Bom dia!

Como suspeitei no final do episódio anterior, o colapso do Haiji era só exaustão mesmo. Ele fazia tudo para que os demais pudessem apenas correr, e isso acabou cobrando seu preço.

É curioso o quanto ele é cuidadoso com os demais, como quando ele correu atrás do Nico para forçá-lo a comer, ao mesmo tempo em que foi tão descuidado consigo mesmo.

Não é algo difícil de imaginar, no entanto. Acho que é bastante comum, na verdade, e algo que a maioria de nós faríamos em seu lugar. Sempre queremos acreditar que a gente aguenta “só mais um pouco”. Cada vez que “aguentamos”, o que pode significar só passar mais um dia, parece ser uma prova de que somos mesmo bons nesse negócio de “aguentar”.

O problema é que precisamos “aguentar” sempre, mas é preciso “não aguentar” só uma vez para nos expormos a riscos potencialmente sérios. Talvez o ferimento que justificou a operação do Haiji tenha sido causado em primeiro lugar por motivo semelhante?

Ler o artigo →

Bom dia!

O episódio 8 começa logo após a corrida de registro do episódio 7, e no episódio 9 há outra corrida de registro. Nesse intervalo, todos os personagens mudaram um pouco. Notavelmente, o Kakeru mudou.

Mas eu ainda quero saber o que é uma “corrida de verdade” que o Haiji vive falando. Por que velocidade não é o mais importante? Por que eu preciso olhar a paisagem? Por quê?

Talvez isso não tenha resposta.

Ler o artigo →

Bom dia!

Nesse par de episódios começamos a descobrir por que correr. Ou por que trabalhar. Ou por que fazer qualquer coisa, de verdade. Não como uma criança que tem sonhos e diversão, mas como um adulto que tem objetivos e responsabilidades.

Ler o artigo →

Bom dia!

Uma coisa que Kaze Fui vem se esforçando para fazer desde o começo é dar tempo de holofote para todos os seus personagens. Nem todos conseguem brilhar, claro, mas em poucos episódios já conhecemos todos e temos uma boa noção sobre suas personalidades e motivações.

Para um anime com uma equipe de dez principais, sendo dois deles protagonistas, isso é bastante. Se será o bastante ao final ainda está para ser decidido, porém.

Ler o artigo →

Kakeru não tem concorrentes à altura. E nesse dia estava com dor de barriga

Bom dia!

Estou correndo atrás mas estou quase alcançando o ritmo da temporada. Será que consigo me qualificar antes dela acabar? 😛

Nesse episódio Kaze Fui revelou em linhas gerais o passado traumático do Kakeru. Tem a ver com seu ex-treinador sim, mas é um pouco mais complicado do que ele ser apenas um treinador abusivo.

Ler o artigo →

Kakeru e Haiji

Bom dia!

Não estou tentando ser filosófico com o título desse artigo. Isso não é uma variação da alternativa shakespeariana “Correr ou não correr, eis a questão”. São duas perguntas que estou fazendo literalmente para os dois personagens mais importantes do anime.

Por que Haiji quer tanto correr? Apesar da terrível cicatriz em sua perna. Por que Kakeru é tão contra correr? Ele parece ter algum tipo de cicatriz psicológica.

Depois das primeiras impressões da Tamao-chan, vou cobrir Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru, adaptado de original da mesma autora de Fune wo Amu, aqui no Anime21!

Ler o artigo →

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run With the Wind ou “Corra como o Vento”) é um anime de corrida (oh, sério?!) que tem o mesmo character designer de “Haikyuu!!”. Esta foi a primeira coisa que notei. Takahiro Chiba é o nome dele. Mas ele não fez só trabalhos em “Haikyuu!!” e está com a mesma posição em “Run With the Wind”, como também tem uma vastidão de trabalhos a zelar em seu currículo.

Mas não estou aqui para falar sobre o character designer do anime, e sim fazer uma rápida resenha sobre ele.

Ler o artigo →