Todo mundo passou por pelo menos uma situação em que  pensou: “O que eu faço agora?” ou “Não me imagino me tornando isso ou aquilo.” Hina com certeza está passando por situações difíceis e, depois de passar de um bullying extremamente pesado e, por causa disso, os alunos foram impossibilitados de ter aulas decentemente, ela ainda está em um verdadeiro impasse sobre o que vai ser dela no ensino médio. Se vai sofrer ou não a mesma coisa que passou no fundamental, aí vai de acordo com as amizades que criar.

Eu, que já estudei em muitas escolas por causa das diversas mudanças de cidade que tive que passar, só tive a oportunidade de escolher uma. Não sei como é fazer uma prova de admissão para entrar em um colégio já que, por sorte (ou não. Vai que eu recebesse uma educação trilhões de vezes maior), pude estudar onde não exigia esse tipo de coisa. Hina estava com uma dúvida mortal de que colégio escolher, então Kiriyama decidiu levá-la para conhecer os seus amigos de clube e o professor que é um bom conselheiro (que não foi reconhecido como tal, infelizmente) para comerem Nagashi Somen.

Nagashi Somen consiste em pegar Somen (um macarrão fino e branco) enquanto desce através de um “escorregador” de bambu. O macarrão desce com ajuda da força da água que corre pelos bambus. É algo que consiste velocidade e agilidade. Parece que é algo divertido, mas com certeza também deve dar raiva quando não consegue pegar nem um teco do Somen. Como brinde, ainda fizeram tempurá, e só ganha um pedaço especial quando pegam um macarrão com fio rosa. Para mim, desde Fruits Basket, o fio rosa significa algo como “pervertido”, mas vamos fingir que isso não existe, sim?

O fato é que fazer isso ajuda também a aprender um pouco de ciência então, como um de seus últimos experimentos, o pessoal do terceiro ano fez isso para aprender e se divertir. Além da Hina, Momo e Akari foram convidadas e, pelo visto, a irmã mais velha recebeu olhares de paixonite do professor do Kiriyama. O fato dele ter ficado vermelho como o fogo de uma fornalha mostrou suas reais intenções, enquanto os outros achavam que ele estava com insolação ou algo assim. Talvez nem seja algo amoroso, mas no mínimo uma admiração pela mulher o professor sentiu.

Sobre a escolha do colégio onde vai estudar futuramente, Hina optou pelo mesmo em que Kiriyama estuda: o Komahashi. Claro que, obviamente, cada colégio tem um nível de prova diferente. Tem alguns que são considerados mais fáceis, outros mais difíceis. Rei conseguiu passar pela prova de admissão porque tem um nível de raciocínio lógico e de aprendizagem completamente rápidos. Pode ser que seja avoado em certas áreas (como no amor), mas para os estudos ele é completamente astuto.

Com isso, decidiu ensinar a Hinata de uma forma bem mais fácil de entender e lhe ajeitou um plano de estudos para que não desviasse do foco. Além de todo material, também levou um livro que ajuda nas resoluções de algumas jogadas de Shogi, trazendo um excelente clima de paz e de seriedade, não permitindo que ambos se distraíssem. O Ano Novo não foi exatamente como ela queria mas, com certeza, aquela neve caindo lhe deu mais esperança.

A primeira nevasca do ano parece trazer, junto com ela, uma ponta de esperança.

Discussão