Não é a primeira vez que a Glóbulo Vermelho AE-3803 se perde neste anime, não é mesmo? Apesar dela ter se perdido em partes pontuais em meio ao seu caminho pela circulação sanguínea, conseguiu se achar de certa forma. Mas também não vamos nos esquecer que o neutrófilo U-1146 também foi de grande ajuda, principalmente quando vermes, bactérias e outros seres externos apareceram.

Na verdade, a circulação sanguínea é bastante complexa, porém não é nada de difícil de aprender. Se até mesmo uma Glóbulo Vermelho que é totalmente perdida na lua consegue aprender, nós também conseguimos! E, nossa, a comparação do coração com um templo foi fenomenal. Realmente, se não cuidarmos dele, colocaremos nosso corpo em risco, mas ainda acho que a parte mais importante do corpo humano continua sendo o cérebro.

Há dois tipos de circulação sanguínea: pulmonar e sistêmica. A pulmonar faz com que o sangue circule entre o coração e os pulmões. Já a sistêmica, o sangue percorre o coração e outras partes do corpo.

Realizar o seu trabalho sem se perde a encheu de determinação!

O gás carbônico entra pelo lado direito do coração, mas inicia pela câmara superior, ou átrio direito. Aqui é onde coleta todo o sangue azulado das grandes veias, inclusive das veias cavas do próprio coração. Com um batimento, o sangue passa pela câmara inferior (ou ventrículo direito) através da válvula tricúspide. Como o VD é menor, o sangue só é lançado até a artéria pulmonar. O dióxido de carbono vai até os capilares pulmonares e é trocado pelo oxigênio que estava contido nos alvéolos pulmonares. Após essa troca, o sangue volta para o átrio esquerdo, indo para a válvula esquerda através da válvula mitral, e depois o sangue sairá pela artéria aorta, e aí sim os Glóbulos Vermelhos podem viajar pelo seu corpo. Os detalhes melhor explicados se encontram neste site da Universidade Federal de Santa Catarina.

A circulação sistêmica é um pouco mais complexa, mas vamos lá. A viagem dos Glóbulos Vermelhos se iniciará através da saída pela artéria aorta, onde no alto da sua curva o sangue encontra três passagens principais: as aberturas direita (braço direito), esquerda (braço esquerdo) e a de cima (cabeça). O sangue vai para as artérias, que é o lugar em que ocorre o controle da pressão sanguínea e o transporte de sangue. Em seu percurso, elas vão mudando de tamanho, formando as arteríolas e depois os capilares, que são ainda menores, e é aqui que o sangue arterial se torna venoso. Assim, o sangue precisa voltar ao coração e aos pulmões. Os capilares são conectados às vênulas, as quais se juntam em vasos maiores. As veias cavas superior (recolhe sangue das partes superiores) e inferiores (do resto do corpo) recolhem o sangue venoso. No meio de tudo, há a circulação renal, a qual remove toxinas e excesso de água. Há também a circulação intestinal, a qual recebe os nutrientes de alimentação e volta para o coração através do sistema porta, passando pelo fígado, o qual extrai elementos do sangue para uso futuro. Há algumas curiosidades a mais no mesmo site que publiquei antes, mas com a terminação diferente, que se encontra clicando aqui.

Assim que a Glóbulo Vermelho AE-3803 consegue passar por todos os perigos, ela entrega o oxigênio para uma célula que fica em um lugar totalmente minúsculo. Acredito que deve ficar nas vênulas, pois logo desemboca em um espaço maior. Mas não apenas ela que cumpre a sua missão (apesar de seu jeito estabanado), mas também o Neutrófilo, que a ajuda sem que perceba. Não é à toa que o pessoal anda shippando os dois, não é mesmo?

Acredito que a cena final do anime mostrou um pouco como o etnocentrismo funciona. A célula T citotóxica não se mistura com ninguém, a não ser que seja da mesma linhagem celular, já percebeu? Ela não respeita ninguém, a não ser os iguais, e isso é muito ruim para um ambiente de trabalho. Para tornar o lugar mais saudável possível, é importante que entendamos uns aos outros e vivamos em paz, sendo com quem trabalha na mesma área ou não, assim como o Neutrófilo U-1146 faz com a AE-3803.

