Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

A palavra chave desse anime é resetar. Ela até está contida no título, mas o que é resetar? Isso é algo muito simples de responder, pois resetar é nada mais nada menos que apagar algo para reiniciar. De forma prática e didática o exemplo dos jogos de vídeo game é o melhor para explicar o reset, pois nos jogos o jogador pode voltar as fases quantas vezes quiser para refazê-las, ou seja, todas as missões realizadas pelo jogador são apagadas dando a impressão de nada aquilo ter acontecido.

O poder de Misora Haruki (protagonista feminina), que é um dos fatores que movem a trama, é fácil de ser compreendido, mas a história que gira em torno dessa habilidade não. Eu não considero a história desse anime uma porcaria ou algo similar, eu acho apenas meio complicado pois não estou acostumado com esse tipo de narrativa. Dizem que essa história se encaixa na definição “esse não é um anime para todo mundo” mas o que seria “não é para todo mundo”? A resposta é simples, significa apenas que não é uma história que vá agradar a todos pois ela não é muito acessível devido a uma narrativa complexa, cheia de diálogos e discursos filosóficos, além de não ter muito movimento.

Ler o artigo →

Olá a todos!

Vamos comentar e dar umas risadas sobre o episódio de hoje de Saekano 2, que diga-se de passagem, mais um excelente episódio. Eu não aguento mais vir aqui e elogiar esse anime, sem brincadeiras, vocês já devem estar cansados de ver toda semana eu comentando dos traços dele, que é algo que realmente me deixa feliz. Acordar na quinta e pensar: “Poxa, hoje tenho Saekano para assistir”, isso me deixa muito feliz, mesmo. A única tristeza é lembrar que daqui a algumas semanas, não terei mais esse anime para acompanhar, porém novos virão. Mas está muito cedo para pensar nisso, não concorda? Vamos nos deliciar com ele!

Ler o artigo →

Vão-se dez horas desde que assisti os episódios 2 e 3 (e escrevi o artigo em seguida) e acertei o mais importante dos mistérios: o objeto na mão do Reiner era mesmo uma lata, a mesma que aparece muito rapidamente no encerramento do anime! O que pode ser mais importante que uma lata aleatória para ajudar a desvendar um grande mistério, não é?

Mas um mistério esclarecido não poderia vir sem outro mistério para substituí-lo: se não erraram na tradução aquelas latas tinham arenques. Mas de onde vieram os arenques em primeiro lugar, considerando que eles são peixes de água salgada e até onde se sabe a última cidadela humana em Ataque dos Titãs não tem acesso ao mar? Sim, isso é picuinha e estou apenas sendo chato, não ligue.

O que me frustrou de verdade é que achei que esse episódio seria sobre o Reiner, não sobre a Ymir. Espero que eu seja compensado no próximo com um episódio sobre o Reiner, embora a prévia tenha dado dito que será sobre a Ymir. Eu simplesmente não me importo tanto assim com a Ymir.

Ler o artigo →

Na verdade as muralhas são inteiramente construídas com titãs mesmo. Não necessariamente com titãs, mas com uma substância que eles secretam e que endurece e fica resistente pra caramba. Será que um titã seria capaz de quebrar a pele endurecida de outro titã? Isso me lembra aquela anedota sobre a lança e o escudo mais fortes do mundo. Se você assistiu Cavaleiros do Zodíaco a conhece. Se não, é assim:

Um vendedor tinha o escudo mais forte do mundo, que poderia parar qualquer lança, e também a lança mais afiada do mundo, que poderia atravessar qualquer escudo. O que aconteceria se o escudo e a lança se chocassem?

A solução anedótica diz que ambos seriam destruídos. Talvez seja apenas por isso que os titãs, conforme bem lembrado, jamais destruíram porções do muro? Quero dizer, estou só tomando essa afirmação como verdadeira, minha memória insiste que um pedaço do muro foi sim destruído na primeira temporada, mas se insistem que não, então não.

Não é como se esse fosse o maior e mais importante dos segredos de Ataque dos Titãs.

Ler o artigo →