Wotaku ni Koi wa Muzukashi é um anime de 11 episódios da A-1 Pictures, que conta a história de uma Fujoshi e um gamer que descobrem que trabalham na mesma empresa e se reencontram depois de muitos anos após o colegial. Depois uma noite de bebedeira eles terminam namorando, a questão que fica é: eles serão capazes de ir adiante com esse namoro?

Wotaku, de primeira instância, parece ser apenas mais um anime de romance bobinho em que dois adultos otakus acabam em um relacionamento. De fato, eles são dois adultos que acabam se relacionando, mas o interessante é a forma como isso é representado.

De um lado temos o casal Naru e Hirotaka,  que é bem iniciante quanto a relacionamentos, que se conhece há muito tempo, mas mesmo assim não consegue criar a aproximação necessária a ser chamada de namoro até quase o final do anime. E de outro lado, temos um casal Koyanagi e Kabakura, que estão juntos há anos e vivem brigando por conta de suas personalidades fortes.

Esse contraste que há entre os dois casais naturalmente gera uma comparação entre ambos, mas conforme os episódios vão passando durante o anime, se é capaz de entender que não importa o quanto de tempo ou de experiência cada casal tenha, cada um tem seu próprio ritmo.

O desenvolvimento dos personagens no anime acontece de forma equilibrada, afinal, com semanas de namoro ou anos de namoro,  seres humanos ainda são diferentes. 

No fim, relações são sempre complicadas, seja entre otakus ou não.


Além dos dois casais principais, ainda temos o irmão do Hirotaka, Nao. E além dele, um personagem que entrou praticamente no fim do episódio. Diferentemente das outras personagens no anime, esses para mim não tiveram desenvolvimento algum, e nem ao menos deveriam ter um tempo na tela, afinal, só estão lá para preencher os buracos.

Se você espera de Wotaku um anime em que tanto o romance quanto a comédia estão presentes num ritmo bem tranquilo, esse anime é perfeito para tal descrição. E caso você procure por algo mais sério e desenvolvido, não posso recomendá- lo com tanta certeza (lol).

De qualquer forma,  ao menos vale a pena dar uma chance à Wotaku para saber como é.

Até a próxima! Bye :3

  1. Só reforçando ao povo que passar por aqui…Quer ver “friends” em formato de anime veja este….E bem “feel good”, a ambientação é bem boa (transmite bastante conforto como o sofazão do “Central Perk”), se vc tem 20 e poucos anos e pega metrô em São Paulo para trabalhar vai se identificar na hora com os personagens (sendo vc otaku ou não) com quantidades generosas de comédia (o episodio 3 centrado nas preocupações femininas da cor da lingerie é hilariante e a gozação de uma marca de cerveja são os pontos altos, mas tem de ver na sequencia para apreciar a obra)….A critica fica que o anime acaba bem no meio do mangá (eu acho que deveria ser um daqueles de 25 episodios), a falta da historia de como o Kabakura e a Hanako se conhecem no colegio (que tem no mangá) é maravilhoso e muito engraçado (mini spoiler: não foi na equipe de futebol que os dois se conheceram como dizem as legendas do ep 04, mas na equipe de volley no colegio) no manga os momentos “soft” do Kabakura quando estava começando seu crushzinho pela Hanako são bem lindinhos, pena que não adaptaram ao anime….
    Mas tirando noves fora….Eu vos asseguro otakada deste Brasil é um otimo anime!

Discussão