Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

A carga emocional do episódio da semana foi realmente um ponto elevado da trama se levarmos em consideração que nos episódios anteriores não tivemos uma carga emocional assim (exceto o da última semana, episódio 7, com a morte da Freira), pelo menos não que fizesse diferença para o decorrer dos episódios seguintes como este fará.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Um episódio melhor que o outro! E finalmente, Garo: Vanishing Line começou a me empolgar de verdade! O episódio 7 foi realmente bom com a aparição do Cavaleiro Negro e a morte da Freira, e o episódio 8 não fica por baixo, nos entregou duas lutas muito boas, aparentemente nos confirmou que o Cavaleiro Negro é mesmo o pai do Luke, assim como especulei semana passada, deu alguns pitacos de desenvolvimento do Sword como personagem e agora eu devo dizer que mudei minha opinião quanto ao Sword. O anime não falha em nos entregar ele, na verdade ele nem ao menos tenta desenvolvê-lo, ele é realmente misterioso e não uma falha como personagem como eu havia dito umas semanas atrás, ao menos é a minha atual opinião sobre ele (e sim, está sujeita a mudanças assim como tudo, pelo menos enquanto o anime não acabar).

E não é que a estratégia episódica que o anime adotou no início (coisa que já não é estranha para quem curte os animes antecessores de Garo: Vanishing Line) parece funcionar? Mas o resultado só veio a aparecer agora nos dois últimos episódios e aparentemente irá se manter no próximo, ao menos é o que parece pela prévia no fim do episódio.

A trilha sonora foi outro ponto alto no episódio, conseguindo empolgar bastante na luta do Cavaleiro Negro contra o Luke e decaindo um pouco, mas não despencando na luta contra o Sword. A animação continua bonita e aparentemente consistente e o mais importante: sem o parkinson na tela nos momentos mais importantes da luta.

Jab, direto, cruza…

E agora sabemos que o Luke na verdade é um Monge Makai, assim, nosso grupinho já tem um Cavaleiro Makai, uma Alquimista Makai, um Monge Makai e por último, mas talvez a mais importante, uma Humana aparentemente normal para dar aquela equilibrada básica, sendo uma espécie de Oráculo para o grupo, fornecendo informações sobre boatos que ela ouve por aí nas redes. Sem contar com o pessoal do restaurante, que agora podemos ver a Mei Fang, que é uma espécie de onmyouji, a cena em que ela e a Sophie estavam fugindo dos Horrors e ficaram em uma situação deveras difícil e ela usou um selo “anti-horror” para se livrar deles, foi também relativamente empolgante.

A missão era levar a Sophie para o tal Rei de Eldorado, mas no fim serviu para dar uma cara nova à série e nos mostrar que o Sword não é “onipotente”, e que apesar de ele ter ganhado a luta contra o Cavaleiro Negro, o gosto que ficou na boca foi de derrota e a promessa de uma luta no futuro. Assim, o Sword deve ficar mais forte para não só bater de frente com o Cavaleiro Negro, mas derrotá-lo de vez no próximo embate entre os dois, isso se o Luke deixar acontecer.

O que nos resta são dúvidas sobre quem é o tal Rei de Eldorado, o que saberemos em breve, creio; sobre o passado do Sword, isso saberemos na hora certa, pois se dá para ter algum tipo de certeza agora, é que sobre isso eles sabem o que estão fazendo. E claro, esperar que os quatro personagens principais se unam o mais breve possível para ir à Eldorado e que o anime se mantenha firmemente até o clímax para o qual está começando a se encaminhar. Até mais pessoal, nos vemos nos comentários ou na próxima semana.

  1. Que episódio e como suspeitava, o Cavaleiro Negro é o pai do Luke, o que matou a mãe dele e no momento, inimigo declarado. O cara vai dar trabalho e mesmo que o Sword tenha ganhado, não foi uma vitória e sim uma derrota daquelas, onde mesmo ganhando o gosto é amargo demais pra engolir. As lutas foram muito boas e gostei de terem homenageado a freira com a tela de intervalo, vai fazer falta ela. E bem, desenvolver protagonista nos animes de Garo é desta forma, em “Honoo no Kokuin”, o protagonista só teve melhor desenvolvimento na segunda metade da série; “Guren no Tsuki” seguiu mais na proposta do passado do personagem principal, já que ele era mais jovial e ainda dependia do poder da Seimei pra usar a armadura, depois ele conseguiu fazer isso sem esta ajuda.
    Ou seja, dependendo do contexto, esta apresentação pode demorar ou não. Ao menos, deu pra sacar que o irmão do Sword seja o mais novo e que “morreu” em um incidente, não dá pra saber se foi mesmo ou teve algo a mais. Vamos ver pra onde irá o anime.

Comentários