Acho que pôr a palavra “pornografia” no título desse episódio foi algo meio extremo, mas ao menos não tivemos uma cena boba do Arato encontrando uma revista de hIE pelada e ficando vermelho – é sério, eu esperava por isso. Beatless continua sendo um anime sem lá muito carisma, mas o conceito explorado nesse episódio até que foi divertido e abriu caminho para um romance que pode ser bom.

Vai dizer que eles não ficam bonitinhos juntos?!

Uma coisa na qual fiquei pensando após ver o episódio é no fato de praticamente só aparecerem hIEs mulheres no anime. Seria essa uma forma de objetificação da mulher? Acho que não é bem por aí, até por também haver hIEs homens – o que foi explicitado no próprio episódio –, eles só não devem aparecer muito na história porque o anime é “vendido” para quem quer ver garotas bonitas na tela – o modelo de muitos animes que saem hoje em dia. Inclusive, a atitude da futura dona da Saturnus remete a essa cultura de adoração ao belo. Não acho isso um problemão sabe, mas fico pensando que se o mercado tivesse outra “inclinação” talvez a história não seguisse o caminho da moda e da comédia romântica(?), o que nem é algo ruim, mas parece mais voltado a explorar essa beleza das hIEs do que desenvolver a trama de uma forma objetiva e interessante para o público.

Será essa a porta de entrada para o paraíso da beleza artificial?

Metade do episódio foi a exploração do conceito boy meets girls e a outra metade a lutinha até boa entre a Methode e a Lacia, que é o protótipo para suas quatro irmãs e por isso carrega o nome da série e a numeração 0, mas acredito ser mais forte que a irmã que ficou se achando – a Lacia deve ter seus truques na manga, afinal é a protagonista. Os irmãos Ryo e Shiori continuaram cumprindo seus respectivos e previsíveis papeis na história, um tentando proteger o amigo de forma questionável e a outra aceitando a proposta perigosa da hIE em busca de poder para conseguir uma liberdade muito provavelmente ilusória. Ao menos eles estão participando ativamente da história em comparação a outra dupla de irmãos, na qual um sumiu e a outra só serve de enfeite nas conversas bobas da Yuka.

Linda, prendada e do quebra pau. Melhor mulher não há!

Quanto ao conceito que a agência deve explorar com os protagonistas, aquilo não parece muito útil para a trama como um todo no momento, mas é importante para desenvolver a relação do Arato e da Lacia, pois, já que ele a vê praticamente como uma garota humana normal, é mais fácil que role um romance a partir daí. Assim entraria na discussão as próprias palavras da hIE sobre si, ela que se denomina somente uma “ferramenta”, mas já deu vários indícios de que está manipulando o garoto, se envolveria emocionalmente com seu dono? Okay, ela diz não ter sentimentos e essa questão dela tere ou não é complexa e delicada, mas já está claro que há muito mais escondido em suas palavras do que o Arato pôde perceber, e isso vale também para as suas irmãs. Sendo assim, mesmo que elas tenham certeza de que não têm uma “alma”, as suas senciências, personalidades e ações abrem margem para questionar essa afirmação. Essa é uma discussão pertinente dentro da trama e reitero que gostaria que ela fosse aprofundada, pois somente através dela é que o público poderá sentir alguma “verdade” na relação romântica que pode ser desenvolvida entre o humano e a hIE.

Aquele fanservicezinho que japonês sempre gosta de pôr nos romances adolescentes…

Admito que me diverti mais nesse episódio por conta desse clima romântico que o preencheu, afinal, quem não gosta de um romancezinho, né? O problema é que parece que ela vê toda essa situação apenas como um hack analógico útil ao seu propósito enquanto o garoto realmente está se deixando envolver por ela sem esse tipo de influência e a sua forma humanizada de enxergar as hIEs deve criar o cenário em que ele realmente se apaixonará pela Lacia. Não me arrisco a apostar se isso vai ou não ser “destrinchado” no anime – se vai se mostrar algo assim tão relevante –, mas acredito que se esse romance acontecer mesmo a história teria mais chances de melhora. Não que ela esteja exatamente ruim, mas continua sem aquela batida que tanto faz falta… Até o próximo artigo adoradores de hIEs!

Aquele final metido a enigmático que dá a entender que a treta é séria!

Discussão