Me sinto horrível por fazer troça da desgraça da Nina logo no título do artigo, mas, às vezes, sou assim, perco a chance de parecer sério e respeitoso, porém não perco a piada. É só uma piada, tá?

Mais um episódio de dança! A essa altura já é definitivamente uma marca registrada de Rage of Bahamut. Se um dia houver um terceiro anime da franquia (teria o Manaria Friends, que no entanto foi abortado, mas quem sabe não renasce um dia), eu não vou apenas esperar por cenas de dança, eu vou querer vê-las.

Dessa vez, a dança fez parte o conto de fada particular da Nina. Foi o prólogo para o seu ponto mais baixo, a decepção abrupta. Como a Nina irá lidar com isso? Ela conseguirá superar? Bom, por enquanto, ela nem tem tempo pra pensar no assunto. Trato disso no artigo, mas antes quero tirar uma coisa do caminho:


Ah, isso foi bom de ver, não foi? Quem não queria dar esse soco bem dado na fuça do Charioce? Eu queria dar um soco no Charioce! E eu sou alguém de 34 anos que nunca deu um soco em ninguém. Sou mais pacifista que a cruza impossível entre John Lennon e Madre Teresa de Calcutá. Elevado à décima potência. Mas eu com certeza queria socar o Charioce.

Não pense que eu não o entendo. Eu entendo o que o Charioce fez. Eu percebi, em sua expressão (na maior parte do tempo, na falta dela), em seu olhar (por vezes mais ausente que o de seu olho cego). Ele afastou a Nina para protegê-la. E sim, para que ele possa continuar sem transtornos a sua jornada assassina e que tais, mas acho que em primeiro lugar para protegê-la. Ele se importa com a Nina, o que é óbvio dado que ele gosta dela, e, por isso, ele tentou afastá-la da forma mais segura possível quando percebeu que os Cavaleiros de Ônix, que não são exatamente fãs do Dragão Vermelho, estavam fechando o cerco contra Nina. A bem da verdade, ele já estava inseguro sobre assumir seus sentimentos em seu último encontro com ela, mas aquilo foi um dia de visita de túmulo, ele estava sozinho, sem o fardo de sua máscara de rei, e a Nina foi bastante convincente. Mas ele já estava inseguro.

O maior sinal de que ele estava inseguro foi quando recusou a contar para a Nina quais eram os seus planos. Por que ele não poderia ter contado ainda naquela ocasião? Por que contar “só da próxima vez”? Ele pretendia mesmo contar, em primeiro lugar? Aposto que o que quer que ele esteja fazendo, a partir do momento que alguém sabe, ou é obrigado a participar (e possivelmente participar é garantia quase certa de sacrifício, especulo sobre isso adiante), ou … bom, sabe como são essas coisas secretas, segredos de estado, né? Ou se está com eles, ou se está contra eles. Se as duas alternativas tiverem como horizonte a morte, se está mais seguro não sabendo de nada em primeiro lugar. A terceira alternativa é uma que Charioce absolutamente não pretende sequer considerar: o rei poderia apenas desistir de tudo para ficar junto com a Nina.

Então, inseguro, indeciso, ele apenas disse a ela que “da próxima vez” contaria. Negar seria frio demais para aquela situação, e contar era impossível – despendi o parágrafo anterior inteiro explicando o porque. Então ele prometeu para depois, esperando que o depois nunca acontecesse. Ele é um rei, isso não deveria ser difícil. Mas ela é a Nina, é lógico que aquilo iria acontecer, e antes do que ele poderia esperar. Aconteceu nesse episódio. Ela foi até o baile para ter mais um encontro com seu amado e, de quebra, descobrir qual era o plano dele – era isso o que seus aliados queriam descobrir em primeiro lugar! Ao tentar unir o útil ao agradável, Nina sofreu uma rejeição bastante desagradável e o plano todo foi inútil.

