Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Quantas personalidades diferentes a Umaru interpreta em seu cotidiano? Eu, sinceramente, já perdi as contas. Se já é complicado gerenciar essa variação em suas relações externas, dentro de sua mente a situação é ainda mais complexa. Parece existir uma Umaru diferente para cada “departamento” da vida dela. Algumas são especialistas em doces, outras em salgados. Algumas são tímidas, outras agressivas. Algumas entendem de jogos, outras de sentimentos. São inúmeras Umarus, cada uma com as suas determinadas particularidades. Quando todas elas precisam entrar em um consenso, tudo vira uma bagunça extremamente divertida. E isso foi só para decidir qual lanche comprar. Imagino a guerra que seria se Umaru tivesse que fazer uma escolha realmente relevante, tipo: Superman ou Batman? Bolacha ou biscoito? Pokémon ou Digimon? Playstation ou Xbox?

Na verdade, pouco importa qual é a escolha a ser feita, eu só quero mesmo ver as várias Umarus caindo na porrada, porque isso é hilário!


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Não há muito o que discutir sobre esse episódio, afinal, não aconteceu nada de tão incrível ou diferente do que estamos acostumados. Mesmo assim, foi um ótimo episódio! Muito divertido e explorou muito bem todo o carisma de Umaru. Não só o de Umaru, aliás. Ebina teve uma participação bem maior dessa vez e foi responsável por vários momentos fofos. A timidez dela e sua doce personalidade de garota do interior, a tornam uma personagem extremamente apaixonante. Ainda mais sabendo que ela está longe da família e por isso passa muito tempo sozinha, é impossível não ficar feliz ao vê-la se divertindo com a Umaru e o Taihei. E isso não é algo unilateral, já que Umaru está se sentindo tão à vontade com a companhia de Ebina que relaxou e quase deixou aparecer sua outra personalidade na frente dela. Eu realmente queria que tivesse deixado! Pois acredito que Ebina ficaria menos tímida se soubesse que Umaru não é o poço de perfeição que aparenta. Essa imagem idealizada que ela vê, a faz se sentir pressionada a se esforçar para parecer perfeita também (o máximo que conseguir). Dessa forma, ela acha que está sendo julgada a todo momento e isso a deixa em pânico. Pobre Ebina! Porém, vê-la se policiando para não ser vista comendo demais; não parecer desastrada ou lerda; não deixar escapar o sotaque de sua região; entre outras coisas, também são fatores que ajudam a criar uma imediata empatia com ela, além de serem situações extremamente cômicas. Acho que nunca comentei sobre isso, mas o trabalho de sua dubladora (Akari Kageyama), também é algo que merece destaque. Sempre ouvimos falar sobre as diferenças de sotaque entre determinadas regiões do Japão, mas as falas da Ebina conseguem deixar isso tão claro que divertem até mesmo eu, que não entendo nada da língua japonesa.

Ebina envergonhada.

Ebina envergonhada.

Kirie também marcou presença no episódio, mas de uma forma bem mais discreta do que Ebina. Em sua aparição, duas coisas me chamaram a atenção. A primeira delas foi saber que Kirie não faz ideia de quem é o Bonba! Poxa, tudo bem que sempre achei esse nome bem estranho para ser um nome de verdade (mesmo no Japão…), mas ele já era chamado assim por seus amigos desde a época da escola, há dez anos atrás! E agora, no trabalho, continua sendo chamado dessa forma por todos. Como é que ela não sabe disso? Se ela não o odeia totalmente, então, no mínimo, eles têm uma péssima comunicação! Ela deve ficar muito isolada em casa para não saber nem o apelido que o resto do mundo usa para chamar seu irmão. Isso está muito errado e espero que Umaru consiga conectá-los de alguma forma (ainda dá tempo!). O segundo fator que me chamou a atenção foi o “trauma” que Kirie tem de chuva. Foi mostrada até uma imagem bem sinistra em seu pensamento, na qual ela ainda aparentava ser uma criança e estava sozinha em uma floresta escura enquanto chovia. Não sei dizer se aquilo é algo que aconteceu de verdade, ou se ela apenas tem medo que aconteça um dia. Se aconteceu, não duvido que tenha sido por culpa do Bonba. Pelas poucas interações que foram mostradas entre os dois no decorrer do anime inteiro, já deu para perceber que ele está longe de ser um irmão exemplar. Eu posso estar sendo injusta com ele, mas lembrem-se que os mais velhos sempre ficam com a responsabilidade de cuidar dos mais novos, então onde ele estava quando isso aconteceu com ela? (Se realmente aconteceu algo). Bom, só falta um episódio então não sei se devemos acreditar que vão utilizar algum tempo dele para esclarecer acontecimentos de um passado tão distante. Talvez o “trauma” tenha sido apenas um exagero para nos fazer rir das excentricidades da Kirie, como sempre fazem. Só que dessa vez não deu muito certo.

O trauma de Kirie. Até eu fiquei com medo.

O trauma de Kirie. Até eu fiquei com medo.

Himouto! Umaru-chan está ligeiramente atrasado: só agora, que a temporada de verão já está se despedindo, seus personagens começaram a celebrar a chegada dos dias ensolarados; consumir uma variedade incrível de sorvete e planejar um passeio na praia. Se fosse qualquer outro anime, eu já estaria dando suspiros de desaprovação por escolherem um tema tão clichê para desenvolver no último episódio. Porém, a ida a praia tem tudo para ser um episódio incrível! Pois o Bonba vai ser a pessoa que os levará de carro até lá. Isso indica que finalmente todos os personagens secundários ficarão frente a frente com Umaru fora do ambiente da escola (ou quase todos, não vi a Sylphyn na prévia…). Estou ansiosa para ver como Umaru vai se comportar nessa situação, porque vai ser impossível manter a mesma imagem que passava para cada um deles separadamente.

Aproveite para relaxar agora, Umaru, porque está chegando a hora de você ficar de cabeça quente...

Aproveite para relaxar agora, Umaru, porque está chegando a hora de você ficar de cabeça quente…

  1. Fábio
    Fábio "Mexicano" Godoy

    Só eu que só percebi depois desse episódio que todas as garotas do anime (incluindo a chefe do Taihei) têm mais de uma máscara? Mostram um lado para uma pessoa, e outro lado para outra (se é que mostram; às vezes guardam para si mesmas)? Claro que é só comédia, mesmo assim achei bastante inteligente.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        Propositalmente ou não, ela tem duas faces sim. Todo mundo acha que ela é uma psicopata e morrem de medo dela. Ela é anti-social sim, mas não é perigosa, não tem intenções ruins.

      • Ela não é responsável pela forma que os outros interpretam suas atitudes. Ela teria duas faces se tentasse agir de forma diferente na frente de determinadas pessoas, mas ela sempre agiu exatamente igual com todo mundo. O que torna a visão sobre ela diferente é o quanto a pessoa que está observando a conhece. Se a gente for taxar alguém como uma pessoa de “duas faces” levando em consideração a forma que os outros enxergam e não como a pessoa age, então não há um ser vivo nesse planeta que não seja duas (ou 3, 4, 10, 20…) faces.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        Tem razão. Ela age diferente apenas com a Umaru/Komaru, mas é muito mais inabilidade social do que disfarce deliberado. Mas bom, para o propósito de uma comédia, acho que serve =D

Comentários