Highschool DxD teve em sua quarta temporada grandes mudanças: a troca de estúdio (saindo do TNK, que fez as três primeiras temporadas, para o Passione, um estúdio mais novo), o design e a forma como foi adaptado. Tudo isso gerou insatisfação em alguns fãs e na grande maioria as mudanças foram bem aceitas, afinal, elas eram para o bem da obra e seu futuro. A franquia tinha uma fama de certa forma negativa por conta de seu protagonista e ecchi muitas vezes desnecessário. Com essas alterações podemos concluir que tudo isso mudou?

Sim, o Issei tem sentimentos também, eles só foram deixados de lado até então.

Nos últimos anos temos cada vez menos obras com o gênero ecchi sendo adaptadas devido alguns motivos, dentre eles, as vendas. Ao contrário disso, DxD sempre teve boas vendas em todas as suas temporadas e por isso continuar com a antiga fórmula não seria um grande problema, aparentemente. Mas na terceira temporada tivemos reclamações da maioria dos fãs. Foi uma adaptação bagunçada que misturava eventos originais do anime com partes da light novel e o resultado final acabou sendo bem ruim. Foi algo tão negativo que antes da quarta temporada foi lançado um ova que consertaria os últimos três episódios. E no fim a mudança era algo que precisaram escolher mesmo que fosse uma aposta arriscada, porque provavelmente era o melhor a se fazer (ou não, vai saber).

Impressão normal sobre o antigo Issei.

A modificação do design foi a mudança mais polêmica, pois para os críticos dela, a essência não poderia ter sido alterada e se acostumar com a mudança não era algo bem visto. Porém, a produção dessa nova temporada era algo mais próximo do original e por isso foi uma mudança necessária. Os volumes iniciais da obra possuem uma arte parecida com as três primeiras temporadas mas, conforme o tempo passa, a arte vai mudando para algo similar ao que temos nessa quarta temporada (isso sem contar com a adaptação para mangá que possui uma arte parecida também). E vale ressaltar que apesar desta ter sido a mudança mais óbvia, foi a que menos impactou o anime em si quando você considera a forma como adaptaram.

Quem te viu quem te vê menino Issei.

Agora, imagine DxD com menos ecchi ou fanservice tosco, com mais ação e história. Conseguiu? Se não, apresento Highschool DxD Hero. Essa quarta temporada nos trouxe uma adaptação muito interessante com uma história pela qual você consegue se interessar, pois não tem fanservice atrapalhando e de quebra recebe ação como sobremesa. Apesar disso, tem ecchi, porém numa frequência bem menor, tendo episódios onde há uma ocorrência extremamente rápida e acaba sendo ocasionalmente usado para alguma cena cômica (seja ela numa batalha ou não). Pela primeira vez tivemos um bom balanço dos elementos da obra e ao invés de simplesmente não esperar uma história de um mero anime ecchi com harém, recebemos boas batalhas e desenvolvimento dos personagens e da história como um todo. Como um bom exemplo dessas mudanças, Issei se torna menos pervertido e passa a ser alguém mais…”respeitável”. Há também um grande foco nos relacionamentos entre ele, as garotas e principalmente a Rias. De uma relação completamente mal explicada para um romance com um desenvolvimento interessante, a nova fase da franquia mostrava que iria tratar de assuntos mais relevantes que os antigos momentos de fanservice excessivo. E sim, há defeitos aqui e ali mas podemos concluir que as alterações conseguem compensar de certa forma. No fim, tivemos uma mudança positiva que pode atrair novos públicos e talvez mudar a fama ruim que a obra tinha (ok, talvez nem tanto).

