Entrando na reta final, Merc Storia nos apresenta em seu décimo episódio uma jornada pelo reino dos céus. Considerando o pontapé inicial que foi dado, posso dizer que existe um bom potencial tanto em termos de possíveis dramas sociais e familiares, como também o desenvolvimento que era necessário a nossa pequena Merc.

Ler o artigo →

O que achou dos anúncios da NewPop e da Panini? Fireworks eu assisti no cinema e não gostei, mas vai que o material original é melhor. Já My Lesbian Experience With Loneliness é muito bom. Youjo Senki me interessa e Radiant eu vou pedir a opinião do Gabriel, que está cobrindo o anime.

Sabia que não é o Gabriel quem escreve as introduções dessa coluna, embora seja ele quem compila os artigos? Agora sabe. E será que adivinha quem sou eu?

Ler o artigo →

Depois de atrapalharem a vida do nosso casalzinho, agora Persia e Inuzuka estão passando pela maior crise de relacionamento já vista até o momento no anime. E isso até que faz bastante sentido, pois estamos no penúltimo episódio, que é quando as coisas chegam no fundo do poço.

Ler o artigo →

Hero Mask foi adicionado na plataforma de streaming Netflix recentemente e conta com 15 episódios. Numa parceria com o estúdio Pierrot (Naruto, Sousei no Onmyouji, Tokyo Ghoul), a obra surpreende por sua animação decente e traz uma história original com ação, ficção científica e mistério. Dirigido por Hiroyasu Aoki (alguns episódios de Hunter X Hunter versão 2011), a obra possui um dos trailers mais inúteis possível e não mostra a que veio em seu episódio inicial. O trailer para se ter uma noção é basicamente composto por vários personagens tomando algum tipo de bebida, apenas isso. Já o episódio vai jogando vários detalhes e elementos para no fim, não deixar nada claro sobre como vai ser.

Ler o artigo →

Quando não há cenas de ação, ou não há muitas, a qualidade geral do anime de Tokyo Ghoul:re melhora. O maior dano é se a trama em si tem seus problemas – bem o caso desse episódio. Não bastasse uma kagune gigante ter arrasado Tokyo, agora humanos também estão virando ghouls, provando daquilo que era necessário para se colocarem no lugar do outro. Mas isso era mesmo necessário? Fica o questionamento, e é hora de refletir mais sobre ele aqui comigo no Anime21!

Ler o artigo →

“Eu não me alimento bem longe de você, e a comida da Midorin é o meu pior castigo. Eu conto as horas para fazer uma boa refeição, mas o relógio está de mal comigo.” É com esta paródia (criada por mim) de um trecho de uma música intitulada “Fico Assim Sem Você” que eu começo este artigo.

Ler o artigo →

Há muitos anos, havia dois irmãos chineses: Yin e Jin. Jin, o irmão mais novo, estava com uma inveja tão profunda do irmão, que conseguiu noivar com a mulher que ele mais amava: Francine. Esta, por sua vez, seria devota a quem lhe amasse. Estava se doando de todo o coração para Yin, e se doaria para Jin, caso este percebesse.

A inveja de Jin era tanta que os sete pecados tomaram conta de seu ser. Não é à toa que ele decidiu raptar Francine e trancafiá-la em um muquifo. Ela já era doente por não comer o suficiente, e ficando presa, comeu menos ainda, resistindo por longos nove anos. Acredito que era para esperar por seu verdadeiro amor, Yin, que sobreviveu por tanto tempo. A situação estava tão miserável, que nem conseguia ficar em pé…

Ler o artigo →

Após um arco fraquinho e talvez até mesmo desnecessário, finalmente voltamos para um foco mais interessante e importante: Kaede. Desde o início esse mistério foi apresentado e não houve foco ou solução para mudar o cenário atual, afinal, digamos que Sakuta estava ocupado resolvendo outros casos (colocando dessa forma parece que ele não é uma pessoa boa). Mas a questão toda é que nem ao menos estamos a par da situação para tirar alguma conclusão pois no final tivemos uma notícia de certa forma inesperada e por isso fica difícil dizer ou imaginar como irão resolver (ok, dá para imaginar mas eu prefiro esperar e ver).

Ler o artigo →