Estão curtindo “Trevo Negro”? Estão se divertindo apesar dele ser bem basicão? Eu estou. Mesmo que ainda não tão empolgado, não estou tendo muito o que reclamar do anime. Talvez de seu ritmo lento? Não sei, mas ao menos assim podem construir uma boa base para o que está por vir. De toda forma, peguem suas espadas negras gigantes e vamos ao exame de admissão!

A primeira parte do episódio engloba a chegada dos garotos a cidade, a entrada deles no exame de admissão, a apresentação dos Capitães dos Esquadrões de Cavaleiros Mágicos e o começo da primeira prova. O que tirar disso? Ficou claro que novos personagens foram adicionados à história, ficou clara a diferença social entre os plebeus e os aristocratas e ainda mais claro que o Asta não tem magia nenhuma kkk. Foi uma primeira parte razoável de apresentação e construção de mundo na qual só acho importante dar certa ênfase aos Capitães de Esquadrão.

Como não falei direito dele na análise, vai uma cena com o best mago da porra toda!!!

Vocês acharam que é um grupo interessante? Confesso que acho que eles são em parte personagens com designs e perfis meio clichês e sem nada aparentemente interessante e em parte personagens com potencial para se destacar bem durante a série e proporcionar não só bons combates como também um melhor entendimento da hierarquia e estrutura do exército de magos.

Já que o Rei Mago ainda não apareceu, eles são o que há de mais poderoso e imponente no anime até agora, e um desses Capitães ter de cara implicado com o Asta mostrou não só um pouco da sua personalidade arrojada como também que – quem não pula a abertura já sabe rs – seu interesse pelo Asta deve juntá-los de novo. É clichê, é previsível, é comum? Sim, mas isso não é necessariamente ruim. Pela minha experiência do mangá eu particularmente gosto do Yami, e também dos outros integrantes da Kuro no Bougyuu aka Touros Negros, e espero que vocês gostem desse grupo de desajustados que não poderia dar mais certo com o Asta, que é um completo desajustado também!

Vocês já sabem o que esperar do personagem, né? Ainda assim desejo que se divirtam com ele!

A segunda parte tem outras provas nas quais o Asta se dá mal e a luta no final que proporciona um momento curto e bem animado que se não empolga ao menos dá esperanças de que se mantenha assim quando houver mais lutas. O Asta reafirmou seu objetivo em um momento que não seria lá grande coisa, mas que se torna um pouco mais bonito por causa do belíssimo encerramento que começa já nessa parte. Trilha sonora para anime assim é vital e o Pierrot destrói nesse sentido, então ótimas músicas nos momentos certos devem ser algo frequente nesse anime.

O momento mais interessante dessa parte foi a hora em que um dos Capitães se levanta para ir falar com sua irmã que também está prestando o exame, a Noelle. Ela vai ser a heroína principal desse anime – a abertura já entregou, né rs – e parece ter problemas de família. Por que isso acontece? Por que ela não tem toda a pompa e apreço dos nobres? Isso é algo que deve ser trabalhado ao longo do anime e que espero que renda um bom drama e um bom desenvolvimento de personagem. Adoro animes baseados em mangá shounen nos quais as personagens femininas são bem desenvolvidas e têm grande relevância na história, e é isso que eu espero ver aqui! Girl Power!!!

#SOMOSTODOSNOELLE! Não, pera…

Por fim, acho que não há muito mais coisas a serem comentadas, pois esse episódio foi mais uma apresentação geral de novos personagens e um reforço dos conceitos que norteiam a obra. Foi interessante o aparecimento dos chefões do exército de magos, mas nada demais também. É como se o anime ainda estivesse mesmo preparando o terreno para sacar boas cartas numa jogada futura. Não sei, mas espero que seja isso e que vocês tenham entendido essa analogia meio sem nexo e bastante confusa kkk. Bem, é isso, vou ficando por aqui e até a próxima com o fim desse exame crucial!

P.S.: Quanto ao Petit Clover nada a reclamar, só que isso evidencia a lentidão da adaptação já que é tempo útil usado para uma sketch meio whatever. Eu acho ela engraçadinha, mas sou fã do mangá, talvez quem não leu e não se envolveu o suficiente com esses personagens só ache perda de tempo. Espero também que em algum momento alguém fale mais sobre o Grimório do Asta, se mais pessoas e pessoas do alto escalão da magia virem ele e não falarem nada isso vai ser uma tremenda bullshit!

Esse momento foi legal, admitam!

Discussão