Como eu disse, o ecchi não sumiu, apenas teve uma diminuição 

No final de contas, após decepções e mudanças drásticas, DxD veio com uma cara nova e não decepcionou. Conseguiu atrair pela sua história ao invés do erotismo (apesar de que você deve esperar que ele apareça em algum momento durante os episódios) e assim, ter uma adaptação mais fiel e interessante. O bom disso tudo é que apesar da melhora, a essência não foi perdida e ainda podemos desfrutar das aventuras de Issei e cia. Se você realmente detesta ecchi, saiba que ao menos a obra se tornou mais agradável de se acompanhar, e caso você assista DxD puramente por causa do ecchi, é melhor você se habituar com essa nova fase porque aparentemente acostumaram você mal nas temporadas anteriores (o que talvez mude numa possível quinta temporada, o que seria uma regressão). Vale lembrar que a obra tem sua adaptação para mangá sendo publicada aqui no Brasil pela Panini e está finalizado em 11 volumes (sendo que 10 deles já estão disponíveis).

    • Avatar

      Olha, não há nenhuma informação que vá ter mas ao menos material para adaptar tem de sobra. Eu acredito que logo logo teremos mas não dou garantia alguma.

  1. Avatar

    Bom acho que quem criou o anime vai sim por uma quinta temporada… pois ainda tem o loki que esta vivo e tem aquele carinha com uma “secret gread” que é uma lança. Ah e tem aquele cara que vai querer matar o azazol… então possivelmente haverá uma quinta temporada.

  2. Avatar

    Bom, é claro que o autor vai querer uma nova temporada e até tem material para isso. O problema é que tem várias empresas envolvidas na produção do anime e para ter uma nova temporada o principal ponto que deve ser considerado é que elas precisam ter lucro. Por isso, é difícil dizer que haverá uma continuação, algo que eu até gostaria inclusive.

  3. Avatar

    Olá Cristhian, tudo bom?
    Então, sendo sincero contigo as vendas não necessariamente determinam se um anime fez sucesso o bastante para que receba uma nova temporada. Em outras palavras, cada anime tem um requisito a ser alcançado para que receba uma nova temporada, e isso pode ser a venda dos DvDs/Blu-ray ou qualquer outra coisa.
    Enfim, sobre os números das vendas que você pediu, é complicado achar os dados certos de cada temporada (infelizmente eu só achei da terceira que inclusive vendeu uma média acima de 6200). Já sobre a última temporada, ela não vende tão bem quanto as outras, o que não quer dizer algo necessariamente.
    Como informação adicional, a light novel acabou e foi iniciada uma nova. Nela, a Rias já está na faculdade e por enquanto são essas as notícias sobre a obra.

  4. Avatar

    O caso é não é ter uma Quinta temporada e sim a continuação do arco hero
    e queria saber a data de lançamento ou se haverá A continuação ou uma Quinta temporada?
    obg😁

  5. Avatar

    seguinte meu amigo essa temporada foi uma bosta e ponto. foda-se se n tinha grana pra fazer bem feito, nem tivesse pego o projeto quero que esses cuzoes se fodam estragaram meu anime favorito… obrigado

  6. Avatar

    Eu odiei as mudanças, puta que pariu se eu cheguei até a porra da 3 temporada era porque o negocio tava bom, daí entra um imbecil qualquer e muda a porra do desing do anime inteiro e transforma a rias em uma imbecil pegajosa do tipo princesinha de colégio afffffffffffff que bosta.

    • Fábio "Mexicano" Godoy
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Calma, Combatente!

      Tá nervoso assim por quê? Isso é só um artigo de anime mano. Sua mãe não deixou você colocar Sucrilhos no carrinho quando vocês foram no mercado ontem, é isso? Tenta conversar com ela da próxima vez. Economiza sua mesada e tenta comprar você mesmo (Sucrilhos tá caro pra burro, eu entendo a sua mãe).

      Em todo caso, boa sorte 😁

  7. Avatar

    fala ae pessoal so novo em questão de mangá e se puderem me ajudar gostaria de saber oq significa algumas coisas
    1:Light novel são mangás pagos vamos dizer assim?

