Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Se existe algum anime brigando entre os melhores do ano, My Hero Academia é um deles. Tivemos mais um ótimo episódio que, além de encerrar a segunda fase do Festival Esportivo, trouxe muitas novidades. Para começar, tivemos os dois embates prometidos: time Midoriya vs time Todoroki e time Bakugo vs time Monoma. Mesmo todo mundo animado com Izuku, acredito que Bakugo também conseguiu se destacar mais uma vez.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Mesmo sendo um personagem explosivo e que não usa muito a cabeça, temos que concordar que ele é muito determinado. O que disse no começo do festival não foi só da boca pra fora, tanto que mesmo depois de roubar a faixa de Monoma, ele ainda queria continuar pra ficar em primeiro lugar.

Por falar em Monoma, foi interessante vermos um personagem que deixasse Bakugo tão irritado quanto Izuku. Ele se mostrou alguém digno de ser um rival, além de impressionar com seus poderes, que na minha opinião, é um dos mais fortes do anime. É claro que para não ser muito over-power o autor colocou um limite de 5 minutos e o uso de uma individualidade de cada vez.

Também foi legal ver ele copiando os poderes do seu colega de equipe, que tinha a habilidade de criar ar sólido. Por fim, ele acabou eliminado, mas pelo menos pôde mostrar o que sabe fazer. Acredito que ele pode e deve ser muito bem aproveitado em arcos futuros.

No outro lado, Todoroki conseguiu encurralar nosso protagonista (literalmente) o que foi o ponto de maior tensão no episódio inteiro. Entre eles está a fraqueza de Tokoyami em relação a luz, que era muito afetado pelo poder de eletricidade de Kaminari.

Um dos pontos mais altos do episódio foi, sem dúvida, o momento que Izuku usou pela primeira vez o One For All. Tudo bem que o estrago da habilidade não foi o esperado, mas o impacto criado foi o melhor possível. Um dos motivos foi o uso, pela primeira vez na segunda temporada, do poder de fogo que Todoroki tem. Sabemos que ele não usa isso por conta de alguma coisa que aconteceu no passado envolvendo seu pai, mas Izuku o deixou tão desequilibrado que ele foi obrigado a revelar sua segunda individualidade.

Eu tinha citado antes que Izuku tinha uma boa estratégia, mas se formos analisar, os outros times estavam bem mais preparados. O time de Bakugo tinha um ótimo recurso pela mobilidade do seu líder, que se jogava nos adversários, algo que é bem a cara dele.

Todoroki tinha a velocidade de Iida a seu favor, que foi extremamente importante para chegarem em primeiro lugar. Inclusive, Iida novamente se mostrou um personagem sério e habilidoso, mas ainda não acredito que ele vá muito longe nesta competição.

Tirando os quatro times que passaram para a próxima fase e Monoma, as outras equipes não fizeram muita coisa. Até Tetsutestu, que chegou a estar entre os quatro primeiros, não ganhou destaque algum. Shinsou continua sendo o misterioso que passa despercebido na competição, mas acredito que estamos cada vez mais perto de descobrir quem ele é e o que pode fazer.

Os grupos que passaram não foram nenhuma surpresa, e como descobrimos o que Monoma pode fazer, foi mais interessante passar uma equipe onde conhecemos ninguém, pois eles podem nos surpreender ainda mais. Ainda não sabemos qual vai ser a próxima fase ou se ela já começa no próximo episódio, mas já temos uma tensão criada que vai ser interessante acompanhar.

No final desse episódio Todoroki colocou Izuku contra a parede para falar alguma coisa séria. Não seria estranho se ele comentasse sobre ter usado sua habilidade de fogo pela primeira vez, mas acho que os dois também podem discutir a individualidade de Izuku e sua relação com All Might.

E por falar no herói, ele também deve conversar com o pai de Todoroki, e parece existir alguma rivalidade entre os dois. As duas rixas entre as gerações vai ser ainda mais explorada nos próximos episódios e só teremos uma resolução quando os dois se enfrentarem. Por esse e outros motivos, a luta entre Izuku e Todoroki é uma das mais esperadas nesta segunda temporada.

Comentários