Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Continuando com as primeiras impressões, hoje eu irei fazer um breve comentário sobre Akiba’s Trip: The Animation, que estreou ontem, dia 04, sendo um dos primeiros animes da primeira safra deste ano.

O principal cenário dessa história é a famosa Akihabara, que é um distrito do bairro de Chiyoda, em Tóquio. Akiba, como também é conhecido esse local, é um importante centro de produtos eletrônicos e também é famoso por ser um “paraíso otaku” ou a “Meca dos otakus” porque nesse local você poderá encontrar de tudo relacionado a animes, mangás, jogos, idols, figures, além de maid cafés.

Sobre a estreia esse anime, tem um início movimentado e começado do fim onde tem uma luta na qual o protagonista derrota os inimigos tirando a roupa deles gerando fanservice. Os inimigos (boa parte mulheres) em questão são criaturas com aparência humana chamadas de “Synthisters”, que na legenda do episódio que eu assisti estavam como “bugados”.

A narrativa do anime é comum para animes de ação seguindo o clichê do protagonista comum que salva uma garota mas acaba ferido ou morto, porém a heroína acaba o salvando e a partir daí ele ganha super poderes, mas isso é apenas uma sátira aos clichês de anime como lutas em estilo shounen e fanservice. Os personagens combinam com o cenário do anime (Akihabara) pois o protagonista, a irmã dele, e mais uma menina loira que parece ser importante, são otakus, além da garota que salvou a vida do personagem principal, que aparentemente é uma dessas criaturas que aterrorizam Akihabara, entretanto ela luta contra aqueles da sua espécie por motivos ainda desconhecidos. O anime também tem até ótimas sequências de ação.

Obrigado a todos que leram este artigo!

Nota: Na minha primeira avaliação eu tinha dado 2 estrelas para o anime, mas depois de uma reflexão eu passei a levar em conta que este anime não é pra ser levado muito a sério, então por isso acrescentei mais 0,5 estrelas.

Ler o artigo →