Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Um completo caos. Não há como definir melhor esse episódio. Contudo, ele não foi de todo ruim, já que se a parte técnica não foi mais do que no máximo boa a história se demonstrou interessante, mesmo faltando uma base para que o público entendesse melhor exatamente o que estava se passando ali. Dies irae promoverá a sobrevivência de apenas uma raça superior de animes, ou ruirá perante aliados (aliados do quê, exatamente?) que se opõem a sua hegemonia nessa temporada?

Ler o artigo →

Chegar ao auge da carreira não é fácil para qualquer músico ou banda, independentemente do gênero musical. Quantos artistas/bandas não têm por aí que só conseguiram emplacar um hit e logo caíram no ostracismo. Afinal, manter-se no topo é muito mais difícil do que chegar nele.

No episódio de estreia dessa série, acompanhamos um grupo de idols, que está no auge da carreira, e que vai participar de um grandioso evento ao lado de outros grupos. Para se ter uma ideia da dimensão do festival, que se realizará no inverno, ele pode ser comparado ao “Rock in Rio”, ou seja, não é qualquer um que pode se apresentar no evento dessa magnitude.

É interessante o fato dos personagens fazerem outras funções além de se apresentarem, como por exemplo, estudar, tirar fotos como modelo, participar de comerciais e ter um programa de rádio.

Nesse primeiro episódio vimos o lado glamuroso de ser idol, mas desafios devem ser impostos aos personagens na medida em que eles forem se preparando para o evento. Aliás, já apareceu um pequeno desafio na parte final.

Depois que vi o episódio zero de Idolmaster Side M, eu me desarmei do preconceito que tinha para com esse tipo de anime, afinal, para poder fazer as primeiras impressões desse aqui, eu não poderia me basear em preconceitos para julgá-lo.

A obra tem o seu público alvo (do qual não faço parte), mas isso não significa que eu não possa assistir e até gostar do anime. Enfim, o anime tem elementos que devem agradar o público feminino e que para mim nem agrada e nem desagrada.

No geral, o primeiro episódio não foi ruim, mas não me empolgou muito. Precisaria ver mais alguns episódios para ver o real potencial da obra.

Obrigado a todos que leram este artigo, e até a próxima!

Nesse novo episódio damos início ao segundo cour do anime; nova opening e ending, mas não só isso, novos momentos de aprendizado, evolução e felicidade. Podemos dizer que esse episódio foi algo leve para relaxar enquanto se assiste. Ao que parece, teremos um desenvolvimento interessante no próximo, mas enquanto ele não chega, vamos falar sobre esse?

Ler o artigo →

Bom dia!

Pergunta número um que alguém pode fazer sobre Yuuki Yuuna wa Yuusha de Aru: Washio Sumi no Shou: É preciso ter assistido o Yuuki Yuuna original antes?

Ok, essa talvez seja a segunda pergunta. A primeira é “Mas que… raio de nome…?”.

Respondo com mais detalhes abaixo, mas para resumir, tendo como base esse primeiro episódio e minha vidência: não.

Ler o artigo →