Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Nisio Isin nos últimos anos vem nos presenteando com suas obras: a franquia de Monogatari, o mangá Medaka Box (2 temporadas de anime) e Zaregoto (8 OVAs) são exemplos disso. Juuni Taisen é um anime que apesar de ter uma proposta não tão chamativa, entregou um belíssimo episódio com cenas de ação fluídas e reviravoltas. Vamos saber mais sobre?


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Até onde esse poder se estende?

Se tem algo que sempre gostei de ver são os personagens das obras de Nisio Isin. Seus personagens são bem construídos e sempre apresentam um modo de pensar interessante. E Juuni Taisen começa desse modo, apresentando uma personagem da história mostrando sua linha de raciocínio e seu passado (que é bem curioso por assim dizer). Paralelamente a isso, tivemos uma explicação sobre o objetivo final de cada personagem inserido até então e como o anime funcionará de certa forma.

Infelizmente Javali-oneesama

Acima eu disse que sua proposta não era tão chamativa, não é mesmo? Pois bem, Etotama tinha essa semelhança de empregar os signos do zodíaco para lutar entre si e alguns outros animes têm propostas similares, como Mirai Nikki e até mesmo Btooom! (guardadas as proporções). Porém, diferente desses animes citados acima, Juuni Taisen terá um detalhe completamente diferente que pode ser considerado uma faca de dois gumes: o número de personagens principais. Sim, os 12 candidatos são personagens principais e por isso (obviamente) os episódios terão um foco diferente (ao menos é o que me parece).

Mas vamos falar especificamente sobre o episódio. Anteriormente eu disse sobre o objetivo final dos personagens e bom, o que nos foi revelado é na verdade o direito que eles recebem: um desejo. Qualquer desejo será realizado, mas antes, derrote seus adversários, faça uma bela poça de sangue e aí escolha seu desejo. Nesse primeiro episódio nós acompanhamos a personagem correspondente ao javali. Ver seus flashbacks nos fez perceber que esse festival/evento é realmente muito importante, afinal, não importa quem seja, caso fique em seu caminho deve ser eliminado, não? É exatamente o que a Javali-san fez, ainda que ela na verdade tenha adiantado um processo e a “vítima” não soube aguentar.

Particularmente eu tenho um grande interesse nesse anime pois, tirando o autor, a história e esse primeiro episódio mostraram que teremos uma bela obra sendo feita. Esse início foi empolgante, surpreendente e o mistério não deixou a desejar até o fim. Confesso que apesar de não ser muito fã desse tipo de abordagem (com muitos personagens principais, ainda mais nesse tipo de proposta) estou curioso para ver como será a execução daqui para frente. É como eu disse, esse tipo de abordagem é uma faca de dois gumes porque pode acabar afastando algumas pessoas ao mesmo tempo que aproxima. Por enquanto eu faço parte do segundo grupo. E você, caro(a) leitor(a), já escolheu o seu lado e para quem torcer? Qual seria o seu desejo?

Comentários