Espero que tenham gostado deste artigo, e nos encontramos no próximo! o/

  1. Olá Peoples!!! E a Fessora Tamao Chan arrasaaaannnddooo….
    E HS não decepciona!!! É uma fabula inteligentemente engedrada, lógico não é uma obra de consulta da area de medicas e biologicas, mas a sensação de estar mais informado (o melhor ainda está nos compêndios e livros da area, que fique dito) é maravilhosa. As analogias usadas estão beirando a perfeição, os caras estão mandando muito bem…

    E aproveitando a ocasião, lógico que puxando a brasa para a minha sardinha, gostaria de citar que a engenharia tem muito a aprender com o corpo humano (na verdade estamos é engatinhando ainda nessas interações) com por exemplo o grande mistério do coração…

    O coração é um grande mistério para a engenharia, bem pq a engenharia vê ele como um bomba peristaltica (se vc viu um “coração artificial” é o mesmo principio), mas o coração tem grandes mistérios como máquina. É a unica bomba do universo perfeita! E pq? Pq ele realiza trabalho monumental, manda um fluido “não newtoniano” como o sangue, e gera quase nada de calor (comparado ao trabalho realizado). Esse mecanismo praticamente desafia as Leis da Termodinamica!!!

    Por isso que o desenvolvimento de um “coração artificial” é extremamente dificil pq a maquina artificial esquenta (e não seria legal ter um treco gerando calor dentro de vc fritando tecidos proximos como o pulmonar por exemplo…Ou devido ao aumento da temperatura alterando as caracteristicas fisicas do sangue uma delas: o aumento da viscosidade…) então essa maquinas necessitam de refrigeração externa para funcionar. Bem, só pelo tamanho do paragrafo imaginem o tamanho dessa maquina e, não, não é algo que permite vc levar para jogar um futebol no fim de semana.
    Pelo que sei as pesquisas de um coração artificial estão em andamento (tenho um grande amigo que trabalha num Hospital de Coração e acompanha isso), mas o que está impedindo a criação de uma maquina factivel de uso é isso: temperatura e miniaturização (nessa há um trabalho com o uso de nanotecnologia para revestimento das paredes peristalticas que possivelmente reduzam o atrito fluido-bomba. O Brasil está colaborando legal (apesar dos reveses) nisso aí….É do Brasisisil!!!
    Por enquanto corações artificiais são ainda muito uteis em pacientes em espera de um transplante e isso deu um ganho a operação logistica que é transportar um orgão de um lugar a outro e salvar vidas. Vamos demorar muito para ter um coração artificial funcionando com as mesmas dimensões e o mesmo rendimento termico.

    Alias os bio engenheiros deste pais (a maioria é de formação mecanica e mectronica) ganham pouco por linha de pesquisa, mas ~são seres abnegados , muito engajados e extremamente apaixonados nessa missão. Precisa ver a alegria deles quando um avanço pequeninho dá certo e EU OS SAÚDO!!! E como não falar do grande Miguel Nicolelis esse monstro, esse que é a nossa grande reserva moral na area da ciencia!

    Bem é isso aí people nós engenheiros estamos tambem nesta luta! E aguardando com sofreguidão o proximo episodio….Mas só para constar a atitude do Neutrófilo U-1146 para com a AE-3803 foi de uma fofice level 9000! Um abraço a todos!

    • Tamao-chan

      Bom dia! Obrigada pelo comentário!
      Você também ajuda bastante a complementar os artigos. Sim, é verdade sobre a ciência e a engenharia andarem de mãos dadas. Há sempre um invento legal, assim como os marca-passos, que ajudam diversas pessoas a ter qualidade de vida.
      Continue comentando e participando, isso é muito importante!

  2. Oh! Fessora assim a senhora me deixa avexado….A comparação do coração com um templo, muito bem notado pela Fessora, foi uma das analogias que só os japoneses conseguem…Foi bem, digamos, poética e um grande indicador cultural de como veem um orgão importante para o corpo….Pq se um ocidental estivesse fazendo uma animação como essa já abraçaria a visão mecanicista (se eu fosse o responsavel já pensaria nos Globulos entrando numa montanha russa passando pelos atrios e ventriculos numa viagem muito loca…). Mas seria (no meu ver) uma visão empobrecedora para essa fabulinha. E aí vem a visão cultural deles como templo, tanto é que o ambiente do coração é o menos “mecânico” (não se vê nenhuma maquina trabalhando) e se torna um ambiente mais contemplativo com fases, como se aquela multidão de globulos fossem a uma peregrinação (o que não está de todo errado pois é uma peregrinação sim)…E são esses detalhes que HS é tão interessante…E no aguardo do ep 9 que é o que acontece no Timo essa aula vai ser bem legal e mal posso esperar!

  3. E acabei de ser apresentado a outra obra, o spin off desse, HS Black…Bem, é muito mais engraçado…Só que….Éhhh, como poderia dizer…Leiam (o mangá está disponivel em ingles on line…) e depois digam…

Comentários