Relembrando pela milésima vez a premissa que o anime trouxe quando foi lançado: titãs e humanos nunca se deram bem, estes seres destruíram milhares de vidas. Aí que foram construídas as muralhas há uns 100 anos. Bom, vendo os primeiros episódios do anime, percebe-se que ali há um ambiente bem pesado, pois a realidade é pesada, mas enfim, as pessoas que moravam presas ali só tinham titãs como inimigos.

Ler o artigo →

Bom dia!

Fantasia é um gênero muito popular. Horror é menos popular, mas ainda assim é apreciado e respeitado. Quando os dois vêm juntos, o que se tem é a fantasia sombria, ou dark fantasy.

Não fica muito mais complicado do que isso. Não é necessariamente melhor ou pior do que qualquer dos gêneros isoladamente, mas oferece tipos novos de histórias e novas abordagens para histórias já bastante contadas.

Entre os animes, há alguns tantos que se encaixam no gênero dark fantasy, alguns muito bons, ou muito populares, outros nem tanto. Você já assistiu algum?

Ler o artigo →

Shingeki no Kyojin veio ao Ocidente com o nome de “Attack on Titan”, que teria como tradução “Ataque ao Titã” (ou algo parecido com isso). O Ocidente carregou isso até este episódio – não duvido que carregarão até o final do anime –, no qual foi mostrado que o nome do anime se refere ao nome do titã do Eren: Titã de Ataque. Enfim, “Corujão” e Grisha dão o seu desfecho, mas como Krugger conhece o Armin e a Mikasa?

Nota do editor: No Brasil, a Panini escolheu uma variação que inverte o atacante: Ataque dos Titãs. A editora, criticada na época por sua escolha, parece que estava um pouco mais certa (ou menos errada) do que os americanos, né?

Ler o artigo →

Toda a verdade estava guardada em um homem, e nada melhor do que essa verdade ser revelada junto com a história dele, começando naquele dia. Esse simples dia, no qual Grisha já estava atordoado com toda a ignorância e segregação, foi simbólico para a pequena esperança de Paradis. O plot do anime seria o pai do Eren ou os Titãs?

Ler o artigo →

Enfim, finalmente chegamos na parte que todo mundo queria. Confesso que quando comecei a acompanhar o anime eu achei que demoraria um pouco mais, porém seria muito estranho o anime chegar aos episódios finais sem que ninguém entenda o que realmente é aquele mundo. De pouco em pouco, “Ataque dos Titãs” mostra que sua essência é baseada nas deixas de perguntas, e por mais que respostas sejam dadas, mais indagações são feitas.

Ler o artigo →

Se você fosse o Levi, quem escolheria? Aposto que muita gente não queria estar na pele dele. Muitas pessoas não gostaram, e é claro, elas têm a sua opinião, assim como também tem as pessoas que aprovaram a decisão. Como eu li o mangá, não seria bom comentar dessa escolha com tudo o que sei, ou seja, qual seria a minha decisão na risca, por isso vou tentar escrever como se fosse alguém que só viu o anime.

Neste caso, eu estaria imparcial, mas por quê? Tudo bem que o Eren tem o poder do Titã, que ele sempre foi e sempre vai ser em todas as batalhas, mas e antes dele realizar suas ações? Bom, esse “antes” ficava com o Erwin e o Armin, todo mundo tem que concordar que aquela humanidade não seria nada sem os dois, esse é o papel que eles têm no anime. Por isso acho melhor deixar a escolha pro Levi, peço que entendam a minha estranha decisão.

Ler o artigo →

Considero este episódio como o melhor até agora nessa 2° parte da temporada. Muita tensão, muitas mortes – não via tanto sangue assim há muito tempo. Tirando o Titã em CGI e pequenos detalhes, o episódio foi bom. Me lembra um pouco os primeiros episódios do anime, muitos acontecimentos dramáticos fizeram Shingeki no Kyojin ser um grande sucesso naquela época, e esta narrativa dramática ressurgiu aqui.

Ler o artigo →

Sim, usei aspas porque em Attack on Titan não há bem e mal, não existe um herói ou um vilão, são só pessoas que têm seus próprios conceitos e visão de mundo para assim mudá-lo. Sobre a Síndrome de Lima, talvez seja exagero da minha parte, mas um lado meu me vê crer em um relação.

Ler o artigo →

Reviravolta é um nome que achei bem interessante neste arco. O Reconhecimento chega ao local, fecha a muralha externa de Shiganshina e, pronto para o fechamento da parte interna, é surpreendido pela investida dos titãs. No entanto, este episódio mostrou um pouco da capacidade da tropa, visto que pelo novo equipamento, a humanidade não parece estar de brincadeira, principalmente num momento tão importante quanto esse.

Começando pelos planos, novamente Eren é posto em risco, já não bastava ser capturado nos outros arcos e o coitado ainda precisa ser uma isca. Com o cerco, o Titã Encouraçado estava pronto para matar os cavalos, após isso, a tropa não teria nem como escapar e se alimentar. Os soldados, incluindo Eren, estariam tão fracos que a captura do protagonista seria moleza.

No entanto, Erwin adotou um plano em que consistia usar o maior objetivo de Reiner e Bertholdt como isca: deixar Eren fugir até chegar em Trost não seria uma coisa boa para os dois. Atraindo o Titã Encouraçado, o plano da ameaça titânica parece ter um problema.

Ler o artigo →