Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Nesse episódio de Gintama a palavra chave é “Marionete”. Observamos em primeira mão o uso do clássico exemplo das Marionetes do Estado (pessoas que são controladas e doutrinadas a vida inteira por interesse político para que, quando o momento chegar, possam ascender a uma posição de interesse). A questão é que como estamos falando de Gintama e não de ACCA, não basta só pôr um problema político no ar, existe a necessidade de dissecar essa problemática ao nível em que se possa fazer piada dela.

Ler o artigo →

Olá! Quem vos escreve sou eu, DE NOVO, a Tamao-chan!

E devo dizer que este episódio foi muito tocante em inúmeros sentidos. Koyuki relembrou de coisas que passou com Yuu até o momento de ir embora sem se despedir, inclusive no momento em que os dois quiseram se chamar de membros da banda do HEDGEHOGS. Ainda temos o encontro entre ela e a Fuuka, o que a faz pensar no seguinte questionamento: “Você gosta de alguém?”

Ler o artigo →

Quando o episódio é ruim eu digo que ele é ruim. E quando ele é bom eu digo que ele é bom. Esse episódio de Youjo Senki foi bom. Muda o anime, agora passa a valer a pena assisti-lo? Olha, em primeiro lugar, eu nunca disse que não valia a pena. A menor nota que atribuí a um episódio de Youjo Senki foi a nota média, nem bom nem ruim, o que significa que pelo menos para entretenimento descompromissado ele sempre se classificou.

O que acontece com Youjo Senki é que ao contrário da maioria dos animes medianos, ele não é nem muito bom nem muito ruim: ele possui alguns elementos muito bons e outros tantos muito ruins. Por isso ele se encaixa perfeitamente no que muitos chamariam de “obra que desperta amor ou ódio”. Tudo depende do que você valoriza mais.

Mas nesse episódio em particular todos os seus elementos ruins estiveram minimizados ou ausentes, enquanto os bons brilharam. E teve interessantes desenvolvimentos da protagonista e da história, o que sempre é positivo.

Ler o artigo →