Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Falaaaa galera! Como vocês estão? Tudo bem?
Tivemos uma semana de ausência de Fate, mas ainda bem que tivemos a segunda parte desse anime espetacular de volta!
E como esperado, essa segunda parte começa muito boa e agitada, com várias mudanças no cenário da guerra.

Vamos conferir as mudanças?


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Bem, depois que fiz o último artigo no formato do que eu achei bom, ruim e mediano no anime, achei que pra mim foi uma das melhores formas de mostrar o que realmente foi satisfatório no episódio. Não estará provavelmente na ordem dos acontecimentos do anime, mas com total certeza vocês irão entender.

Achei esse episódio, no geral, muito bom. Não teve alguma parte dele que me deixou: “Poxa, isso aqui poderia ser assim” ou “Isso aqui ta mal contado, queria que falasse melhor” ou “Poxa, essa animação ta horrível” , mas tem algumas partes que merecem destaque que irei comentar agora mesmo.

1 – Adorei a Openning dessa segunda parte, música gostosa de ouvir e muito boas as imagens.

Excelente abertura, bem melhor que a primeira parte do anime

2 – A Ending também me deixou surpreso, bem melhor que a da primeira parte, com total certeza!

Faço as minhas, as palavras da abertura as mesmas do encerramento, pelo visto essa segunda parte vai ser muito boa

3 – Eu  não estava gostando muito da Mordred depois da surra que ela deu na Astolfo, porém nesse episódio eu comecei a gostar dela: 1º que ela deu fim a mestra da Astolfo, aquilo foi totalmente inesperado, adorei mesmo. Outra coisa que adorei foi ela ter se revoltado quanto a facção Carmesim e principalmente ao Shirou, pois eles estavam armando para cima do mestre dela. Realmente nessa segunda parte do anime as coisas ficarão bem mais interessantes.

4 – Adorei a Astolfo ter se tornado serva do Sieg e principalmente da parte que ela fala que é fraca e se ele a aceita! Ahhhhh, Astolfo você não é fraca, você tem um coração de ouro que sua antiga mestra não sabia usar!

Ahhhhh… Essa parte foi a melhor do episódio, sem dúvida, eu já iria quitar do anime se a Astolfo sumisse! Hahahaha

5 – Achei interessante a parte em que Avicebron aceita se tornar servo de Shirou, mas pede pela segurança de seu antigo mestre. E nós não sabemos o que irá acontecer com a facção Black, pois não temos mais o líder Darnic, nem parte dos servos: Siegfried, Frankenstein, Avicebron, Astolfo. Pelo visto só sobrou Quíron. Como será que a facção Black irá se reestruturar? #Curioso

Avicebron pede a segurança de seu mestre e diz que tem sonhos a seguir, mas o que será agora da facção Black?

6 – A parte em que Aquiles e Atalanta não aceitam Shirou também foi algo bem legal. Embora eles não tenham se visto por muito e nem mantido contato com seus mestres, eles mostraram respeito a eles, mesmo no momento em que o mestre deles mudou sem aviso prévio!

Mesmo com a troca de mestres, eles não aceitam por completo Shirou, foi algo bem interessante que pode refletir em episódios futuros, vamos aguardar para ver!

Então galera, esses foram os pontos-chave do episódio ao meu ver, espero que vocês tenham a mesma concepção que a minha, mas se não tiverem, comentem aí para poder bater um papo.

Um forte abraço a todos, até a próxima!

Sayonara!

Comentários