Bom dia!

Se o episódio anterior foi da Yuzuki, esse foi da Hinata. Será que a Mari vai ter um também? Acho que não. Entendo que o dela foi aquele da Megu, antes da viagem. O que significa que os dois episódios finais serão finalmente os episódios da Shirase. Está ansioso? Eu estou morrendo de ansiedade. Mas esse é um artigo sobre o episódio 11 e ele foi muito bom!

Quando o episódio terminou eu estava eufórico. Que amiga essa Shirase! Fez de tudo e mais um pouco pela Hinata! Não se deixou impedir por nada, nem pela … privacidade da amiga e por seus pedidos e sinais insistentes para que deixasse o assunto de lado. Bom, isso eu não pensei enquanto assisti e nem imediatamente depois, mas quando fui ver o que outras pessoas haviam achado sobre o episódio percebi que ele foi inesperadamente divisivo. Ué?

Como eu já dei a pista acima, não é difícil entender porque algumas pessoas possam se sentir incomodadas pelas ações da Shirase, e talvez até pensar que, no lugar da Hinata, estariam furiosas. A Hinata não queria falar sobre aquilo com ninguém. A Shirase sabia mais do que a Yuzuki e a Mari sabiam (lembra-se do episódio em Singapura?), e percebeu que a Hinata não estava bem. Mas a Hinata não pediu ajuda. Até aqui, bem. A Shirase foi atrás da Hinata e a encontrou ventilando sua raiva sozinha na neve. Ela achou que aquilo não era bom sinal, e eu também achei. Depois ela retorna para a companhia das demais e vê a Hinata agindo normalmente. Ela sentiu que a Hinata estava se forçando a sorrir, que a Hinata estava, em resumo, vestindo uma máscara sobre seus verdadeiros sentimentos.

Hinata descarrega sua raiva e frustração na neve

Isso é parcialmente verdadeiro. A Hinata de fato construiu um enorme muro ao seu redor. Mas depois de algum tempo vivendo assim eu quero acreditar que ela é boa para compartimentalizar seus sentimentos: ela realmente despejou toda sua raiva e frustração na neve e, de volta com suas amigas de expedição, estava verdadeiramente feliz. Você não acredita nisso? Acha que a Hinata estava sendo, em certa medida, falsa? Pensar assim é acreditar que a Hinata é falsa desde que a conhecemos, porque o anime deixou claro, no episódio em Singapura e mais ainda nesse, que ela não superou ainda a frustração pelo que aconteceu com ela no clube de atletismo. Ela ainda tem os contatos das garotas que a traíram em seu celular! E não consegue se fazer apagá-los!

Se a Hinata está esse tempo todo afogada por sentimentos negativos e se ela não consegue compartimentalizar, então ela está o tempo todo vestindo uma máscara e sendo, em alguma medida, falsa. Desde sempre. Isso é apenas lógico. Eu não quero acreditar nisso, não é todo mundo que consegue separar as coisas dessa forma, mas muitas pessoas conseguem. Eu acredito que a Hinata consegue. A Shirase não acredita – e talvez isso seja uma indicação de que a própria Shirase não é boa em compartimentalizar sentimentos? Se for o caso, que implicações isso terá no resto do anime?

Shirase é pega bisbilhotando o e-mail da Hinata

Retomando, a Shirase continuou se sentindo incomodada, talvez mais do que a própria Hinata, e chegou ao cúmulo de ler uma mensagem privada da amiga. Cada um lida com isso de uma forma diferente, mas quase todo mundo ficaria pelo menos ligeiramente irritado. A Hinata ficou irritada, e só não ficou mais irritada porque entendeu a boa intenção da Shirase. E porque ela entendeu isso, ela contou toda a sua história. Ela não contou para que todas ficassem com pena dela, ela contou para por um ponto final no assunto. Hinata foi bem clara: ela não gosta de falar sobre isso.

Shirase não sabe o que fazer, mas deixa claro para Hinata que se importa e está preocupada

Mas nada poderia impedir a Shirase nesse episódio, e ela, com efeito, foi falar de novo sobre isso com a Hinata. Mais uma vez, a Hinata se comoveu com a preocupação da amiga, e pela primeira vez abriu uma pequena fresta na muralha que construiu ao seu redor para a Shirase se aproximar. E mesmo assim ela reafirmou seus limites: só as mãos! Depois ela acabou abraçando a Shirase porque, francamente, com aquela cara de cachorro triste qualquer um iria querer abraçar a Shirase, né? Quero dizer, falando sério, aquilo mais uma vez deveria ter sido um ponto final no assunto.

