Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Depois de uma longa jornada de investigações e Sky Shows, The Reflection finalmente chegou ao seu último episódio. Quero dizer, esse foi o último episódio, né? Não foi exatamente um final, mas acabou, certo? Bom, vamos comentar sobre ele.

Antes de tudo, preciso dizer uma coisa: eu estava certo. Por vários artigos episódio a episódio eu venho falando das quatro garotas que ficavam aparecendo na história e sobre minha teoria sobre elas. No último episódio, as meninas se encontraram com os heróis e mostraram que também são refletidas. A única coisa que destoou é o fato delas virarem garotas mágicas, ou até quem sabe, alguma coisa parecida com super sentai, ou quem sabe uma mistura dos dois.

Se formos comparar com o tom do anime, isso não faz o menor sentido. É como se pegassem Madoka Magica e fizessem um crossover com X-Men. Não daria certo (eu acho). Além disso, por que elas não entendiam o que I-Guy dizia se todo mundo falava japonês? Se era pra colocar essa diferença linguística poderiam ter escolhido um idioma diferente também e não duas pessoas falando a mesma língua e não se entendendo.

Quem conhece os X-Men deve ter entendido a referência da pirâmide

Mesmo com minhas críticas, eu até achei legal esse grupo que surgiu. As cenas de ação com elas foram bem legais, assim como foi protagonizado pelos outros heróis e vilões. Podemos dizer que tivemos uma batalha digna de uma história de super-heróis. E pra quem está na dúvida, sim, elas são as garotas que cantam o encerramento.

Além disso, um dos confrontos mais interessantes foi entre I-Guy e o Homem-Morcego. Os dois se enfrentaram pela terceira vez, novamente com melhorias. Agora, o Homem-Morcego estava mais forte e modificado do que nunca, demonstrando também ser muito mais cruel e impiedoso, como no momento em que ele conta como matou os amigos de I-Guy.

Descreve mais que tá pouco

É aí que vamos para os problemas do episódio. Definitivamente, Wraith não é um bom vilão. Ele não deixa claro qual é a sua motivação em nenhum momento, apenas fica falando de trazer Darkness. Além disso, quem exatamente é Wraith? O irmão da Eleanor? E como exatamente ele voltou? E o que ele fez com ela? Nada disso foi explicado.

Esse é o Darkness? Blz. Agora, O QUÊ é o Darkness?

Vamos lá, o Darkness então é um dragão, mas desde quando existem dragões em The Reflection? Tudo bem que existem pessoas com super-poderes, então poderiam existir dragões, mas em nenhum momento isso foi citado em todos esses episódios. Além disso, por que Wraith quer tanto trazer esse dragão?

Como se não bastasse, também não ficamos sabendo o que era, de fato, o tal reflection, como o que o causou, ou porque ele dá poder para as pessoas. Muito menos a explicação de porque cada pessoa é afetada de modo diferente ou o que é a luz e a fumaça do evento. Eu poderia ficar citando aqui 1001 coisas que o anime simplesmente jogou durante a trama e esqueceu de explicar.

E para fechar com chave de ouro, não poderia faltar o poder da amizade, não é mesmo? Se tem uma coisa que me incomoda em animes é o poder da amizade. Não existe Deus Ex Machina mais irritante que esse, pois ele tenta passar uma mensagem de amizade e perseverança com um exemplo que não pode ser aplicável em nenhum outro lugar.

NANI??

Preciso comentar minha indignação com essa fala do X-On. Se você não é um refletido, você é o que então? Um X-Men? Você consegue copiar a habilidade de várias pessoas, isso só pode ser um super poder, e de acordo com o universo que você está inserido, só pode ter sido pelo reflection. Além disso, se você não é um refletido, por que foi teletransportado pra esse deserto pra começo de conversa? Não eram só refletidos que eram teletransportados? E se você não é um refletido, por que tá contando isso pro vilão? Pronto, desabafei.

Resumindo, o último episódio de The Reflection me decepcionou bastante. Achei que tudo seria resolvido no final, mas parece que nem foi um final de fato. A história terminou muito aberta, mas não há nada confirmado para uma possível segunda temporada. Levando em conta o número de críticas que o anime vem recebendo, resultando em míseros 5.30 no site MyAnimeList, as chances são mínimas.

E lá vamos nós…

Para uma história com um dos maiores nomes dos quadrinhos envolvido, a trama se perdeu muito em clichês no último momento. Todas as referências foram bem-vindas, os personagens conseguem extrair um certo carisma, mas não adianta nada se você não sabe para onde quer levar a história. Neste caso, ela terminou com mais dúvidas do que começou, e isso é um péssimo sinal.

EXCELSIOR!

Comentários