Sorte da Nina que o Favaro estava pronto para o resgate

Eu sei que aconteceu bastante coisa nesse episódio além daquilo pelo qual a Nina passou, mas acho que preciso comentar mais sobre o Charioce. Ou melhor, especular sobre o plano do Charioce. Nina e Charioce possuem histórias similares: ela perdeu o pai para o Bahamut, e ele perdeu a mãe. Ela se tornou essa confusão emocional que ainda a impede de se transformar livremente em dragão e ele se tornou um rei genocida. Pensar que o Charioce quer apenas se vingar de deuses e demônios foi, em retrospecto, inocente de minha parte. É verdade que ele não confia nas outras raças e não poderia se importar menos com elas, mas não acho mais que sua jornada pessoal seja apenas uma história de vingança. Embora não confie em deuses e demônios, nunca demonstrou ter particular desprezo por nenhum deles. Na verdade, por ninguém. Ele está focado em sua missão e, como o tratamento que dá aos técnicos e cientistas responsáveis pelo Dromo, indica estar impaciente, correndo contra o tempo. Ora, os demônios estão ou em submissão ou escondidos em algum fim do mundo qualquer e os deuses definitivamente não estão em condições de representar perigo no momento (mesmo Anatea não podendo contar com o Dromo por enquanto), então por que a pressa, Charioce?

Bahamut é um mundo simples, com elementos simples e papeis simples, ainda que alguns de seus personagens principais possam parecer complexos. O que existe em Bahamut? Existem humanos, deuses e demônios. Ah, e existe o povo-dragão também. Charioce governa os humanos e reduziu deuses e demônios à escória. Será o povo-dragão a grande ameaça de Bahamut? Pergunta retórica. Charioce nem sabia que eles existiam. Charioce não busca riquezas (mas sabe distribuí-las para conquistar apoio da alta classe – daí a escravização dos demônios), não busca se vingar, então o que raios é a super secreta missão dele em Bahamut? O que está fazendo tudo se mover nessa temporada de Bahamut? Qual é a de Bahamut? Bahamut? Oh…

O Dromo foi descrito como tendo poder comparável ou superior ao do Bahamut. Charioce não o construiu para derrotar demônios ou deuses, os quais ele pilhou pelos planos e relíquias necessárias para construir a super-arma. Também não precisa dele para manter sua posição de poder. A única ameaça nesse mundo que justifique a construção do Dromo é o próprio Bahamut. Quem garante que ele irá continuar selado por muito tempo, não é mesmo? Fui pesquisar sobre as cenas nos episódios 14 (epílogo) e 15 que eu havia basicamente ignorado, por não ter compreendido. No 14, Charioce está observando um lugar estéril, com ventos fortes e uma coluna de rochas voadoras. No 15, ele está supervisionando a manutenção do Dromo, e é dito que o “Selo de Eibos” está quase se rompendo.

Eibos é Aboth (problema de tradução, creio). Aboth é o local onde o Bahamut está selado. O Selo de Aboth só pode ser o Selo do Bahamut. “A qualquer momento uma fenda dimensional pode se abrir”, é dito no episódio 15. O Bahamut está a ponto de romper seu selo e retornar ao mundo, para destruir, matar, e, no geral, fazer tudo o que o Bahamut gosta de fazer e sabe fazer bem. Charioce não confia em deuses e demônios e quer resolver isso sozinho, por isso está construindo o Dromo e, por segurança, não compartilhou esse plano com ninguém. E é uma situação complicada porque não acho que ele pudesse ter agido diferente. Independente do perigo, pedir que deuses e demônios cooperassem seria inútil. Charioce e os Cavaleiros de Ônix assumiram a missão de derrotar o Bahamut, custe o que custar.

Claro que isso não justifica todo o sofrimento que Charioce infringiu em milhares, todo o banho de sangue e todas as mortes. E essa é mais uma razão pela qual ele não pode se permitir estar ao lado de Nina, mesmo que isso não fosse um risco para ela; seria injusto depois de toda a infelicidade que causou indiscriminadamente se Charioce, justo ele, fosse feliz. E, ao mesmo tempo, ele não quer arrastá-la para seu mundo e obrigá-la a carregar junto com ele a culpa por indescritíveis atos de crueldade em nome de uma causa, por nobre ou urgente que tal causa seja.

Bahamut não é Bahamut sem dança, e também não é Bahamut sem Bahamut, não é? E só para não dizer que não comentei:

A Sofiel era assim tão importante para a Gabriel, ou ela apenas sente-se mal consigo mesma por absolutamente tudo estar dando errado ultimamente? Em qualquer caso, ela pode acabar virando protagonista de outro anime:

A Rita mostrou quem é o cérebro ali. O que é bastante divertido quando você se lembra que ela é um zumbi. Destaque para a hora que o Favaro reclamou sobre a possibilidade de ser preso e ela disse que se isso acontecesse, eles o tirariam da prisão de novo, mas o disse desviando o olhar como quem não carrega muita verdade em suas palavras.

