Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Início de arco não é o lado forte de Sagrada, concorda? Neste episódio 16 se iniciou o novo arco do anime “BOY, GIRL AND —”, um arco cujo foco será em um plano para extinguir as habilidades existentes em Sakurada. E assim como disse na primeira oração desta introdução, Sagrada não sabe iniciar um arco. Este episódio foi tão desinteressante quanto vários outros episódios avulsos que o anime teve lá no início, excluindo as partes onde Soma protagonizou, o episódio realmente foi um porre.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Relembrando o clássico funk do “Bonde do Tigrão”, alguém ligou para o Departamento e entregou o jogo. Quem foi?! Definitivamente não foi uma bola de fogo, e sim — a autointitulada “segunda bruxa” — Soma Sumire. Por quê? Por que diabos ela ligou e se entregou de graça? O futuro! Ela consegue prever o futuro, certo? Dessa forma, se a ligação fosse uma “má jogada”, ela com toda certeza já teria noção disso, e muito provavelmente não a efetuaria. Sendo assim, pegá-la desprevenida é quase que impossível. Entretanto, apesar de poder evitar a consequência, Soma teve um motivo para fazer a ligação, correto? Motivo esse que levaria a uma possível consequência! Como diz a 3ª Lei de Newton: “Toda ação tem uma reação”. E qual foi a reação da vez? Qual foi a consequência?


Ao revelar sua existência para o Departamento — consequentemente revelando sua habilidade também —, foi nos revelado a existência de um plano para extinguir as habilidades da cidade de Sakurada. Antes mesmo desse episódio, já sabíamos faz tempo da habilidade de Soma, mas desse plano tenho quase certeza que não sabíamos. A ação foi uma revelação de algo que já era sabido — no caso, a habilidade da Soma — e a reação, que também foi uma revelação, foi a afirmação da existência desse plano.

O plano em si não é algo que vem por parte do Departamento, e sim por parte de alguém de dentro do Departamento. Por algum motivo, Urachi quer acabar com as habilidades de Sakurada, e é por parte dele que a ideia do plano veio, apenas por parte dele. Nenhum motivo foi explicado até então, por enquanto, está tudo jogado no ar. Provavelmente, no fim, o motivo principal para ele querer por esse plano em ação é porque odeia as habilidades e mimimi.


Por trás das telas, mais mistérios aguardam para serem revelados, por exemplo: o próprio plano de Soma. A garota se interessou pela ideia de Urachi e ainda disse que não irá atrapalhar. Apesar de ter demonstrado ingenuidade se entregando de bandeja pro Departamento, é como eu disse anteriormente, ela já sabe de tudo, e provavelmente está apenas seguindo o caminho que deve seguir para que tudo o que deseja venha a acontecer. Entretanto, ela possui interesse em extinguir as habilidades. Por quê? É um chute meu, não tenho certeza se é realmente isso, mas creio que seja por uma simples coisa: Asai Kei. Sem habilidade, ela não perderá sua liberdade. Além disso, se Haruki perder sua habilidade — na cabeça de Soma — ela se tornará inútil para o Kei.

Neste episódio, além da Soma fazendo coisinhas junto de Urachi, também tivemos um foco na ascensão emocional e humana de Haruki, onde é possível notar que a garota vem se desenvolvendo cada vez mais. Contudo, essa parte foi chata demais, então não liguei muito, de verdade. A única parte do episódio envolvendo a Haruki que foi no mínimo interessante, foi quando ela e Kei foram catar lixo e uma manifestação misteriosa impediu que eles se mexessem, deixando-os paralisados. Na verdade, os dois só foram catar lixo — e consequentemente foram pegos nessa paralisação misteriosa — porque Soma, de algum forma, pediu para que Kei fosse fazer isso. Muitos mistérios, muitas poucas pistas. Que sem graça, não?

O episódio não foi nada bom. No geral, foi um episódio lerdo com coisas chatas e momentos misteriosamente confusos. A animação de Sagrada continua no padrão de sempre: deformações e mais deformações. Aliás, notou o novo design da Soma? Ficou bem legal, né? Foi a coisa que mais gostei desse episódio. Como foi o primeiro episódio desse arco, provavelmente essa lentidão toda já é autoexplicativa. Não tenho mais sobre o que falar aqui, o episódio — apesar de movimentado — foi muito confuso em sua essência, ainda não aprendi como se tira leite de pedra! Agora o que resta é esperar por um bom desenvolvimento desse arco, para que a sua conclusão seja impactante e tenha qualquer valor, até porque o último arco foi COMPLETAMENTE INÚTIL, já que no final não serviu para absolutamente nada.


  1. Confesso que tenho uma opção diferente da sua.
    Esse episodio pela primeira vez me fez pensar com seus dialogos(coisa que só foi feita lá na estreia, e ainda assim de forma simples).
    Pensei o mesmo sobre a Soma, mas não acho que seja isso. Que dizer extinguir as habilidades só pra ficar com um cara. é muito ridiculo.
    Gostei do episodio, mas admito que isso é merito da Soma.
    Soma disse que não ia atrapalhar, mas está influneciando nos eventos(manda kei e a haruki catarem lixo), mas para oque eu não sei. Uma coisa curiosa é que o Kei esta recebendo mensagem de voz da Soma, mas ela estava no carro junto com aquele povo, então não tem como ela ter feito isso(o cara mesmo disse que não lembrava de mandar mensagem). POde ser que a Soma tenha mandado mais de uma mensagem para o futuro.

Comentários