Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Agora que tivemos uma ideia de como funcionam os estágios, e um episódio inteiro só acompanhando os personagens treinando e “treinando” com heróis profissionais, chegou a hora de dar uma agitada na trama colocando Iida e Stain frente a frente pela primeira vez. Isso foi ótimo, pois pela maneira que o episódio seguia, eu pensei que ele ia continuar mostrando o dia a dia dos estágios, o que resultaria apenas em enrolação, mas felizmente não foi o que aconteceu.

Pra começar, além de mostrar como forma de alívio cômico os outros alunos estagiando, parece que o foco realmente ficará entre Iida e Izuku. Aliás, já estou sentindo falta de Todoroki, que nem sequer apareceu neste episódio.

Ta aí uma coisa que não se vê todo dia

O treinamento do protagonista é o que está recebendo mais destaque e o que realmente está evoluindo, pois tivemos inclusive um novo golpe sendo apresentado. Além disso, Izuku já está praticamente controlando o One for All, sem precisar ficar se ferindo como antes. A ideia do Gran Torino em sair de casa e enfrentar vilões foi ótima para nós e para o próprio Izuku, e já era de se esperar que eles iam encontrar uma ameaça maior.

Enquanto isso, Iida está nutrindo seu ódio por Stain cada vez mais, e acredito que ele pode se prejudicar futuramente por isso. Como já dito pelo herói que está supervisionando ele, aqueles que usam suas individualidades para causas próprias podem ser punidos, e não me surpreenderia se isso acontecesse com ele (se Stain não matá-lo antes).

Quando todos estavam escolhendo os nomes de heróis a uns dois episódios atrás, eu achei estranho Iida não ter escolhido o nome do irmão, mas agora tudo faz sentido. Ele não se sente digno para usar aquele nome, e só seria quando matasse o assassino do irmão, completando sua vingança. Por outro lado, não acredito que esse seja o desejo de Ingenium, e talvez Iida precise se lembrar disso para deixar de seguir por esse caminho.

Em outro momento desse episódio, tivemos uma cena entre All Might e um detetive, e nela foram reveladas coisas bem legais sobre Nomu, o vilão que atacou os alunos na primeira temporada. Já sabíamos que ele tinha o DNA de All Might, o que explicava sua força física, mas ainda existiam outros DNAs misturados naquela pessoa, que se deformou completamente para poder conseguir tanto poder.

O mais interessante de tudo isso é que foi citado que pode existir alguém que tenha a individualidade que conceda individualidades, e isso deu um mind-blowing em mim. Eu ainda não tenho certeza se a pessoa com essa habilidade pode criar novos poderes e seja responsável pela criação de novos heróis ou vilões; ou se ela pode passar habilidades para pessoas, dando poderes a quem não tem ou dando mais de uma habilidade para a mesma pessoa. Na verdade as duas opções são bem parecidas, mas acredito que seja algo parecido com o All for One.

Aquela hora que você fica confuso se é o All Might ou o Izuku que tá falando contigo

Sabemos que existe um segredo em relação ao sétimo usuário do All for One, como contou Gran Torino, e acredito que deve existir alguma relação a isso, já que All Might reagiu como se ele soubesse quem é a tal pessoa. Também acho que pode surgir futuramente algum tipo de cientista maluco, o que justifica alguém para transformar aquelas pessoas em Nomus. Eu diria que a mente por trás da Liga dos Vilões seja algum conhecido do All Might, quem sabe um antigo aliado.

Nesse episódio ainda tivemos bons momentos com os vilões, principalmente Tomura, que ainda está se saindo um ótimo antagonista. Ele não é tão forte quanto Stain, mas o que ele não tem de força, tem de loucura. É ótimo ver o contraste dele com o assassino de heróis, e até como Stain atua, pois mesmo sendo um vilão e matando heróis, a criminalidade diminui, o que é ao mesmo tempo contraditório e interessante. Vale lembrar que ainda não sabemos qual é a individualidade dele.

Isso é bem interessante

Me surpreendeu o fato de existir mais de um Nomu e por eles começarem a agir mais cedo do que o previsto. Ou teremos um longo desenvolvimento dos fatos que começaram agora, ou essa ainda não será a grande batalha deste arco. Pela forma como o anime vem seguindo, eu chutaria que já estamos encaminhados para os acontecimentos que levarão ao fim da temporada.

Se um foi difícil…

Eu não sei exatamente como, mas os alunos da UA não vão ficar a temporada inteira nos seus estágios, e em algum momento vão se juntar a Izuku e Iida. Não é possível que um evento deste tamanho ocorra e os outros personagens fiquem de fora. Espero ver não só os alunos, mas também os heróis profissionais lutando contra Stain, até pela ameaça que ele passa. Inclusive, acho que já deveria existir uma força-tarefa ou algo do tipo para tentar pará-lo, mas ainda pode surgir algo desse tipo pela frente, afinal, este arco só está começando.

O artigo fica por aqui, nos vemos na próxima semana e PLUS ULTRA!

Comentários