Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Este episódio não foi tão bom quanto os dois primeiros, mas ainda teve seu charme mesmo abusando um pouco de clichês. Esse tem seu início com a irmã do Aino, Akua, tendo um sonho onde ele a salva. Quando acorda e vai ao banheiro, vê a Guri saindo do banho, o Aino escuta a voz da Guri e invade o local. Quando vira para o lado tentando não olhar para a Guri, ela fala que não há problemas. Afinal, existem tarjas brancas bloqueando tudo, não é? Quando questionada pela Akua sobre as várias namoradas do Aino, ela diz que já estava acostumada. Com raiva, a Akua passa pasta de dente no olho do Aino. A Guri pergunta se ela o odeia mas ele diz que a Akua não era assim quando criança, era fofa e vivia grudada nele.

Já na escola, comendo o lanche que a Akane preparou, diz estar preocupado com a irmã. O anime vai para a Akua, que encontra a Yuzu e a Guri na rua e tem uma conversa sobre o Aino, onde a Yuzu fala mal dele mas sua irmã o defende, fazendo-as desconfiarem do seu amor proibido por ele. Durante a conversa, elas três são atacadas por algo que as amedronta muito e chamam apenas de O demônio Stolas! 

Me parece perigoso

Enquanto corria, a Yuzu encontra o Aino e fala do ocorrido, tendo ataques de amor por ele e não entendendo o que se passa com ela, clichê 1. A Akua está na árvore com medo do Stolas, que descobrimos ser um pinguim falante, mas com os olhos. O Aino chega e salva sua irmã igual ao sonho de sua infância, ela cai da árvore gritando “Niiii-channn“, clichê 2. A polícia aparece e prende o pinguim.

Na volta pra casa, a Guri, com toda sua conveniência, fala que a Akua na verdade ama seu irmão. Ela sai correndo gritando “BAAAKA“, clichê 3. Quando ela sai de cena, a Guri chama o Aino para um encontro.

Que horror

No encontro, eles fazem coisas normais como: andar com a Guri amarrada em uma corda, sendo levada por ele; correr absurdamente rápido no meio da cidade; tomar 15 bolas de sorvete de uma vez; observar a vida de outros casais, o Aino até tenta defender umas mulheres de um cara safado, mas acaba apanhando junto com ele por duvidar da força das mulheres. No meio da treta o Kiss note acaba sendo queimado. Eles ficam preocupados, afinal, a Akane estava ignorando e tratando mal o Aino, mas acabam descobrindo que casais uma vez formados não se desfazem, a Akane só queria testar o amor do Aino mesmo. No meio disso conhecem uma outra cupido que estava grávida e iria para seu trabalho para virar dona de casa, e ela dá seu caderno, que é um celular, à Guri. A mesma escreve todos os nomes de novo fazendo eles terem de se beijar de novo, mas como a Akane já tinha beijado o Aino, a Guri beija a Yuzu.

Episódio divertido como os outros, mas apelaram um pouco pro clichê, o que fez a nota cair mas não a qualidade. Foi divertido e um ótimo passatempo, gostei da Akua e gostaria de ver mais dela.

No final mostraram aquela personagem da abertura de cabelo rosa e com a língua pra fora fazendo a mesma expressão da abertura, o próximo capítulo será sobre ela.

Comentários