Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

E como sempre, Nisio Isin surpreende novamente (ou talvez não). Se por um lado já temos ciência de que apegar-se a algum personagem não é uma boa ideia, por outro, quem tiver sua história contada durante o episódio morre? Espero que não siga esse padrão (por motivos óbvios) e tenha um suspense maior em relação às mortes dos personagens. Fato é que agora o jogo está frenético com todos planejando estratégias mirabolantes para tornar-se vitorioso ao fim. E aí, sua torcida está dando certo?

Curta o anime21 no facebook:

É o que parece

Até certo momento o episódio estava entregando muita estratégia e pouca ação. Após um final de episódio frenético, surpreendente e infeliz (sim, eu detesto o coelho e tinha gostado da javali), podemos dizer que esse mostrou um pouco mais disso de outra forma no começo e fim. Infelizmente, ver a Javali morta e o Coelho vivo não me faz feliz, mas a vida tem dessas né, fazer o quê. Mas vamos falar do infeliz cachorro e o seu feitiço mortalmente tolo.

Triste fim daquele que se achava superior. Assim como a Javali, o Dogão estava de salto alto e teve um fim similar. Claro que a diferença está no tamanho de seu salto; enquanto a Javali reconhecia alguns oponentes e planejou sua estratégia conforme seus conhecimentos (que se provaram insuficientes), o Cachorro simplesmente julgou sua oponente/aliada pela aparência e pelas afirmações da mesma. De alguém arisco que pregava a espera pelo momento certo, o Cachorro em sua soberba, acabou arquitetando aquilo que significaria sua morte. Tolice? Muita, mas você imaginava aquilo?

Paralelamente a isso, nos foi mostrado no começo que cada um tinha não só um objetivo em mente, como também uma estratégia inicial. O Boi, alguém temido por todos e reconhecido como alguém superior, mostrou uma motivação maior que o normal em relação ao Cavalo, que em sua aparente vontade de obter paz, buscava seu oponente a fim de montar uma aliança. Provavelmente no próximo poderemos entender esse motivo, mas uma coisa é certa, não me parece que a situação é favorável para o Cavalo.

Vamos falar também sobre a aliança que até então deu frutos. Isso mesmo, a Macaca e o agora identificado Rato. Enquanto a Macaca é extremamente conhecida por seus feitos, o Rato parece ser alguém muito mais misterioso do que aparenta. Prova disso foi o déjà-vu que sua pessoa provocou ao Cachorro e a Galinha. Quais fatos interessantes ele guarda consigo? Será alguém ideal para uma aliança? Sinto-me curioso para saber qual é a resposta certa. Por fim, lembre-se, ninguém ali é normal e todos podem fazer de tudo (não que isso não seja óbvio). Até a próxima!

Comentários