E mais uma vez não foi. A Shirase sentiu a necessidade de se insurgir contra as ex-amigas da Hinata e dar-lhes uma bronca via link de vídeo – foi um dos momentos mais emocionantes do episódio, e nem a Hinata discorda disso. Mas só que mais uma vez a Shirase foi intrometida. O discurso dela soou como uma “solução” para o problema que há entre a Hinata e aquelas três garotas, mas a própria Hinata não está pronta para qualquer solução e nem sabe que tipo de solução quer. Assim que, mesmo analisado puramente sob a ótica de uma amiga ajudando outra, a Shirase pode não ter ajudado de verdade – só emocionou a Hinata, o que ninguém vai discordar que também é uma coisa boa.

“Vão se ferrar!”, Shirase ralha contra as ex-amigas da Hinata

Do ponto de vista moral, mesmo fazendo vista grossa para as intromissões e para o desrespeito à privacidade, também não há como dizer que a Shirase tenha feito a escolha certa, pelo simples motivo de que ela só conhece a perspetiva da Hinata sobre o que aconteceu. Eu é que não vou dizer que a traição das três garotas deva passar impune, mas friamente falando, será que elas tinham opção? A questão da senioridade é muito importante no Japão, elas e também a Hinata foram imprudentes e agiram mal quando, sabendo que terceiranistas queriam participar da competição em seu último ano, decidiram que a Hinata deveria competir pra valer. No final das contas é só uma competição escolar, não sabemos se as terceiranistas de então não haviam cedido suas chances de competir nos anos anteriores também. De certa forma, poderia muito bem ser o caso de a vida colegial de alguém ser irremediavelmente incompleta por não poder participar da competição, e a culpa era das três garotas e também da Hinata.

É uma coisa complicada, eu sei, eu não vou dizer categoricamente que alguém ali, qualquer um, fosse a parte errada. E no final das contas, errado mesmo é usar posição de poder (no caso, hierarquia escolar) para assediar outras pessoas. Não há perdão para as terceiranistas envolvidas. Mas o problema não era com elas, era com as três amigas da Hinata. Elas poderiam mesmo ter apoiado a Hinata? O que teria mudado, naquele momento? Será que foram sinceras quando a Hinata estava escutando sem que elas soubessem? Provavelmente estavam só tentando sair daquela situação incômoda o quanto antes, e quem pode culpá-las por isso? Haveriam outras chances de defender a Hinata depois, em circunstâncias mais favoráveis, abortadas porque a garota saiu da escola? A Hinata escutou o que elas tinham a dizer? Deu uma só chance para elas se desculparem? Como eu disse, só escutamos parte da história contada sob a perspectiva da Hinata. Não dá para tirar conclusões a partir disso.

Por tudo isso esse episódio foi divisivo. A Shirase se intrometeu depois de repetidos sinais da Hinata de que não queria tocar no assunto nem ter que se preocupar com isso por enquanto, e o que ela fez no final pode no médio prazo piorar a situação, ao invés de melhorar, ainda que de imediato a Hinata tenha se sentido bem. Mas mesmo depois de conhecer esse ponto de vista, que de tão justo e razoável mereceu oito parágrafos até agora, eu continuo achando que a Shirase agiu bem. Ela pode não ter feito o melhor possível, mas ela fez o melhor que ela sabia e que ela achou que devia fazer.

Para começo de conversa, a preocupação dela com a Hinata era verdadeira. A Hinata mesma percebeu isso e não só a perdoou no episódio do e-mail como se emocionou com o que a Shirase disse depois quando elas foram pegar água e uma segunda vez no link ao vivo para suas três ex-amigas. É verdade que a Hinata deu mais de um sinal claro de que não queria que alguém se intrometesse, mas como saber com certeza? Algumas pessoas dão sinais contraditórios, contrários mesmo. Não acho que seja o caso da Hinata, mas a Shirase achou, e não vou condená-la por isso. No final das contas tudo deu certo. Não quer dizer que você deva agir sempre como a Shirase, porque nem sempre vai dar tudo certo, mas com ela deu. Ser personagem de ficção tem suas vantagens. Tudo está bem quando tudo acaba bem.

A Hinata virou uma pocinha de lágrimas, e a Yuzuki não ficou muito melhor

Discussão