Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Pois bem Senhoras e Senhores, mas quem diria em? Logo de cara, nesse episódio 2 recebemos uma rajada maravilhosa de informações. Pois é, aquele flashback que era aguardado sobre os primeiros momentos no avião veio rápido! Então pegue suas guloseimas e prepare sua mente pois vamos conversar sobre a divindade – claro, é uma especulação ainda – que conhecemos como Yaha-kui zaShunina!

Assistindo a esse episódio logo me encantei com toda a ideia passada e com a mente do autor que parou e criou isso, porque desde pequeno me pegava pensando em um Ser Superior. Minhas perguntas e ideias eram simples, mas como tudo que envolve uma divindade, eram também complexas. Afinal, quem criou Deus? Ele sempre existiu? Mas ele não devia ter vindo a existir em algum momento? Essas eram algumas das perguntas. E assistindo esse episódio pude pensar e até imaginar o momento inicial de todas as poucas coisas que conhecemos sobre a Vida, o Universo e tudo Mais.

Ler o artigo →

Parece que me ouviram e entregaram mais um episódio no mesmo nível do primeiro. Já me fizeram chorar e mais uma vez elogiar o ótimo trabalho do diretor representando essa fase da pré-adolescência. Na primeira cena vemos o Azumi acordado tarde da noite escrevendo, o que descobrimos ser seu hobby e por isso, no dia seguinte está tomando café da manhã morto de sono conversando com seus pais e refletindo sobre a vida.

Ler o artigo →

Fala galera, aqui é o Matt e tenho que te contar… Quando comecei a assistir Akashic Records, eu tinha uma expectativa imensa, isso por conta dos primeiros segundos da obra. Ver a animação e a história contada pelo protagonista naquele curto tempo foi algo incrível. Por algum motivo, o início me lembrou do lendário Kvothe, o Arcano. Porém, nem tudo é tão bom quanto esperamos.

Ao assistir o primeiro episódio, senti que o anime não era o que eu gostaria, devido ao fato de que o protagonista Glenn tinha deixado muito a desejar. De cara, achei algo muito fraco, por conta do que minha mente tinha imaginado com base nos primeiros segundos. Achei divertidas algumas cenas, como meu companheiro de equipe Hugo bem disse, era algo semelhante a Zero no Tsukaima.

Pois bem, com tudo o que tinha ocorrido, o desânimo bateu em minha porta. Estava me questionando sobre o anime e como seriam os próximos episódios. Eu realmente não queria assistir algo apenas por assistir.

Ler o artigo →

O terceiro episódio de My Hero Academia seguiu do mesmo ponto que o último parou, e já começou apresentando mais personagens e suas individualidades. Como eu já disse, essa temporada tem como foco principal explorar ao máximo todos que puderem, e isso serve tanto para mostrar a variedade dos poderes e alunos, quanto deixar o Festival de Esportes mais rico de detalhes, o que está dando certo. Um exemplo é a preocupação do anime em revelar todos os 42 primeiros colocados da primeira rodada na competição.

Ler o artigo →