Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom dia!

Quem é o seu melhor amigo? Você tem um melhor amigo? Me desculpe se não tiver, leitor(a), não queria tocar em suas feridas; veja bem, eu também não ando muito bem na esfera das relações pessoais, então se esse for o seu caso, talvez possamos ser amigos? Sejamos companheiros pós-modernos, webamigos, consolemo-nos com a ideia de que alguém, em algum lugar, está tão mal quanto nós! Mas já fugi completamente do tema do episódio da semana.

Retornando: pense no seu melhor amigo (se não tiver um, pense em um melhor amigo imaginário, algo assim). Até onde você estaria disposto a ir por ele? Até a morte? Até o fim do mundo? Até a esquina de casa e olhe lá, se estiver chovendo você se muito vai até a porta e a abre para ele entrar e empresta uma toalha? O que você é capaz de dar pelo seu amigo?

Nobuaki é capaz de qualquer coisa. Ele daria a vida pelo amigo. Ele daria a virgindade pelo amigo.

Curta o anime21 no facebook:

E ele fez tudo isso nesse episódio! Bom, narrativamente falando, ele fez isso em um flashback, então no episódio em si, bem, ele fez isso nesse episódio, mas cronologicamente não foi agora na história. Mas essa não é a melhor parte. É só um detalhe, são detalhes, ignore. Pelo menos dessa vez você já sabia identificar o flashback, né? No episódio anterior, como suspeitei, houve muitos que demoraram a perceber isso. Eu que li o mangá original demorei a perceber. Se não leu meu artigo sobre o segundo episódio (leia!), nele explico que Ousama Game tem alguns mangás. O original é o que está sendo contado via flashbacks, e a linha do tempo presente é um spin-off cronologicamente posterior. A produção do anime achou que seria legal misturar tudo desse jeito.

Voltando ao Nobuaki, no passado contado nesse episódio, ele deu tudo pelo amigo. Deu a vida e deu a virgindade também. A pegadinha é que nem uma coisa nem outra eram dele para começo de conversa. Comecemos pela vida. O Rei, quem quer que seja, ordenou que a turme realizasse uma votação de popularidade entre a Kana (uma garota que só existe nesse episódio, não se preocupe em se lembrar dela) e o Naoya (o melhor amigo do Nobuaki no passado, desse é bom decorar o nome por mais algum tempo; dica: é o loirinho do passado, meio covarde e que usa colete laranja). Quem perdesse, seria punido.

Não precisa votar nem punir ninguém, o Naoya já tá morto

Tendo visto seu outro amigo morrer na noite anterior, Nobuaki não quer ver isso acontecer de novo, e dessa vez com seu melhor amigo Naoya. A Kana obviamente também não quer morrer, e para sobreviver a qualquer custo ela passa a prometer o próprio corpo para os garotos da turma, caso votem nela. Como ela saberia quem votou nela? Sei lá, a votação foi secreta. Mas ela decidiu confiar nos hormônios adolescentes. Ela prometeu isso em privado para cada um, e suponho que contasse com o segredo de seu plano para ter sucesso, mas ai!, o dia não era da Kana. O cabeludo cuja namorada transou com o moleque que morreu no episódio anterior porque o cabeludo ficou pistola que ele transou com sua namorada e mandou-o morrer, aproveitando que o Rei o havia dado a ordem de dar uma ordem a alguém, e nossa, isso ficou confuso, né? Enfim, a pessoa que o Nobuaki mais deveria odiar e que até o dia anterior odiava a pessoa que ele próprio mandou morrer agora estava arrependido porque a pessoa que ele mandou morrer, veja só que coisa, morreu, então ele contou do plano da Kana para o Nobuaki.

Notando que a Kana tinha muito mais sex appeal do que ele para conquistar seus colegas adolescentes com hormônios em ebulição, Nobuaki fez outra oferta para eles de algo que, naquelas circunstâncias, pareceu a muitos mais tentador do que transar com uma garota bonita de sua sala: a vida. Nobuaki confidenciou saber como escapar com vida do Jogo do Rei, mas assim como Kana, fez a oferta em segredo para cada um, e ainda os instou a responder rapidamente. Nobuaki obviamente não tinha como entregar o que prometeu, mas se me perguntar, aposto que a Kana também não tinha a menor intenção de (se) entregar. Até aí, dois mentirosos. Mas era a vida dela que estava em jogo, não a do Nobuaki. O Naoya não queria morrer, é evidente, mas jamais teria concordado com um plano imoral desses – mesmo que contra uma oponente igualmente imoral. Resultado: Naoya venceu e Kana preferiu morrer a perder a vida.

Mas espere! Ela não iria morrer. Ela pulou da janela de sua classe com medo de morrer enforcada (eu não quero morrer de jeito nenhum, mas se for forçado a escolher, acho que o enforcamento me parece melhor que uma queda), mas a ordem que recebeu era para se declarar a seu crush. Que irônico, não é?

Mas espere de novo! Ela ficou bastante ferida sim, mas não morreu. Foi hospitalizada ainda com vida. Estava toda contorcida no chão, e quando caiu seu sangue pulou como se de uma embalagem de ketchup esmagada, mas ela ainda estava viva. Porém, ai!, como não poderia cumprir a ordem, uma vez que estava inconsciente, era só questão de tempo até que ela morresse.