Sinceramente, eu não confiaria em mais ninguém além da Rita para isso

O braço do Charioce começou a apodrecer também? Isso parece bastante ruim, e dá uma ideia do tipo de poder que ele e os Cavaleiros de Ônix estão usando. Considerando que o rei era saudável antes e começou a ficar assim depois de usar o bracelete, acredito que tenha se dado o mesmo com os cavaleiros: eles eram saudáveis e foram transformados praticamente em carne morta pelo uso contínuo de suas armaduras, a ponto de não poderem mais tirá-las. A outra alternativa, eles usarem as armaduras e sua magia para se manterem vivos em primeiro lugar, pode ser descartada.

Isso evoluiu rápido, faz quantos dias que ele e a Nina saíram?

Olha essa sequência de imagens. Amar é uma droga, principalmente quando somos jovens. A maioria das pessoas age como a Nina e acha que tudo o que dá errado tem que ser culpa delas. Se tivesse feito algo diferente, daria certo! Se não tivesse feito algo, talvez! Prometo que vou mudar! Mas, às vezes, o problema é mesmo o outro, não é? Coitada da Nina. E parabéns ao estúdio MAPPA por ter feito um trabalho de animação maravilhoso com as expressões da protagonista.

Nina não chorou quando foi rejeitada. Ela estava aguentando bravamente, ou talvez não tivesse assimilado a ideia ainda. Mas quando ela teve que defender o Charioce do Favaro, que ameaçava matar o rei, aí então, e só aí, ela chorou. Ela sabe que tudo o que o seu mestre diz é verdade, todavia, ela, absolutamente, não pode deixá-lo ferir Charioce porque o ama, e isso a está dilacerando.


Essa cena em particular foi a melhor do episódio. Para todos os envolvidos. O Favaro ameaçou matar a Nina junto com o Charioce, e isso vindo da boca de um dos “mocinhos” pode parecer só bravata ou ameaça vazia, mas lembre-se: a primeira temporada se encerra precisamente com o Favaro matando uma garota inocente que ele amava para derrotar um mal maior. Dessa vez, ele não teve a mesma coragem, e ainda bem, porque seria inútil. Alguém assumiria o papel do Charioce e o plano continuaria. E a Nina estaria morta.


Mais uma sequência da Nina, agora caindo em prantos de vez, enquanto falha em tentar engolir o choro – o socão do Favaro no Charioce veio logo depois disso, e foi uma delícia:

A gente sabe que a coisa tá séria quando até o Baco tem seu momento de brilhar. Literalmente. A função dele no episódio era ser um sinaleiro.


Reunião de família! O pai adotivo é um demônio e a mãe é uma humana santificada. E agora, Mugaro/El? A cena tende a ser interessante, mas entenda que essa encontro, nesse momento, tem como função narrativa primordial impedir o Mugaro de ajudar Nina e companhia na luta nas docas.


Apesar de tudo, ainda torço para a Nina e o Charioce conseguirem ficar juntos. Boa sorte, Cinderella! Fazer o quê, né? Embora eu ache que provavelmente o Charioce vá morrer. Espero que pelo menos a Nina não morra, isso iria me deixar realmente abalado.

Força, Nina!

  1. eu admito que parei de ver o Anime, porque eu esperava algo mais como o primeiro, mas até que tirando a parte leve e as enrolações a história dele não esta ruim pelo o que você esta dizendo, eu vou acompanhar os seu resumos ai se eu me animar encaro o anime de novo. Ainda mas Favaro aparecendo sou uma grande fã dele e da Rita.

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      O Favaro reapareceu mas seu papel é de suporte, não está sempre presente. O que eu achei bastante interessante. A Rita sempre foi suporte desde o começo então nada mudou aqui, se qualquer coisa ela apenas está “mais Rita” do que nunca.

      E assista sim, está muito bom =) Com mais tempo a história está sendo melhor desenvolvida do que na primeira temporada, na minha opinião.

      Obrigado pela visita e pelo comentário =)

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      Olha, impossível não é. Achar eu acho que não, e sinceramente espero que não. Ela e o Favaro já tiveram a sua vez. Agora é a vez da Nina e do Charioce.

      Mas os produtores estão mostrando flashbacks dela do ponto de vista do Favaro para dar um fanservice pra quem está com saudade dela, né? Foi uma das mortes mais doídas que já vi em anime, hehe.

      Obrigado pela visita e pelo comentário =)

Discussão