Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Opa! Tudo bom com vocês? Mais uma temporada começou e vários novos animes começaram (logicamente). E hoje venho trazer as primeiras impressões de Neet-Juu (como você, caro(a) leitor(a), já deve ter notado, lol). E aqui estou eu novamente comentando sobre animes com jogos envolvidos no meio, mas mais importante que isso: e aí, bora lá?

Curta o anime21 no facebook:

Neet-Juu já começou do ponto em que nossa protagonista Moriko se torna Neet, isso por opção dela. O anime não entra em detalhes sobre o porquê disso logo no primeiro episódio. E, diferentemente do que se pensa de uma mulher, ela não criou uma personagem feminina, mas sim um personagem masculino, ou Hayashi.

Assim como o anime traz a animação da vida de Moriko, também traz a animação da vida de Hayashi (personagem de Moriko no mundo 2d), então me pergunto se teremos que olhar para eles como duas pessoas um tanto diferentes, ou se podemos simplesmente tratá-los como a mesma pessoa. Mesmo tendo 99,8% de certeza que o anime vai retratar mais à frente o porquê de Moriko ter virado uma Neet, não consegui conter minha curiosidade e fui dar uma pesquisada. E vale ressaltar que como a própria Moriko disse no início do episódio ela possui 30 anos, e isso não foi citado ainda, mas ela trabalhou na mesma empresa por 11 anos, e pode-se perceber o quão farta ela estava a ponto de virar uma Neet.

Neet-Juu é uma adaptação de mangá, que infelizmente, está em hiatus desde 2015 por conta de problemas de saúde da mangáka. O anime, infelizmente também, só vai possuir 10 episódios + 1 especial e pelo que li e vi, tratará principalmente do desenvolvimento de Morika no mundo real e o que isso pode a afetar no mundo dos jogos (confesso que estou bem ansiosa por isso). Não só saberemos mais sobre a vida de Moriko como também de Yuuta (outro protagonista, e famosa Lily também), um empregado de uma empresa de elite, e meio britânico. Ele pelo que podemos perceber não é um Neet, apesar de também jogar.

Algo que chama atenção no episódio é o quão submersa a Moriko se tornou nos jogos, isso pode-se notar através de mudanças em seu apartamento e principalmente em seu computador, até mesmo no level dela que subiu. Podemos notar também que dentro do mundo 2d ela já faz parte de uma guilda junto de personagens que aparentemente será bem importantes futuramente, e rolou até mesmo um clima entre Hayashi e Lily (vários climas na verdade, hehe). E apesar de Moriko aparentar e agir de forma bem calma, ela também mostrou um lado mais elétrico em seu modo de pensar.

O anime se mostrou muito interessante, talvez ao meu ver fosse um pouco mais interessante se tivesse mostrado um pouco mais da vida real da Moriko. Mas não muda minha vontade e curiosidade em saber mais sobre a história e as personagens. Por fim, a premissa do anime por si só já é muito interessante em minha humilde opinião, e assistir esse primeiro episódio só me animou mais para continuar comentando sobre ele. Espero que vocês tenham gostado de Neet-Juu e que, assim como eu, continuem acompanhando também. Nos vemos na próxima semana! Bye :3

Comentários