Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom dia!

Ainda teve meio episódio de slice of life, mas parece que ele acabou! Dado como esse episódio terminou, julgo impossível outro episódio leve como o anterior, ou mesmo uma sequência, uma cena.

Quem assistiu Yuuki Yuuna wa Yuusha de Aru, o anime para TV, deve se lembrar como ele compartimentalizou totalmente a ação e o slice of life: era um episódio inteiro slice of life, depois um episódio inteiro de ação. Foi assim até “O Grande Evento”. Esse spin-off não compartimentalizou tão bem, mas no geral seguiu uma estrutura semelhante. E “O Grande Evento” acaba de acontecer.

Daqui para frente, só dark mahou shoujo é o que nos espera.

Curta o anime21 no facebook:

“Volto logo”

Acredito que a maioria absoluta dos que estão assistindo esse anime assistiu a primeira temporada. Entre os que leem meus artigos, talvez seja a totalidade. Mas eu desde o começo disse que era possível assistir Washio Sumi no Shou sem ter visto previamente Yuuki Yuuna wa Yuusha de Aru e escrevi meus artigos sempre partindo da premissa de que possam ser lidos por quem não conhece a franquia ainda. Vou continuar honrando isso, portanto, sem spoilers aqui, mas acho que dá para fazer algumas comparações genéricas. Para facilitar minha vida chamarei o anime original apenas de Yuuki Yuuma, e esse de Washio Sumi.

Em Yuuki Yuuna era evidente que “alguma coisa” iria acontecer eventualmente. O sucesso arrebatador de Madoka Magica ainda era recente e desde a divulgação estava claro a quem quisesse ver que Yuuki Yuuna queria surfar na onda de popularidade do dark mahou shoujo. E o anime já havia feito outra revelação sinistra antes. Mas ainda estava claro que não havia sido tudo, que O Grande Evento ainda estava por vir. Mas qual seria? Como? Quando? Não tinha nenhuma ideia. Era absolutamente imprevisível o conteúdo e o momento (embora mais provável conforme mais próximo do final, naturalmente).

Morta de pé

Já Washio Sumi é um anime bem mais simples. Mais do que isso, a grande verdade sobre o mundo já foi revelada (em Yuuki Yuuna), e também graças à Yuuki Yuuna eu já sabia que ela não seria revelada aqui. Dizer porque eu sabia disso seria spoiler, mas quem assistiu sabe. Com apenas seis episódios e sem muitas possibilidades criativas, era óbvio o que iria acontecer: alguém ia morrer. A Gin levantou sua primeira death flag no final do episódio anterior, e eu já havia percebido isso e estava atento. Então, na porção slice of life desse episódio, ela começou a levantar várias outras. Ela chegou ao combate com mais bandeiras levantadas que a Assembleia Geral das Nações Unidas. E o combate não era contra um Vórtice, mas dois. Opa, não eram dois, mas três. Alguém estava muito condenada à morte.

Não quero com isso dizer que o anime não tenha sido competente na última batalha e na morte em si da Gin. Foram cenas emocionantes. Chocantes. O nível de violência gráfica foi tal que Yuuki Yuuna jamais se atreveu a exibir. Eu fiquei genuinamente triste. Mas ao mesmo tempo, me senti um pouco sociopata? Quero dizer, não consegui sentir o suficiente. Como se tivesse faltado algo em mim para tanto. Depois de tudo o que eu escrevi sobre a morte da Gin estar escrita nas estrelas, telegrafada antecipadamente, visível a quilômetros de distância, acho que não foi estranho que eu não tenha vertido uma lágrima que seja.

No final, Gin está morta, mas está de pé. Washio e Sonoko estão vivas, mas de joelhos. Gin está na frente. Elas veem suas costas.

Não obstante, essa era uma limitação do formato de Washio Sumi. Dentro desses limites pré-estabelecidos, acredito que a equipe criativa fez o melhor trabalho que pôde. Esse foi, com efeito, o melhor episódio de Washio Sumi até agora, o que é o mínimo esperado para O Grande Evento, o ponto de inflexão no enredo a partir do qual nada mais será como antes. Você já assistiu a Yuuki Yuuna? Ou não? E como se sentiu sobre esse episódio?

A ending foi especial para a Gin. Adeus, heroína!

Comentários