    2:Continuação da 1 pergunta :se light novel são mangás pagos desde o 1 volume da light novel é uma continuação da 4 temporada do anime ou ja tem volumes da light novel que já estão no anime?

    3:As light novel como faço pra comprar ou ler (se tiverem algum link de site de compra ou de leitura vai ajudar muito) e gostaria de sabe se caso tenha volumes da light novel no anime até qual volume da light novel está no anime que atualmente está na 4 temporada.

    • Fábio "Mexicano" Godoy
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Bom dia Jean, belezinha?

      Vamos lá:

      1. Nada mais longe! Todos os mangás, por princípio, são pagos, saem em revistas coletâneas que as pessoas precisam comprar e depois em volumes compilados (só esses chegam aqui), que também são comprados. No caso de mangás online é que tem alguns gratuitos, mas outros tantos dependem de assinatura também. Light novel é outra coisa. Novel vem do inglês, e significa livro. Light novel é um “livro light”, o que significa que ele tem uma linguagem mais fácil, lembrando que em japonês eles tem milhares de caracteres para decorar, bem mais do que os nossos singelos 26 do alfabeto, então no caso de light novel não é apenas uma escolha de palavras mais fáceis, mas principalmente de caracteres mais fáceis (kanjis que eles aprendem mais novos e que são usados com mais frequência). E costumam ser ricamente ilustrados também. Assim, uma light novel seria equivalente a um livro infanto-juvenil nosso. Pense na série de livros Diário de um Banana, ou na série Os Karas. Não são a mesma coisa, mas ajuda a dar uma ideia do que são e para quem são light novels.

      2. Como visto acima, light novel é apenas um livro. Muitos animes são adaptados de mangás, bem como muitos outros são adaptados de light novels, e há ainda mangás adaptados de light novels e light novels que contam histórias relacionadas (spin-offs) a outras que eram originalmente mangás. São três mercados fortemente vinculados. Via de regra, uma obra adaptada não costuma ir além da história da obra que adapta, assim, se um anime é adaptação de light novel, ou eles terminam juntos (e a história acabou definitivamente), ou o anime termina em algum ponto intermediário enquanto a light novel continua em publicação. O mesmo vale para animes adaptados de mangás, evidentemente. No caso de Highschool DxD, eu não acompanho em nenhuma mídia então não sei em que ponto cada história está, mas sei que o original é light novel e que ela acabou antes do último anime, com 25 volumes, então provavelmente o anime já contou toda a história. Mas assim que o anime acabou, outra light novel começou chamada Shin Highschool DxD (que significa literalmente Novo Highschool DxD), e essa ainda está em publicação, estando atualmente no quarto volume. Não sei se é continuação direta, uma história totalmente nova ou histórias paralelas.

      3. As editoras de mangá brasileiras começaram na década de 2010 a lançar algumas light novels, mas temos bem pouca coisa no Brasil ainda. Notavelmente, não temos Highschool DxD, nem o velho nem o novo. Light novels podem ser encontradas pirateadas na internet, como mangás, mas é mais raro, e ainda que para um japonês elas sejam em linguagem “light”, para um estrangeiro são livros com bem mais texto do que mangás, então é mais raro que sejam traduzidos por fãs também. Mas essa é uma série relativamente antiga e famosa, então eu não perderia as esperanças, tente a sorte no Google 😁

      Obrigado pela visita e volte sempre!

  8. Avatar

    Eu só tenho mais uma pergunta, consegui achar em pdf e ai vem minha duvida light novel não é como um mangá com imagens em todas as paginas e sim como se fosse uma leitura normal com apenas 2 ou 3 imagens por volume certo?

    • Fábio "Mexicano" Godoy
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Exatamente. Light novel não é história em quadrinhos, ao contrário de mangá. É livro. Contém ilustrações, o que em alguns é parte do atrativo, mas o conteúdo em si é textual.

Comentários