Mas espere!!! Ela morreu não por punição por descumprir a ordem do Rei, mas por consequência de seus ferimentos, pouco antes da meia-noite! Em sendo assim, o Rei achou por bem passar a punição para o Naoya. Faz sentido, não faz? Tirando a Kana, o Naoya foi o último colocado naquela votação de popularidade. Suponho que ele não tenha nenhuma crush, então o Rei deu a ele ordem diversa: transar!

Era chegada a hora de Nobuaki entrar em cena mais uma vez: pelo bem do amigo, ele iria dar a virgindade! Não a própria, ora, que bobagem, mas a da Chiemi, que convenientemente estava junto com ele na casa do Naoya pouco antes da meia-noite quando a Kana morreu e o Rei ordenou ao Naoya que transasse até o fim do dia. Aí veja bem. O Naoya já não queria jogar sujo contra a Kana, estava se sentindo mal por causa da garota, se sentia responsável pelo que aconteceu com ela, e agora recebeu a ordem de transar, e se viu na iminência de consumar o ato com Chiemi, que estava super apaixonada pelo Nobuaki e vice-versa (o anime contou isso agora, então não importa se você consegue se importar ou não), então bem, ele não queria fazer isso. Ele preferia morrer.

Eu não preferiria morrer no lugar dele, mas entendo e respeito sua escolha. Eu não me forçaria na garota, por desesperado que estivesse, mas mesmo que em uma situação desesperada, a Chiemi concordou. Não seria forçado (bom, dá para discutir isso, mas a culpa é do Rei, como bem notou o Naoya). Mesmo assim ele não queria. Eu respeito muito o Naoya. Nobuaki, seu melhor amigo, não respeita tanto assim: sentou porrada no moleque até ele desmaiar, e ordenou sua quase-namorada que aproveitasse que ele estava desacordado para estuprar o moleque. Isso é que é amigo!

Não fosse a indecência do Nobuaki ser sempre muito rápido para abrir mão de coisas que não lhe pertencem, eu até talvez ficasse um pouco triste por ele. Aliás, o flashback acaba exatamente aí, com uma cena triste entre Nobuaki e Chiemi. O anime depois volta para o presente e mostra mais um pouco como a Natsuki está louca de pedra, mas tecnicamente não avançou nada. Ninguém morreu ainda, mas ela está bastante feliz  por ter encontrado um celular caído no campo com o Kenta (o moleque que apareceu do nada no final do episódio anterior) ligando para ele. Não entendi a cena, o Kenta estava com o Nobuaki, para quem ele tentou ligar? Mas olha só o quanto eu me importo com esse anime.

“Ele deixou o celular desbloqueado, vou escrever no Facebook dele ~eu sou gay~, bwahaha!”

  1. Triste. Dos animes dessa temporada, Ousama Game foi um dos que mais me despertou interesse quando li a sinopse (sinopse essa que só cheguei a ver depois de o anime já ter estreado, pois estava esperando ( ̶e̶m̶ ̶v̶ã̶o̶) pelo guia da temporada do Anime21), cheguei a cogitar que seria um DeathNote moderno. Não cheguei a ler o mangá, mas acho que a trama tem potencial pra apresentar algo melhor do que isso. De qualquer forma vou continuar acompanhando pra ver no que dá.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        O final é horroroso mesmo. Não acho o mangá bom, mas ele me manteve entretido enquanto eu não fiquei com raiva do protagonista pelo menos (o que foi exatamente no arco revelado no flashback desse episódio). Depois disso eu só queria saber qual seria o final, a solução, e … bom, você já sabe.

        O anime porém está terrível em todos os sentidos possíveis. Conseguir piorar algo como Ousama Game é um feito, mas eles estão se dedicando, se esforçando, para não apenas piorar, mas piorar o máximo possível. LOL

        Obrigado pela visita e pelo comentário =)

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Desculpa pelo guia! =( =( =(

      Não é nem falta de tempo para o blog, é que estou usando esse tempo para fazer uma, digamos, grande mudança, que espero colocar no ar o quanto antes! Falta um pouco ainda, mas com sorte termino esse mês ainda!

      Eu já li o mangá. Death Note? Sem chance. Eu esperava que fosse algo como Another, um horror trash com muita gente morrendo das formas mais ridículas, gratuitas e inexplicáveis. Mas para isso ter graça é preciso ser gráfico e Ousama está fazendo cenas de morte muito ruins. Não dá gosto de ver.

      O final é horroroso, você vai se frustrar, não importa o quanto já esteja frustrado quando chegar lá =D

  2. acho que a unica coisa que o anime melhorou foi o fato da ordem chegar ao naoya as 23:50 , pois no mangá não faz o menor sentido ela chegar ao naoya faltando dez minutos para a meio noite sendo que a kana já havia morrido antes do meio dia

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Não lembro de detalhes da ordem do Naoya no mangá. A garota tinha morrido imediatamente pela queda depois de pular da janela, é isso? Bom, foi um arco sem noção, apelativo e ruim de todo modo, LOL

      Obrigado pela visita e pelo comentário =D

Comentários