Bom dia!

Liz to Aoi Tori, também chamado em inglês de Liz and the Blue Bird, o que nos dois casos se traduz como Liz e o Pássaro Azul, é um filme anime de 2018 do estúdio Kyoto Animation. Faz parte da franquia Hibike! Euphonium, mas não é realmente necessário nenhum conhecimento prévio dos demais animes da marca.

É uma história sobre duas adolescentes no último ano do ensino médio e que fazem parte da banda marcial da escola: Mizore, a oboísta, e Nozomi, a flautista. Como tal, temas musicais tem tudo a ver com Liz to Aoi Tori.

Há também temas literários: dentro da obra, “Liz to Aoi Tori” é o nome de um livro que conta uma fábula sobre uma garota solitária que um dia depois de uma tempestade encontrou uma garota caída na frente de sua casa. Essa garota era na verdade um pássaro azul.

A banda está ensaiando uma peça musical baseada nesse livro e de mesmo nome, e que também tem tudo a ver com a relação de amizade entre as duas protagonistas. Fábula, música e angústias adolescentes são as notas que compõem esse anime que é música para nossos olhos.

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui é a Tamao-chan! Hoje farei algo que não costumo fazer. As minhas postagens geralmente são de resumos de mangás curtos que foram completados aqui no nosso país. Hoje, exclusivamente HOJE, falarei de um mangá que não foi publicado aqui, e que, infelizmente, não teve adaptação para anime. Estou falando de Yankee-kun to Megane-chan (O Garoto Delinquente e a Garota de Óculos), de Yoshikawa Miki, a mesma autora de Yamada-kun to 7-nin no Majo, ou Yamada-kun and the Seven Witches, ou até mesmo Yamada-kun e as Sete Bruxas. No fim é tudo a mesma coisa, mas vocês que escolhem a forma que chamam.

Ler o artigo →

Bom dia!

Daqui até o final do anime vou tentar escrever títulos com referências sem graça à bananas. Por quê? Porque é legal, é por isso. O anime usa e abusa da rule of cool, forçando a amizade na suspensão de descrença, então quero ser cool também.

Claro que não vou conseguir porque minha ideia é cretina. Nada cool. Mas vou tentar mesmo assim pois sou bananeiro e não desisto nunca! Ou talvez eu desista disso já no próximo episódio, se ficar muito difícil ou se Banana Fish recuperar meu respeito. Qualquer que seja o caso, não vou contar, fique com o suspense 😛

Esse artigo do episódio 22 se chama Banana verde porque banana verde tem muito amido, o que pode causar gases e dor de barriga. O Eiji ficou com dor de barriga nesse episódio, então Banana verde.

Ler o artigo →

E no primeiro arco das irmãs, as duas que não se entendiam no fim, se entenderam. Foi um bom arco mas acho que poderia não existir pois não faria falta. De qualquer forma era um caso relativamente simples que era atrapalhado por alguns mal entendidos entre as partes que foram facilmente consertados. Acho que no fim não tiveram grandes sacadas ou detalhes importantes exceto a aparição do pai de Sakuta e seu encontro com ele e o final que continuará no próximo episódio.

Ler o artigo →