Bom dia!

Antes de começar a assistir esse episódio eu estava fazendo contas. Com 2 episódios por andar, se são 7 andares dá 14, mais o primeiro episódio do nível zero, 15. Ei, sem chance que Fate/Extra tenha 15 episódios, não é? Bom, isso não importa, Fate/Extra eventualmente vai dar um jeito.

No começo do episódio, Saber comenta casualmente sobre como eles haviam pulado o quarto andar. Há! Fate/Extra deu um jeito! Mas o MyAnimeList diz que Fate/Extra vai ter só 10 episódios (aparentemente baseado no time slot em que passa na TV), então ainda tem um bocado de gordura pra tirar aí. Pelo menos já estamos descobrindo o que realmente importa, huh?

Para quem conhece, essa imagem é reminiscente do Fate/Stay Night

Dead Face, o troço que é tipo um fantasma mas não é um fantasma e que o Hakuno é e que a Rin e a Saber podem ou não saber que ele é. E eu tinha escrito em algum artigo anterior que o Hakuno era e não era a ex-mestra da Saber, não escrevi? Sim, escrevi! Está lá:

Se o Hakuno é alguém tão fragmentado, tão sem identidade, o mestre (ou mestra, havia uma garota morta ou fatalmente ferida por lá enquanto Saber caía até o mais baixo dos andares) da Saber na luta contra Buda poderia muito bem ser e não ser Hakuno. Ser Hakuno sem ser Hakuno.

Eu só não esperava que fosse tão literalmente isso. Hakuno é a soma de todos os sentimentos de vários dos mestres que morreram desde que Seraph bugou – o que inclui, naturalmente, a ex-mestra da Saber. E acho que ficou subentendido que Hakuno era o nome dela, aliás. A natureza do Hakuno tem uma série de implicações interessantes. As memórias e flashbacks que ele tem não são dele, mas de outros. Caso de estudo: não foi Hakuno quem encontrou-se com Alice no terceiro andar e fez a promessa de reencontrá-la, foi algum outro mestre qualquer – uma pessoa de verdade. Hakuno não deseja nada, não tem uma identidade, porque ele não é ninguém desde o começo. Ele irá passar a desejar ser alguém e isso irá romper esse ciclo vicioso e inescapável?

Discurso motivacional da Saber

Aquele sujeito de óculos que Hakuno viu várias vezes parece ser a própria vontade personificada do sistema virtual em que eles habitam – em que, se entendi, toda a humanidade passou a habitar no ano 3000. É o mestre da Matrix. A Guerra do Santo Graal era uma forma de extrair o melhor da humanidade, para o próprio bem dela, para encontrar uma salvação para ela. Em algum momento, porém, ele parece ter se desencantado com a humanidade. A Guerra acabou, mesmo os mestres vencedores passaram a ser aniquilados (por “Buda”?) e os Dead Faces eventualmente emergiram.

Rin fica para trás para enfrentar Berserker, mas…

E esse adversário do quinto andar também é um Dead Face? Bom, claro, suponho que não seja impossível. Em nenhum momento foi dito que todos os rancores e sentimentos iriam para uma única criatura feita de morte. De fato, desde que Hakuno emergiu, como ele poderia absorver quem morresse depois dele? Shinji com certeza não faz parte dele, por exemplo. Nem Rani. Mas o mestre que leu histórias para Alice faz, e, tudo indica, a ex-mestra da Saber também. O Dead Face que habita esse quinto andar provavelmente possui as memórias do mestre que morreu nele, e por isso deve ter assumido sua forma e personalidade. O Hakuno que ele reconhece será uma encarnação anterior dele como Dead Face mesmo ou será um de seus mestres – provavelmente a mestra da Saber, que parece ter sido quem o derrotou?

Acredito que essa resposta virá no próximo episódio. Em todo caso, ele é muito mais pessimista que o Hakuno. Ele sabe tudo sobre si e mesmo assim (ou talvez por isso mesmo; a última cena do episódio mostra Hakuno se afogando em desespero após descobrir a verdade, afinal) escolheu apenas continuar habitando aquele andar, indefinidamente, matando todos que porventura ponham seus pés lá. Uma existência puramente destrutiva. Hakuno diz sentir apenas ódio, mas apesar disso ele parece estar agindo movido pela esperança. Não uma esperança bem definida, mas algo mais difuso, simplesmente a esperança de que algo irá mudar se ele continuar subindo. E eu espero que 10 episódios sejam suficientes para contar essa história.

Discussão