Considero este episódio como o melhor até agora nessa 2° parte da temporada. Muita tensão, muitas mortes – não via tanto sangue assim há muito tempo. Tirando o Titã em CGI e pequenos detalhes, o episódio foi bom. Me lembra um pouco os primeiros episódios do anime, muitos acontecimentos dramáticos fizeram Shingeki no Kyojin ser um grande sucesso naquela época, e esta narrativa dramática ressurgiu aqui.

Ler o artigo →

Sim, usei aspas porque em Attack on Titan não há bem e mal, não existe um herói ou um vilão, são só pessoas que têm seus próprios conceitos e visão de mundo para assim mudá-lo. Sobre a Síndrome de Lima, talvez seja exagero da minha parte, mas um lado meu me vê crer em um relação.

Ler o artigo →

Reviravolta é um nome que achei bem interessante neste arco. O Reconhecimento chega ao local, fecha a muralha externa de Shiganshina e, pronto para o fechamento da parte interna, é surpreendido pela investida dos titãs. No entanto, este episódio mostrou um pouco da capacidade da tropa, visto que pelo novo equipamento, a humanidade não parece estar de brincadeira, principalmente num momento tão importante quanto esse.

Começando pelos planos, novamente Eren é posto em risco, já não bastava ser capturado nos outros arcos e o coitado ainda precisa ser uma isca. Com o cerco, o Titã Encouraçado estava pronto para matar os cavalos, após isso, a tropa não teria nem como escapar e se alimentar. Os soldados, incluindo Eren, estariam tão fracos que a captura do protagonista seria moleza.

No entanto, Erwin adotou um plano em que consistia usar o maior objetivo de Reiner e Bertholdt como isca: deixar Eren fugir até chegar em Trost não seria uma coisa boa para os dois. Atraindo o Titã Encouraçado, o plano da ameaça titânica parece ter um problema.

Ler o artigo →

Olá! Analisarei os episódios do 2° cour da 3° temporada de Ataque dos Titãs, ou Shingeki no Kyojin, como preferir. Esse arco contará com 10 episódios, sendo muito marcado por batalhas intensas e tendo alguns planos por parte da Tropa de Reconhecimento muito cruciais, além disso, quem leu o mangá sabe que haverão muitas mudanças a partir daqui.

Ler o artigo →

Olá, esse é o meu primeiro artigo aqui no Anime21. Decidi escrever para expressar o que eu vejo num mundo que eu admiro muito: o mundo dos animes e mangás. Meu nome é Eduardo, mas como uma “marca”, pode me chamar de Mob.

Ataque dos Titãs: Sem arrependimentos é um spin-off do famoso mangá de Hajime Isayama – ambos publicados no Brasil pela editora Panini. Escrito por Gun Sunaaku e ilustrado por Hikaru Suruga, a história foca em Levi, este que teve grande importância no primeiro arco da terceira temporada do anime de Ataque dos Titãs. O jovem ainda é um bandido que, junto com Isabel e Farlan, sobrevive na cidade subterrânea.

Ler o artigo →

Historia coroada rainha

Bom dia!

Enquanto eu assistia a essa episódio eu não podia evitar pensar no quanto eu não me importo com o Kenny. Por que eu deveria me importar com o Kenny? Mas ele parece ter muitos fãs.

O vi ser comparado a Stain (My Hero Academia) e Scar (Fullmetal Alchemist).

Por quê? Ele foi só um personagem incidental. Suas (poucas) ações nesse arco serviram de escada para os heróis. Seu flashback nesse episódio serviu mais para revelar um pouco do enredo geral do anime do que como um epitáfio.

Ler o artigo →

Bom dia!

Ataque dos Titãs não é Ataque dos Titãs sem abusar da nossa suspensão de descrença. Eu perdi quando foi que isso foi dito ou veio mesmo do nada a informação de que titãs anômalos buscam aglomerações humanas?

Sem falar nas várias “apostas” do Erwin, que são na verdade um monte de chutes construídos em cima de outros chutes e excesso de pensamento positivo e que, quando fazemos isso na vida real, sempre dá errado em algum ponto. Porque são muitos pontos para dar errado.

Com o Erwin sempre dá certo e o anime ainda romantiza isso. O Erwin é legal de verdade, mas não seja temerário e imprudente como o Erwin.

Mas qual grande história que não se constrói dessa maneira, não é? Os temas sérios do anime brilham em cima desse pano de fundo quando bem desenvolvidos.

E esse episódio encerrou apenas o seu melhor arco de desenvolvimento de personagem até agora. Então, no que me diz respeito, o Erwin pode continuar fazendo as apostas insanas que ele quiser.

Ler o artigo →

Bom dia!

Dizer que o protagonista de um battle shounen salvou o dia não deveria ser grande coisa, mas no caso do Eren é sim. Puxe pela memória: quantas vezes o Eren de fato salvou o dia? Como todo protagonista do gênero, ele é superpoderoso, carismático, por motivos explicáveis e inexplicáveis as pessoas acabam atraídas por ele, e mesmo assim na maior parte do tempo é ele quem está sendo salvo.

A parte importante do enredo da segunda temporada foi salvar o Eren. Só para ele acabar capturado de novo agora no começo da terceira temporada e precisar ser salvo mais uma vez.

Ainda assim, cada vez que ele ferra tudo e precisa da ajuda dos outros pra se livrar de alguma enrascada ele termina um pouco mais forte e consegue, para variar, salvar o dia também.

Ler o artigo →

Bom dia!

Acho que a história ficou um pouco mais clara após esse episódio. Ainda que faltem muitos detalhes e informações, é possível fazer especulações bastante coerentes e coesas. Ao mesmo tempo, a mecânica, o funcionamento dos poderes, ficou mais sem sentido. Bom, eu valorizo mais uma boa história do que uma boa mecânica (isso não é um jogo, afinal), então estou ok com isso.

A dinastia Reiss, monarcas da cidadela e que governam, até onde sabemos, os últimos seres humanos vivos do mundo, são mesmo titãs. E se acham grande coisa por isso. Em algum momento, desenvolveram um complexo de deus, como se fossem faraós do Antigo Egito. Chegou a vez da Historia.

Ler o artigo →