Bom dia!

Depois de um excelente anime que se passa durante a Inquisição Espanhola (Honoo no Kokuin), e outro bastante fraco ambientado no Japão do Período Heian (Guren no Tsuki), a franquia Garo move-se para o presente com Vanishing Line em uma cidade fictícia no Extremo Oriente chamada Russel City.

E exala estilo!

Dos animes dessa temporada que assisti até agora (apenas seis, é verdade), Vanishing Line sem sombra de dúvidas tem a melhor animação e as melhores sequências de ação. De longe. Sword, o protagonista e Garo da vez, é um cabeça de músculo que soca primeiro, pensa depois. E sim, ele soca monstros.

Conheça Sophie. Ela é jovem e parece indefesa, mas provavelmente poderia te espancar!

E luta contra eles de moto – aliás, sua moto é sobrenatural, além de super estilosa. Sua forma transformada não pareceu grande coisa, porém, então espero que ele lute a maior parte do tempo em forma humana mesmo. Dizer o que mais sobre Sword? Acho que é mais fácil listar:

  • Anda e luta em uma moto cheia de estilo
  • Soca monstros do inferno
  • Come porções enormes de carne mal passada
  • Pega garotas peitudas

E também anda de moto com uma garota peituda no colo!

Fisicamente, ele bem que poderia estar em qualquer temporada de Jojo. Mas ele não é muito de fazer pose, então acho que está melhor onde está. Em termos de masculinidade, porém, ele está acima da maioria dos heróis (e dos vilões) do mangá de Hirohiko Araki. Eu ia dizer que ele não é só pose, mas as poses dos Jojos não são lá muito masculinas então elas na verdade contam contra eles. Assim, é, que bom que ele não tenha pose nenhuma.

Enfim, forma com certeza esse Garo tem. Se terá conteúdo ainda está para ser visto, mas ele já ganhou uma garotinha adolescente (ele não dá em cima dela em momento algum, fique tranquilo; mas não duvidaria se ela se apaixonasse por ele…) que provavelmente irá começar a persegui-lo para cima e para baixo em busca de uma tal Eldorado. Não sei porque ela a busca, não sei porque ele a busca, mas o fato é que os dois a buscam. Há um objetivo e há uma história por trás dos motivos de cada um deles.

No mínimo dá pra ficar interessado enquanto me impressiono com suas sequências de ação e sua trilha sonora.

Estou ansioso!

  1. Gostei bastante deste novo Garo. Eu estava de pé atrás, com novos Garos, depois daquela porcaria imensa que foi o Garo Guren no Tsuki (coisa que nunca terminei e nem sei se terminarei). Acho complicado algum novo Garo ultrapassar o Garo Honoo no Kokuin (quero ver algum Garo tocar a qualidade do episódio 17 de Garo Honoo no Kokuin). Mas este novo Garo já começou bem, cheio de acção de qualidade e animação muito bonita. Gostei da garota e do protagonista, cuja aparência física, foge dos padrões normais (acho interessante, ele dar socos aos monstros por tudo e por nada, fora a sua mota badass e ainda por cima é mulherengo).
    O protagonista come que nem um leão, ele comeu aquele lombo de vaca, como se fosse nada, tive até pena da garota que assistiu aquela cena. O protagonista além de ter estilo, ainda é exigente com as mulheres com quem sai, acho que ele carece de humildade, mas ao menos é simpático.
    Achei interessante as várias referências ao El Dorado. Será que este El Dorado é o mesmo que os conquistadores espanhóis Hernán Cortez e Francisco Pizarro tanto procuraram, ou é outra coisa?
    Como sempre, mais um excelente artigo de primeiras impressões Fábio.

    • Fábio "Mexicano" Godoy

      Olá (com atraso) o/

      Ainda está curtindo Garo: Vanishing Line? Eu estou gostando, mas até aqui está sendo apenas mais um anime de ação sobrenatural, nem história nem personagens me empolgam, é bonito de ver e bem executado, apenas. O Honoo no Kokuin vai continuar insuperado pelo visto, hehe.

