Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom dia!

Esse é o texto inaugural de um novo tipo de artigo. É um, err… podcast escrito? Algo assim! Eu e meus amigos Vinícius do Finisgeekis, Diego do É Só Um Desenho e Gato (é o nome de batismo dele, juro, ele já me mostrou sua certidão de nascimento) do Dissidência Pop vamos assistir alguns animes e conversar sobre eles – e vamos publicar nossas conversas em nossos blogs. Cada blog irá publicar a conversa sobre um anime.

Os animes serão: Mahou Tsukai no Yome, Kujira no Kora, Kino no Tabi, Girls’ Last Tour e Animegataris. Se vai assistir qualquer desses animes, ou mesmo se não for assistir, acompanhe nossas conversas! Será bastante divertido! A propósito, assista os animes também, todos recomendadíssimos. Bom, Animegataris é só um pouco recomendado na verdade, mas o que é da vida sem riscos, não é?

Nesse artigo inaugural falamos sobre as nossas expectativas para todos esses animes e para a série de artigos que estamos começando aqui. Leia e se acostume com o formato!

Ler o artigo →

Sabe aquela famosa frase “a primeira impressão é sempre a que fica”? Então, acho que é exatamente isso o que vai acontecer se eu continuar vendo este anime.

Ok, ele se inicia como qualquer outro anime de fantasia/aventura/ação de hoje em dia: alguém aleatório é mandado para um mundo completamente diferente através de seu celular. Tá que nem todos eles seguiram a fórmula do celular, mas ir a outro mundo já é bem manjado. E desta vez é uma menina que vai para o início do século XVI, pois Nobunaga ainda estava vivo.

Bem, mas vamos deixar um pouco o lado histórico para nos ater em um fato: o problema não é apenas a menina ter parado em um momento da história em que o Japão estava em guerra por territórios, tentando assim unificá-los, mas também o fato da moça ter acabado no meio de HUSBANDOS. Todos os territórios têm husbandos, possuindo também seres que têm poderes mágicos, além de vampiros, lobisomens e gatinhos (?).

Aí teve outro problema: eu lembro que li a sinopse, até que achei ok, mas aí eu pesquiso de onde vem a história. E, sim, ela veio de um OTOME GAME, daqueles de simulação (e também vi que tem para Android e iOS, para quem quiser jogar). Ou seja, podem se preparar para muita encrenca e shippação, meus caros, porque jogo de simulação é isso. Além do mais, a menina parou em um território repleto de vampiros.

Espero que essa menina volte para casa logo (tem que encontrar pela Hime-miko antes), porque parece que as coisas ficarão pretas para o seu lado. Uma coisa boa? Ah, a música de encerramento é legal, e a parte das lutas é bem feita, se pudermos ignorar todas as frases clichês do episódio.

É sexta-feira 13 em Ballroom! Digo isso porque nesse episódio fomos melhor apresentados à bruxinha temperamental – como fã de Harry Potter que sou considero isso um elogio rs – que atraiu os olhos do nosso querido protagonista Tatara e o fez querer seu corpo escultural coladinho ao dele no salão de dança! Em meio a pares se formando, ou pares já formados, é hora de Ballroom aqui no Anime21!

Ler o artigo →

Osake, como eu posso dizer? É um anime de 3 minutos, sendo assim, às vezes não dá para captar a essência da obra. Porém este é diferente. Este eu consegui entender tudo o que vai acontecer em uma simples parte, e o seu aspecto faz ser óbvio que ele será episódico.

Chisato é aquela trabalhadora modelo. Oferece ajuda, é séria, é solícita. Acredito que todos devem respeitá-la, assim como a mesma deve respeitar aqueles que trabalham com ela. Porém, como todos nós, há algo que esta mulher precisa esconder para que sua reputação não seja arruinada…

Ela, na verdade, gosta MUITO de bebidas alcoólicas, e o único que sabe disso é seu marido, Sora, um homem que faz de tudo para agradar a esposa, até mesmo preparando diferentes drinks todas as noites. E o que o faz ter essa vontade de fazê-la beber?

Chisato, como eu disse anteriormente, tem uma reputação a zelar, então muitas coisas ela deve guardar para si mesma. Sora, o marido prestativo, além de querer que sua esposa relaxe, também quer ver o seu lado fofo: aquele que mostra sua cara de satisfação e mostra toda verdade quando fala.

Este anime tem 3 minutos, mas muita história para contar.