Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom dia!

Primeiro anime da temporada a encerrar! Com seis episódios apenas? Sim, semana que vem começa outro spin-off de Yuuki Yuuna: Yuuki Yuuna wa Yuusha de Aru: Yuusha no Shou, ou, para encurtar, Yuuki Yuuka: Yuusha no Shou. Nesse anime que se encerra, Washio Sumi no Shou significa “Capítulo de Washio Sumi”, e a razão do nome é óbvia referência à protagonista – e para quem assistiu o anime original, é óbvio porque ela é a protagonista. A cena final tentou transmitir essa razão, mas não sei se teve sucesso. Já Yuusha no Shou significa “Capítulo da Heroína” (ou “das heroínas”? Não sei como ficaria o plural japonês, se alguém souber, comente e me conte, por favor!). Ele será uma continuação direta da série original e, por isso, ao contrário de Washio Sumi, provavelmente não será possível assistir sem ter visto o primeiro Yuuki Yuuna antes.

Mas tudo bem, Yuuki Yuuna é um bom anime (de verdade!), bem melhor que esse spin-off prequel, então eu posso recomendar com gosto que o assista! Sobre Washio Sumi tenho algumas coisas a dizer, vamos lá.

Curta o anime21 no facebook:

A última vez que Washio e Sonoko se divertiram juntas

Começo tratando com essa questão toda de Washio Sumi ser um spin-off. Como prequel, não é necessário ter assistido o original antes, eu disse isso em outros artigos e reforço aqui. Mas se for recomendar para alguém, faça como eu e diga para assistir Yuuki Yuuna antes de Washio Sumi. Infelizmente, embora não falte informações para que seja satisfatoriamente compreendido, o tempo dramático ficou muito ruim. É uma excelente fonte de curiosidades sobre o passado de Mimori (a Washio) e Sonoko, mas para por aí. Eu achei que fosse me desmanchar assistindo a decadência da Sonoko (ela usou vinte mankais, e cada um toma uma função do corpo – na cena de luta mais poderosa de Yuuki Yuuna na minha opinião, o original, uma certa heroína usa apenas cinco mankais, e eu fiquei grudado na cadeira, embasbacado, querendo chorar), mas que nada. Ok, contenção de despesas ou de tempo?

Antes fosse só isso. Quando a Gin morreu, eu escrevi sobre como não senti tanto quanto achei que deveria, mas o episódio seguinte não falhou em entregar o soco no estômago que a situação pedia. Esse episódio também não conseguiu me deixar emocionalmente investido e não haverá um próximo para corrigi-lo. Para quem ainda não assistiu Yuuki Yuuna e começou por aqui, a escolha da Washio como protagonista também pode soar arbitrária. Ok, não pode ser nenhuma das outras duas porque Gin e Sonoko são, cada uma a sua forma, colhidas pela luta. Isso tornaria Washio uma boa candidata a protagonista-narradora, mas esse não é o seu papel. E que se note que não falta uma narradora! Há alguém escrevendo aqueles pergaminhos no começo e fim de cada episódio afinal – a Sonoko. Para fechar a tampa do caixão, qualquer desenvolvimento de personagem que a Washio possa ter tido é anulado pela sua amnésia induzida pelo mankai. Por tudo isso, Washio Sumi só é bom mesmo para quem já assistiu Yuuki Yuuna. Agora chega de falar disso.

No artigo do episódio anterior eu falei e falei sobre como a deusa Shinju-sama protege a humanidade sim (e esse episódio deu um vislumbre de como essa tarefa é muito maior do que aparenta ser; Yuuki Yuuna explica isso direito), mas a própria humanidade precisa fazer a sua parte e querer viver em primeiro lugar. Com a introdução do Sistema Mankai, isso foi elevado às raias da crueldade: em troca de não terem seus corpos feridos, não morrerem, e poderem acessar um poder absurdamente maior, as heroínas perdem o uso de partes de seus corpos cada vez que ativam o mankai. Elas se tornam efetivamente imortais, mesmo que seus corpos se tornem inúteis para qualquer coisa além das lutas. Imortais e que só existem para lutar, as heroínas de fato se tornaram sacrifícios, entrando em comunhão com a deusa Shinju-sama. Para sempre. Talvez a sorte de Gin tenha sido melhor no final das contas.

Washio confusa, sem memórias, assiste Sonoko partir para a batalha final

Se você já assistiu Yuuki Yuuna, sabe que é isso que vai causar todo o conflito do anime – e que conflito! Se não assistiu, não vou estragar nada para você, mas consegue imaginar o que está perdendo? Corra lá assistir! Se conseguir ver seus onze episódios durante a semana, domingo que vem poderá ler o primeiro artigo de Yuuki Yuuna: Yuusha no Shou aqui no Anime21 =)

Comentários