Kakuriyo no Yadomeshi é a adaptação de uma novel, e será composto por 26 episódios ao longo de sua temporada. A animação da obra vai ser feita pelo estúdio Gonzo.

A sinopse do anime é a seguinte: A estudante universitária Aoi herdou a habilidade, de seu avô falecido, de ver ayakashis. Um dia, enquanto Aoi está alimentando alguns ayakashi, um ogro aparece! Ele declara que o avô de Aoi deve uma grande dívida e, como compensação, Aoi deve se casar com o ogro! Aoi se recusa e decide pagar a dívida trabalhando.

Dada à sinopse, vamos à análise do primeiro episódio.

A obra tem um início até certo ponto animador, está em busca de passar aquilo a que se propôs. Algo que faltou em sua estreia foi um clímax, algo que marcasse os telespectadores, que os fizesse querer voltar na semana que vem. Na falta de um clímax foi dado o mistério, com poucos acontecimentos explicados e com um caso intrigante envolvendo a protagonista, que pode render bastante no futuro do anime.

apesar de ter um palpite, vou guardar para um momento posterior da obra.

Agora vou dar uma leve introdução sobre o que são ayakashis, que fundamentalmente é o que obra está expondo. “Ayakashi” se refere às criaturas do folclore japonês. Esse termo surgiu há muito tempo no Japão, quando os japoneses acreditavam em espíritos do mal ou criaturas desconhecidas por eles. Em situações normais os humanos não poderiam os ver, mas a protagonista de Yadomeshi é uma exceção.

Aproveitando a deixa, irei falar sobre os personagens apresentados:

Aoi Tsubaki: Essa é a protagonista da obra. Uma jovem estudante, que tem a habilidade de ver Ayakashi. Por conta de seu poder teve uma infância bem complicada com sua mãe e passou a receber cuidados do seu avô, que posteriormente veio a morrer. Foi usada como garantia de pagamento de dívida de seu avô para com o Rei Ogro.

Basicamente essa é sua história, mas falando da personalidade em si: Aparentemente é determinada e gentil, características que lhe dão um tom bem afável, com uma pitada de coragem. Seu design é muito bom. Uma personagem visualmente bonita e com uma personalidade simpática.

Usei a palavra “aparentemente”, pois é muito cedo na obra para passar uma certeza, então esses comportamentos podem ser alterados no decorrer dos episódios. Isso se aplica para todos os personagens da obra.

Rei Ogro: É tratado como mestre pelos demais ogros que aparecem na obra, portanto tem uma parcela de controle no Reino Oculto (como é conhecido o mundo onde as ayakashis vivem).

A primeira vista é um líder de personalidade boa, já que apenas está cobrando uma dívida e em nenhum momento passou dos limites com Aoi, , muito pelo contrário, lhe deu um tratamento ótimo, com vista é claro de convencê-la a se tornar sua noiva. Seu design é bom.

Ginji (Raposa de nove caudas): Esse é o jovem mestre ogro, apesar de não ter uma grande diferença de idade em relação ao Rei Ogro.

Sua personalidade é chamativa, animada, tratou Aoi de uma forma muito boa, lhe dando até o que comer. Criou um vínculo de certa confiança com a personagem principal. Vou deixar um suspense no ar em torno desse personagem, pois de alguma maneira acho que pode partir dele alguma virá grande reviravolta na obra. Seu design é muito bom, ele consegue ter nove aparências com sua habilidade de metamorfose, as que foram mostradas são todas bem legais.

Um ponto importante nessa série é como será feito o desenvolvimento da relação humana com as ayakashis. Algo que me gerou dúvida e que espero que seja explicado na obra, é como funciona a transição do mundo dos humanos ao Reino oculto, o que foi dado ficou ainda muito vago. O próprio Reino Oculto gera dúvidas a respeito de seu funcionamento. Desenvolver esses pontos trará a obra um bom contexto para apoiar a história entre os personagens.

Considerações finais sobre a estréia de Kakuriyo no Yadomeshi: É uma obra que tem potencial para ser boa, tem um enredo legal, tem pontos dentro da sua história que podem ser bem desenvolvidos,além da relação entre os personagens que provavelmente será o foco da obra. Conta também com alguns mistérios que, se bem trabalhados, podem agregar muito a esse anime.Vale ressaltar que é uma obra visualmente bonita.

Discussão