Como todo esporte que utiliza capacidade mental, há todo aquele cansaço durante as partidas. Não importa quanto tempo você tenha treinado, se a pressão psicológica é exercida sobre você, muitas vezes todo aquele esforço durante as horas gastas sob cartas é em vão.

Os novatos do time do Colégio Misuzawa entenderam o que é estar durante partidas difíceis contra outros colégios que praticam Karuta desde muito tempo. O calo nos pés de cada membro e o movimento rápido de cada jogada, além de certas corridas que têm de ser feitas para conseguir pegar a carta que conseguiu, tudo isso em um jogo que utiliza a capacidade cerebral.

E quanto mais se pensa, mais energia se gasta. Não é à toa que Chihaya sempre cai dormindo sob o tatame (os olhos abertos eu não sei explicar, porém deve acontecer quando se fica muito tempo em transe).

Com essas palavras de incentivo e que guia as pessoas até os seus objetivos, dei início à Sessão Vintage desta semana.

Ler o artigo →