Cá estamos em mais um episódio leve e expositivo de Gunjou no Magmel, marcando a aparição de uma espécie já conhecida dos aventureiros, mas totalmente nova a nós – sendo bem diferente das criaturas mais animalescas que vimos até aqui -, assim como o retorno de Emilia e companhia ao olho do furacão.

Ler o artigo →

Seguindo uma linha parecida com a lista da semana passada em que eu recomendei obras coreanas (os webtoons), dessa vez a recomendação é de obras chinesas. Primeiro de tudo, eu gostaria de explicar o que são os manhuas, afinal, esse termo pode ser confundido com os manhwas.

Ler o artigo →