Tohru, Yuki, Kyou, Shigure e Hatori foram viajar durante o feriado do Golden Week, que é a junção de 4 feriados entre final de abril e início de maio (do dia 29 de abril a 05 de maio, juntando fins de semana de vez em quando, sendo assim um descanso completo para quem entrega a alma para o trabalho).

Nada melhor que se distanciar um pouco do clima agitado da cidade grande para dar um passeio em volta de um lindo rio e tomar cuidado com o Jason (que Shigure disse, brincando que era um urso, mas era Jason Voorhees, personagem de Sexta-feira Treze, um filme de terror).

Além disso, uma energia estranha estava pairando entre Yuki e Kyou. O que parecia uma briga, na verdade eram mais conflitos internos dentro deles. O que será?

Ler o artigo →

Todo mundo tem algum tipo de memória triste e que gostaria de apagar. Eu mesma tenho várias, mas preciso conviver com elas no meu dia a dia para poder seguir em frente. É isso que acontece com Momiji, com Tohru, com Yuki, com Kyou… Ou seja, com todo o elenco do anime.

Só que, claro, as memórias dos membros dos doze signos podem ser parecidas, mas nenhuma delas é igual. Rejeição dos pais, esquecimento de coisas que poderiam lhes manter mais fortes, baques por nada ter saído da forma que foi planejado. Fruits Basket é um anime com grande carga emocional, tratando de aceitação e o que pode vir antes disso.

Não é à toa que há tanto sofrimento por parte dos possuídos dos doze signos, e apenas uma parte dos pais e outros entes queridos se tornou forte o suficiente para conviver com os filhos numa boa, mas também com uma proteção sobre-humana.

Ler o artigo →

Nem sempre a relação entre irmãos é tão boa quanto parece. Claro que, durante uma parte da vida, quem tem um ou alguns(mas) irmãos(ãs) vive brigando para demonstrar que não gostou de algo, ou para defender o seu ponto de vista, entre vários motivos mais.

Mas também tem aquela relação difícil de descrever: os irmãos vão se afastando e, quando percebem, foi criado um grande abismo entre eles, fazendo com que seja cada vez mais complexo de se reatar, que é o caso dos irmãos Yuki e Ayame.

Ler o artigo →

Cedo ou tarde, Toohru viria a conhecer o tão famoso “Deus dos Doze Signos” da família Souma: Akito. A primeira impressão que a menina teve dele foi a mesma que Yuki sempre tem quando o vê: medo. A protagonista se sentiu retraída, apreensiva, desesperada…

E não só os dois se sentiram assim, como também todos que sabiam de sua presença. Momiji logo se preocupou, mas não tanto quanto Yuki e Kyou. Hatsuharu também se sentiu apreensivo, mas foi o que mais soube esconder. Mas em meio a tanto medo, também há um pouco de esperança.

Ler o artigo →

Na verdade, na época em que vi Fruits Basket pela primeira vez, eu nem me ligava muito sobre o quanto chocolates poderiam pesar no bolso das mulheres no Dia dos Namorados no Japão. Ele é celebrado todos os anos no dia 14 de fevereiro, e as mulheres são praticamente obrigadas a dar chocolates para os homens, tanto aos que gostam, quanto aos colegas de trabalho, ou até mesmo aos que sentem um afeto beirando à amizade, se sentir coragem, é claro.

Eu me esqueci de colocar algo sobre isso no artigo anterior, porém atualmente parece que vem se discutindo se esse tipo de atitude é realmente necessária, principalmente porque pesa no bolso. No anime, mesmo que a época em que ele se passa seja diferente da de hoje, ainda se discutiu um pouco sobre o quanto pode se gastar com formalidades capitalistas para não pesar no orçamento.

Claro que Tohru tinha as melhores das intenções ao fazer chocolates para todos os que mais estima, sem ao menos ganhar algo em troca, porém pesou tanto nas despesas escolares que sua professora conversou sobre isso com ela, e até mesmo o seu avô se ofereceu para pagar o que estava sendo cobrado, mas a menina é forte e estava tentando resolver isso sozinha.

Ler o artigo →

Shigure, como eu o descrevi alguns episódios atrás, tem “olhos de cigano oblíquo e dissimulado”, e neste episódio mostrou como ele realmente é. Apenas Hatori sabe de sua verdadeira essência, porém só faz questão de dizer ao cão o que poderá vir das atitudes cruéis dele.

Não é à toa que Shigure está sempre sorrindo. Aquele que sabe esconder o jeito de ser age sempre com destreza, e o sorriso faz com que tudo o que tem dentro dele venha para fora como uma pontada no coração, de tão doloroso que chega a ser.

Ler o artigo →

Este é um anime de romance, fato. Então qualquer tipo de romance pode ser colocado em pauta, até mesmo entre dois meninos, que é o caso do que Hatsuharu sente pelo seu primo, Yuki. Como sendo o seu primeiro amor, é difícil tentar entrar em compostura.

Hatsuharu, o representante do signo do boi, tem dois lados: um mais calmo e maduro e outro explosivo e inconsequente. Mas não posso deixar de destacar que, independente dos lados que ele use para se comunicar, ele é uma pessoa com péssimo senso de direção.

Ler o artigo →

Há diferentes formas de se passar o Ano Novo: com a família, com os amigos, sozinho… Também se pode escolher diferentes lugares para celebrá-lo, como: em casa (sua ou dos outros), na praia, em um restaurante, na rua, na chuva, na fazenda, ou em uma casinha de sapê. Enfim, você escolhe!

Mas é claro que é necessário saber com antecedência onde ficará e com quem. A família nojenta da Tohru (o avô da Tohru é um doce, então ele não conta na lista dos nojentos), por exemplo, vai passar no Havaí (boa parte dos mangás escolares que leio/li o pessoal adora esbanjar indo para o Havaí), a Hanajima e a Uotani vão passar em casa com a família (embora a Uotani tenha que ficar de olho no pai alcoólatra) e a família Souma vai passar na casa principal para a festa de Ano Novo.

E aí vem a pergunta: e a Tohru?

Ler o artigo →

Vários membros da família Souma passaram por problemas, os quais foram necessários apagar as memórias de quem costumava ficar próximo a um deles e descobriram o seu segredo por acidente. O primeiro exemplo mostrado foi do Yuki quando era criança que, enquanto brincava com outras crianças, uma garotinha acabou o abraçando e ele se transformou em um rato, animal que representa o seu signo.

Também terá alguns outros exemplos que serão mostrados no decorrer do anime, mas o que mostrou desta vez foi o passado de Hatori, o médico da família Souma, que foi escalado para cuidar principalmente de Akito, pessoa que sofre mais de saúde que o Yuki.

Ler o artigo →

Tohru pode ser do jeito que é, mas foi por causa dela que duas pessoas muito queridas foram salvas de um destino que não parecia ter volta. Hanajima e Uotani a respeitam mais que tudo, e apesar da amizade tão especial que elas possuem com a protagonista, ainda se sentem na dívida de fazer algo por ela.

E amizade é algo bonito, em que não se cobra nada de volta. Pode haver discordâncias entre as partes, porém sempre chega uma hora que também há entendimentos. É com um amigo que você pode contar suas alegrias e tristezas quando consegue se abrir com ele. É algo para se guardar no fundo do coração.

Ler o artigo →