A terceira temporada de Chihayafuru estreia mês que vem, dia 23. Com o final da segunda temporada, estou ainda mais ansiosa para o que está por vir. Além dos jogos que virão a ter, quem terá mais sorte no amor: Taichi ou Arata? E será que os verdadeiros sentimentos de Chihaya desabrocharão? Afinal, ela é uma porta nesse sentido, e karuta faz parte da sua vida.

Mas preciso falar da segunda temporada, e não da terceira. A última partida foi incrível, e não imaginei que terminaria daquela forma. Os movimentos de Arata melhoraram muito, e claro que teve o reconhecimento da Rainha, porém o seu semblante não pareceu muito bem depois da partida. Um dos motivos para isso é ter jogado com febre.

Shinobu contra Arata, mas que surpresa! Pela derrota da Rainha, estão até mesmo apostando que Wataya seja o próximo Mestre do karuta. Vencê-la foi um grande feito, até porque ninguém havia conseguido pegar mais que 13 cartas dela em uma partida de Classe A.

Arata venceu por 2 cartas. Isso só mostra que é preciso ter muita atenção e técnica para ganhar um jogo assim. A técnica que ele usou foi fantástica. Geralmente, ele consegue pegar 3 cartas, uma em cada lado do quadrante, apenas sabendo a primeira sílaba. Wataya venceu a partida contra a Rainha protegendo completamente a última carta lida, e Shinobu percebeu que não teve chance.

Claro que a derrota pesou muito nos ombros de Shinobu, já que ninguém até então havia conseguido derrotá-la, porém ela gostou muito da partida. Só não gostou quando Arata lhe disse que ela estava com febre, já que tomou um banho de chuva no dia anterior e, no dia das partidas individuais, apareceu com roupas mais frescas.

Eu acreditando que Chihaya era a única que gostava de colocar os problemas de lado só para poder jogar karuta, mas a Rainha também é a mesma coisa, além de gostar de usar e exibir os brindes de Snowmaru que conseguiu tomando dezenas de sorvetes. Ela não cuidou da saúde, mas acredito que não seja o único motivo, já que deixou apenas duas cartas para trás, como também teve o fato dela se deixar escolher as cartas que queria, para que tivesse uma partida justa com Arata, e isso a fez perder.

Não apenas Arata venceu neste episódio, como Tsutomu na Classe C e Tsukuba na Classe D também. Comentei sobre a vitória de Taichi na Classe B no artigo passado e achei desnecessário discorrer sobre isso de novo (embora esteja fazendo isso mesmo neste exato momento). Todos eles ganharam certificados e medalhas, foi algo bem bonito de se ver (e um pouco engraçado, já que Tsukuba tentou se mostrar o verdadeiro herói para seus irmãozinhos).

Todos reconheceram as vitórias dos membros do Colégio Mizusawa, que até então quase ninguém tinha fé nos seus jogadores. Até mesmo Arata, quando venceu, teve um reconhecimento digno de um quase Mestre, já que vencer a Rainha não é para muitos. Foi um feito extraordinário.

Após a comemoração das vitórias e de ter conseguido um contato super importante para a sua vida, vulgo Sakurazawa-sensei, Chihaya finalmente foi ver o problema de seu dedo, e finalmente descobriram: era encondromatose. Nada mais é que uma doença em que o paciente apresenta tumores benignos de cartilagem dentro dos ossos. Claro que isso foi um baque, até porque o anime lida com uma protagonista que tem karuta como sua vida, e sem ele, Chihaya não fica bem, então ela optou em fazer uma cirurgia para a retirada do tumor e fortalecimento ósseo.

Enquanto ela esteve hospitalizada, Taichi recebeu muito apoio da Kanade para que finalmente declarasse seus sentimentos à Chihaya. Isso porque Oe percebeu que a protagonista está tendo certos tipos de sentimentos pelo Arata por causa da qualidade dos poemas que veio escrevendo nas férias. Outra oportunidade surgiu quando Sakurazawa-sensei convidou Chihaya para participar de um acampamento de karuta, e apenas Taichi vai com ela. Esse desfecho apenas saberemos de duas formas: ou lendo o mangá, ou assistindo a terceira temporada do anime.

Apenas os dois, como nos velhos tempos.

Muito obrigada por ler este artigo até aqui, e nos vemos no próximo! o/

Comentários