Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Caros leitores, eu convido vocês para conhecerem um lugar luxuoso e peculiar, o qual é principal cenário dessa história que irei abordar agora.

Konohona Kitan traz todo o conforto de uma pousada de estilo tradicional para que o espectador possa relaxar depois de um dia muito cansativo. Ao ver seu episódio de estreia me senti um hóspede que pôde acompanhar o dia a dia das suas simpáticas funcionárias, que são raposas em forma de garotas.

O character design faz jus à fofura e beleza das personagens, cujas interações de uma para com as outras aparentam ser um dos pontos fortes da série. E por falar em interações, isso será determinante para prender a atenção do público, pois em animes desse tipo as personagens tem mais relevância que o próprio enredo.

A história é muito simples, e não deve agradar a maioria, mas é aconchegante. O clima é muito leve e agradável, graças a uma paleta de cores colorida e do design bonitinho.

O ritmo lento não é um demérito aqui, pois faz com que o espectador fique bastante relaxado enquanto acompanha a rotina de uma nova funcionária que chegou para trabalhar no hotel.

As personagens seguem o padrão desse estilo de anime, sendo que a protagonista é a típica cabeça de vento. Temos a atlética e cheia de energia, temos a garota séria e responsável, entre outros tipos. Embora as personagens aparentam ser clichês, isso acaba sendo funcional, pois elas são agradáveis e fáceis de terem empatia do público que gosta desse tipo de obra.

Foi uma boa estreia para quem gosta de animes bonitinhos, mas acho que não deve ter chamado a atenção de quem não está acostumado a esse tipo de obra ou a animes mais lentos de modo geral.

Obrigado a todos que leram este artigo, e até a próxima!

Comentários