Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

E aí, gostou dessa terceira mordida mortal? Caso você seja do tipo de pessoa que curte ativar o malaquias assistindo obras desse tipo, o  seu tão esperado ecchi está fraquinho e bem simples. A real é que de certa forma eu continuo não me importando com a história em si (“história” hahahaha) e só estou esperando as lutas e as cenas onde bom, você sabe o que acontece.

Mas gozações a parte, o anime parece que entrará em um arco mais violento e de certa forma importante para o contexto geral do anime (ou faz parecer isso).


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Vocês já pensaram como esse anime é uma doidera? Transformações a parte, o anime conta com um protagonista que tem moral com absolutamente ninguém. Você, eu e todo o elenco sabe que ele é um completo inútil que sequer deveria estar ali, afinal, há “patrocinadores” melhores por aí, como a própria Cheeta disse. E bom, era de se imaginar que o motivo da Hitomi não procurar uma mudança fosse algo relacionado com a inutilidade dele. Sem esquecer que no fim, todas as relações nesse anime de certa forma envolve marionetes manipuláveis em níveis diferentes.

Ora ora, temos um filósofo aqui

E apesar de isso parecer uma loucura faz sentido. A Hitomi é uma marionete do Shidoh, Nomoto é marionete da Hitomi e do Shidoh, e a coelhinha de certa forma é marionete de ambos. E isso se transforma em algo mais profundo quando você considera que temos um jogo político que envolve no mínimo 4 organizações mafiosas. Ou seja, no fim, é o famoso: tem potencial mas não usa da maneira correta. Ou melhor, até usa sendo fiel a sua premissa inicial, mas peca em usar um potencial mais ecchi ao invés de um mais sério. Imaginem esse anime desprovido de ecchi desnecessário e fazendo uma história mais séria e coerente, seria bem interessante, não?

Da série: “dane-se a história, eu quero é fanservice”

Fato é que Killing Bites caminha para um arco que ao menos promete ser sangrento e talvez até decisivo para o contexto geral (como já dito anteriormente). Há muita coisa mal explicada no anime ainda, mas elas são do tipo que com o tempo são expostas e por isso sobra apenas a boa e velha especulação. Shidoh talvez seja a causa do maior “mistério” que o anime até agora apresentou, mas vale lembrar que pouco sabemos sobre a história num contexto mais específico no que diz respeito às organizações.

  1. Não séria nada interessante tirar o ecchi com muito fanservice do anime e tornar a obra mais séria e coerente, ia ficar chato e sem graça! O melhor do anime é o ecchi com muito fanservice a todo momento, historias sérias não nada divertidas e dão dor de cabeça, é melhor ver calcinhas, peitos, bundas meninas colegiais gemendo e ficando peladas e ou semi peladas e fazendo sexo o tempo inteiro no anime do que quebrar cabeça com paranóias verossímil a realidade, foda-se tudo eu quero é muito ecchi com muito fanservice e hentai!

Comentários