Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

O episódio 2 de Gintama seguiu na vibe do episódio anterior, dessa vez com a ação ficando mais e mais intensa, enquanto novos problemas começam a surgir por sobre nossos personagens. Com as intenções de Umibozou, Oboro e Utsuro ganhando forma, só podemos esperar e observar o quão inútil o Shogunato é em meio a tudo isso (ao ponto de que levou 2 episódios, de sabe-se lá quantos, para tirar o Novo Shogun do poder).

Gintama está testando uma formatação de artigo enxuta na qual teremos menos texto. Mas a resenha virá quase em conjunto com o episódio, priorizando um ritmo proveitoso para a análise.

Ler o artigo →

Diferentemente da última temporada de 2016, em que apenas escrevi sobre o fracassado Trickster, dessa vez irei poder escrever sobre dois animes, que no caso são: Maid Dragon e KonoSuba 2. Na semana passada, fiz um artigo de primeiras impressões tendo como base Maid Dragon, e como não poderia ser diferente, também falarei um pouco sobre a segunda temporada de KonoSuba, em que farei breves comentários e darei minha opinião em relação ao primeiro episódio desta nova temporada.

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui quem vos escreve sou eu outra vez, Tamao-chan, e lhes trago mais um artigo sobre Fuuka!

Este terceiro episódio ainda continuou sendo bom, mas com mais aquele toque de Triângulo Amoroso, como o título “triângulo” sugere. Acho que aconteceram tantas coisas que pensei que não aconteceria nada nesse quesito. Até mesmo um acidente teve na praia onde eles estavam hospedados no fim de semana e fazendo um trabalho de meio período.

Além do mais, quem nunca trabalhou e não tem a mínima coordenação motora e atenção sabe o quão é difícil na primeira vez. Yuu passou por um sufoco neste episódio, enquanto Fuuka e Makoto estavam fazendo o seu trabalho com excelência. Aí passamos por uma fase de reflexão, com o protagonista se sentindo um inútil. Eu também fico assim de certa forma, mas vamos deixar de papo nesta parte e vamos para a seguinte, não é mesmo?

Ler o artigo →

O prólogo é o segundo episódio. Ok, posso viver com isso. Quero dizer, já havia escrito nas primeiras impressões que Youjo Senki certamente era o caso de anime que já começa no meio da ação para causar logo uma boa impressão e deixa a explicação para depois. Mas esse episódio teve bastante ação também. E sabe, eu pessoalmente a achei melhor que a do episódio anterior. Corolário: poderia ter começado por aqui que teria sido bem melhor. Será que só eu fiquei com essa sensação?

Ou talvez quisessem esconder o forte teor religioso. Não sei porque. Será que alguém que faça parte do público-alvo desse anime o abandonaria por causa disso se esse episódio tivesse sido o primeiro, com medo que o aspecto religioso se tornasse recorrente? Eu pessoalmente não sou religioso, mas acho temas religiosos tão válidos e fascinantes quanto quaisquer outros em ficção, desde que bem desenvolvidos. E não sei se diria que foram bem desenvolvidos em Youjo Senki, mas tem um bocado de coisas que vale a pena pontuar.

Ler o artigo →

Fala pessoal, olha só eu aqui de novo, comentando mais um anime para essa temporada, é isso mesmo, vou comentar sobre dois animes essa temporada. Gabriel Dropout teve uma estreia muito engraçada, com certeza eu estava certo quando eu soube do anime ano passado e pensei que ele ia ser muito divertido, então vamos logo comentar sobre uma comédia de um anjo gamer.

Ler o artigo →