      Pelo lado positivo, viu que arranjamos um redator novo e ele está cobrindo o anime? =)

      Obrigado pela visita e pelo comentário!!

      • Continuo a gostar de Garo: Vanishing Line (o episódio 2 dele foi bem fraco, mas o terceiro episódio foi, como hei-de de dizer, interessante por causa da Gina).
        A única coisa que me desagrada neste novo Garo, é que ele parece em certos momentos, um cartoon americano, mas fora isso está ok. O que tu achaste da Gina? Não sei porquê, mas acho se o estúdio Mappa entrasse na indústria de animes para adultos teria muito sucesso.
        O Honno no Kokuin além de se passar numa era mais interessante, o seu roteiro e história foram muito bons (se bem que houve momentos em que havia quebras de qualidade em tudo).
        Eu leio os artigos do redactor novo e ele está a fazer um bom trabalho.

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        Achei a Gina, como personagem, tão sem graça quanto o Luke. Mas claro que ela é mais “interessante”, né? E teve papel mais ativo no episódio 3 do que o Luke no episódio 2.

        Mas gostei mais do segundo episódio, porque o vi mais como um desenvolvimento (pequeno, ainda, mas um começo) do próprio Sword. O Luke ficou ali de enfeite (e é aí que a Gina ganha dele =D). E o horror do segundo episódio foi melhor também, mais de acordo com o padrão de Garo.

      • O interessante da Gina, são os seus atributos físicos e as roupas e closes malandros de câmara que o episódio todo fez questão de destacar. O Luke eu gostei bastante, ele é o oposto do Sword e ainda usa um rifle de sniper de forma épica. O Horror do episódio 3 foi bem fraco, o horror do episódio 2 foi bem mais interessante (como bem referiste).
        O Sword meio que se destaca em tudo neste anime, desde do seu porte físico exagerado, apetite exagerado e ainda por agradece aos deuses, cada par de seios fartos que vê (não como não gostar, deste personagem).

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        Eu gosto do Sword sim, sem dúvida. Mas gostei mais da outra garota desde o primeiro episódio. Não porque é garota (bom, isso ajuda, mas ela é adolescente e eu estou velho pra isso), mas porque ela tem um objetivo e uma história. Acho uma pena que não tenha mais aparecido desde então. O Sword tá aí em cada episódio e continua bem mais raso do que ela. Eu sei que ele procura o Eldorado, mas não sei porquê.

      • Eu acho que a garota que apareceu, no episódio 1, vai ter mais destaque (pelo menos espero que sim). Essa história do El Dourado deixa-me intrigado, será que esse El Dourado é a solução para aniquilar os horrors ou uma relíquia para os cavaleiros e bruxos Makai? Eu prevejo que em breve ouviremos e veremos a chefe irritante dos Makai Kishi, em todos os Garos sempre desejei que ela morresse.

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        É verdade, estou sentindo falta dela, hehe – e do portal para o Makai ou o quase Makai ou sei lá o nome do lugar onde ela fica.

      • Eu não sinto saudade nenhuma daquele ser manipulador que era a chefe dos Makai, a personalidade dela era muito estranha e a voz dela então, nem se diz nada.

      • Fábio "Mexicano" Godoy

        HAHAHAH!

        Mas poxa vida, ela faz parte da mitologia, da lore de Garo. Um Garo sem ela não seria a mesma coisa.

  2. Cara esse anime tá bom mais como vcs sinto falta sim das guardeos do makai ou seja Garmin no honno kokuin Shomon no musume Guren no tsuke também de um segundo cavaleiro makai ou seja o makai kinsh silver ou seja o cavaleiro prateado que n minhá opinião eu acho melhor que o próprio garo Falo do zero( susumura Rey) e o Zoro saudado mito Herman Louis e não do kamadar
    e o zanga que ficou meia boca em Guren no tsuki

Discussão