Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Nesse episódio de Gintama começou oficialmente a temporada de batalhas do Arco Rakuyou, ou seja, nos próximos episódios teremos um grande enfoque no passado de um dos mocinhos e no inimigo que ele enfrenta, com apenas uma certa passagem introdutória, mostrando qual será o próximo combate (no caso, teremos o Sakamoto e a Mutsu enfrentando o Mr. Gundam).

Não há muito o que se falar de pormenores, esse tipo de episódio põe toda sua significância nas mensagens que cada batalha gostaria de apresentar, porém, a mensagem de Katsura é tão limpa e clara que cabe facilmente como tópico para um único artigo, que é exatamente o que faremos agora.

Ler o artigo →

Alô! Aqui estou eu outra vez, Tamao-chan, trazendo mais um artigo sobre Fuuka.

Podemos ver que Yuu consegue se dar bem com uma coisa maravilhosa, chamada internet. Pessoalmente ele é uma pessoa tímida e travada, mas na internet ele consegue falar tudo. Mas percebemos que não é só ele que faz bom uso de tal instrumento. Koyuki também descobriu o Twitter dele e passaram a conversar com mais frequência. Inclusive descobriu que morava perto do protagonista e resolveu visitá-lo. E, neste episódio, descobrimos mais uma coincidência. Como Fuuka é uma coisa de louco em questão de clichê (e não, não acho isso muito ruim, porque é o que faz a história andar e fazer tanto sucesso), vamos aproveitar o que o anime tem a nos oferecer, principalmente em questão de encontros, não é mesmo?

Ler o artigo →

Tanya adoraria ter essa resposta. Não, me corrijo: Tanya acha que já tem essa resposta. E você, está no controle de sua vida? Gostaria de estar, sabe como fazer para conseguir chegar lá?

Tanya é inteligente. É um homem adulto em corpo de menina que mesmo para um adulto já tinha um intelecto superior à média, e além disso possui conhecimento sobre fatos futuros que o ajudam a prever o que vai acontecer nesse mundo, pois ainda que não seja idêntico ao seu, é bastante parecido. Renascido, possui talento natural maior que os demais à sua volta. Em sua vida anterior julgava ter o controle sobre sua vida. Nessa vida julga que só depende de si mesmo para conseguir obter o controle de sua vida, e acredita ter meios para isso e estar no caminho correto.

Tanya não poderia ter menos controle sobre sua própria vida.

Ler o artigo →