Bom dia!

Para quem está chegando agora, o Café com Anime é um bate-papo sobre alguns animes da temporada entre mim, pelo Anime21,  Vinícius Marino (Finisgeekis), Gato de Ulthar (Dissidência Pop), e Diego (É Só Um Desenho). Cada blog irá hospedar as transcrições das conversas de um anime: ao Anime21 caberá publicar os artigos sobre Violet Evergarden; ao FinisgeekisCardcaptor Sakura Clear Card; ao É Só Um DesenhoKokkoku; e ao Dissidência PopMahou Tsukai no Yome e Junji Ito: Collection.

Sem mais atraso, leia a seguir a conversa que tivemos sobre o episódio 12 de Violet Evergarden.

Ler o artigo →

WIXOSS é uma franquia de anime criada em simultâneo com o lançamento de um card game, algo muito comum no Japão, já que animes são ótimas vitrines para jogos e afins por serem de fácil acesso e terem um grande apelo com o que geralmente é o público alvo desse tipo de produto.

Contudo, diferente de um Yu-Gi-0h! ou um Cardfight!! Vanguard, os animes da série WIXOSS tem mais o jogo como pano de fundo para uma história que é estruturada em cima de um drama que envolve principalmente personagens femininas que acabam por encontrar baralhos com LRIGs – algo como a carta principal do baralho que é fortalecida por outras cartas ao longo do jogo – que estão vivas e as transformam em selectors, competidoras em batalhas com regras pré-estabelecidas nas quais caso alcancem um certo número de vitórias terão um desejo realizado, mas se alcançarem um certo número de derrotadas terão algo tomado de si. Assim é construído o cenário perfeito para que as emoções dessas garotas cheguem ao limite ao lutarem entre si em uma trama cheia de mistérios.

Ler o artigo →

Captain Tsubasa ou Super Campões como ficou mais conhecido por aqui, é um anime de esporte, mais precisamente de futebol. Se você foi uma criança nos anos 90 até o começo dos anos 2000, deve lembrar de Super Campeões, aquela turminha legal jogando futebol de uma maneira apaixonada e competitiva, mesmo que tenha sérios casos de regras ignoradas.

Ler o artigo →

Hakumei to Mikochi é uma série adaptada do mangá (iniciado em 2011) de Takuto Kashiki, produzida pelo estúdio Lerche. É um slice of life de fantasia que exibe um bom timing cômico, apresentando o cotidiano de duas garotas que medem 9 centímetros de altura e vivem em uma casa construída dentro de uma árvore. Entre elas, há uma revigorante amizade, aventuras, as delícias e curiosidade da culinária, o prazer de um trabalho realizado e conhecimentos partilhados. Sem grandes conflitos e com uma divisão de capítulos que lembra os livros infantis (é uma série de antologia, com cada episódio trazendo duas histórias sobre essas jovens minúsculas), Hakumei to Mikochi pertence à “categoria” de animes mais fofos da temporada de inverno de 2018.

Ler o artigo →

Não tem como negar que Pop Team Epic se tornou um fenômeno. Se você acha demais os comentários sobre ele no Brasil, saiba que todos os 12 episódios levaram o anime para o trend topics do Twitter. Provavelmente, nem mesmo o executivo mais otimista teria previsto algo como isso, mas a que se deve o sucesso?

Ler o artigo →

Kakuriyo no Yadomeshi é a adaptação de uma novel, e será composto por 26 episódios ao longo de sua temporada. A animação da obra vai ser feita pelo estúdio Gonzo.

A sinopse do anime é a seguinte: A estudante universitária Aoi herdou a habilidade, de seu avô falecido, de ver ayakashis. Um dia, enquanto Aoi está alimentando alguns ayakashi, um ogro aparece! Ele declara que o avô de Aoi deve uma grande dívida e, como compensação, Aoi deve se casar com o ogro! Aoi se recusa e decide pagar a dívida trabalhando.

Ler o artigo →

Bom dia!

Meu primeiro artigo, do primeiro anime da nova temporada que assisto. Um anime comemorativo para os 50 anos de Ashita no Joe, um clássico de boxe. O que Megalo Box tem de Ashita no Joe? Até onde eu sei, nada. Mas não sei nada de Ashita no Joe. Suponho que em comum tenham apenas, talvez, o clima? E o boxe, claro. Bom, não exatamente, já que não se luta boxe aqui, mas sim megalo box.

Ler o artigo →