Antes de comentar qualquer coisa sobre o episódio, venho dar um aviso importante: a partir da segunda temporada, farei um apanhado de partes importantes para comentar ao final de cada mês. Ou seja, juntarei de 4 a 5 episódios para comentar o que foi de relevante durante cada um, e isso envolve mais curiosidades sobre youkais, cultura japonesa (e ocidental se aparecer novamente) e as críticas sociais que aparecerem.

Isso porque a minha rotina mudou e não posso assistir muitos animes, além do que já tenho outros mais curtos que estão na minha lista para comentar aqui, no Anime21. Gegege no Kitarou sempre foi um anime longo, e se esta temporada não seguisse o passo das outras, não teria como fazer uma história que faria jus ao criador da obra, Shigeru Mizuki, que morreu em 30 de novembro de 2015.

Bom, é isso que eu queria comentar que não tem nada a ver com o episódio em si, mas sim com o futuro dos comentários episódicos deste anime.

Agora vamos ao que interessa: desde o início do anime, foi descoberto que Nanashi é uma entidade maligna que se alimenta do ódio das pessoas. No artigo retrasado, fiz um pequeno apanhado de quais episódios onde Mana adquiriu cada maldição que está presente em seu corpo. Estava claro que aquilo tinha como principal fonte o mal, mas o coração bondoso da menina permitiu que tal poder fosse utilizado para o bem uma vez para salvar os seus amigos.

Mas até onde a bondade iria? Não foi ela que viu a Nekomusume cortando a sua mãe? O medo e o ódio estavam tomando conta de seu corpo sem Mana perceber, e tudo corroborou para os planos da criatura sem nome. Mas quem foi atingida não foi apenas ela, como toda a população que foi manipulada.

Continuamos com a rede de manipulação de Nanashi para se tornar um ser incrivelmente forte e resistente. Não foi fácil ver que até mesmo os youkais que apenas pregavam peças para se divertir, ou então que gostavam de viver em paz, se juntaram à horda de youkais raivosos que crescia aos poucos.

Mana ter destruído Nekomusume e ter sido noticiada e lançada na mídia para todo mundo ver foi o ápice de tudo. Não foi mostrado a mãe dela ter se tornado um monstro e ter atacado a gata, tudo o que foi repetido foi o golpe desferido por causa de suas maldições acumuladas em seu corpo.

Como foi uma pequena cena em específico que foi mostrada através do aplicativo de Nanashi, foi fácil fazer com que houvesse uma guerra entre youkais e humanos. Como se já não bastasse monstros ocidentais contra os orientais, quem mais ajudou Kitarou em sua empreitada até aqui agora também estava com ódio e queria vingança.

Quando o que lhe alimentava começou a aumentar.

Mas é claro que, após de ter perdido uma amiga importante que estava ao seu lado durante anos, e que também cobria o seu papel como tsundere que queria fingir que não gostava dele e tudo o mais, Kitarou deixou que o ódio tomasse conta de seu corpo. Não foi a primeira vez que isso aconteceu, e seu pai sempre o guiava para o caminho certo, mas desta vez sua voz não alcançou os ouvidos do último membro do clã dos fantasmas.

Todos os sentimentos ruins que estavam tomando conta do corpo de youkais e humanos (exceto Medama Oyaji, Nezumi Otoko e os outros youkais que ficaram dentro da cabana de Kitarou) foram consumidos, e Nanashi finalmente tinha poder suficiente para lançar o último fragmento de maldição na Mana. Assim, ela foi sugada e agora faz parte de seu corpo.

Mana antes de ser sugada.

Achei interessante que a forma que Nanashi adquiriu foi a de um bebê recém-nascido, principalmente por causa de seu cordão umbilical. Isso para mim representou o nascimento de um poder maior, adquirido pelo leite, que no caso seria o ódio, o alimento presente no seu corpo, além de Mana e seus fragmentos de maldição. Pode ser que eu esteja viajando, mas se não viajar junto com o anime, não entenderei o seu fundamento.

Mais uma vez, Medama Oyaji mostrando que também é poderoso, apesar de pequeno.

 

O youkai que foi apresentado neste episódio:

Hata-Onryou: eu não encontrei um “Hata-Onryou”, mas encontrei um “Onryou”, que é um fantasma de uma pessoa que morreu por causa de emoções fortes, como ciúme, ira ou ódio. Por não serem capazes de viver em paz e ir dessa para a melhor, vivem em busca de vingança. Ele ao invés de matar quem fez mal, prefere ver a pessoa sofrer as consequências todos os dias até a sua morte. Para mais detalhes sobre este youkai, clique aqui.

Outra cabeça gigante.

 

E sobre a mãe da Mana que estava acordada mas foi dada como morta? Será que foi um estado de coma que Nanashi a deixou para aumentar o ódio da Mana? Ou será que ele a deixou impossibilitada de se mexer e inventou a história toda para aumentar tudo aquilo?

Muito obrigada por ler este artigo até o fim, e nos vemos no próximo! o/

  1. Avatar

    Que episódio tenso, se o final do anterior foi assim, este não foi diferente: o ódio, misturado a falta de tato de humanos e youkais favoreceu o Nanashi ao seu plano; mais quando Kitarou e Mana se desentenderam, culminando ao clímax. Ao que sei, ao menos, deu pra sacar que a mãe dela está viva, foi mais uma artimanha do Nanashi pra ter o que queria. De resto, mal espero pra ver a conclusão desta temporada e venha a seguinte, pra alegria dos que escolheram “Gegege no Kitarou” pra assistir.

Comentários