dois gêmeos haviam entrado nessa e de que forma isso poderia se desenrolar? Até então não tinha como ter muita noção disso por conta de alguns fatores como, por exemplo, a morte de um deles. E a questão que fica no final disso tudo é: por que o Dragão, que está numa posição teoricamente privilegiada irá dar as caras a essa altura do jogo? Haverá uma real necessidade disso?

Comentários