Opa! Tudo bom com vocês?

O tão esperado último episódio lançou, e não decepcionou. Apesar de uma temporada dividida em dois arcos, nos quais um foi muito bom e outro bem ruim, e um começo de temporada demasiado confuso, o episódio final conseguiu sem sombra de dúvidas fechar com chave de ouro e um belo dum gosto de quero mais.

A situação relativamente preocupante em que Ains estava por não saber os planos de Demiurgos foi resolvida sem mais nesse episódio. Sem dúvidas o Demiurgos é o mais estratégico e engenhoso de todos os generais, e isso inclusive me faz pensar que a qualquer hora ele pode se voltar contra o Ains, levar junto alguns subordinados e “ferrar com a paçoca”. Claro que, até então ele demonstrou fidelidade total para com Ains, porém ainda sim tenho aquela sensação longínqua de que a qualquer hora, ou quando menos se esperar, pode haver uma reviravolta como essa.


Foi realmente muito emocionante (por assim dizer) ver que os planos estavam todos correndo bem e todos acreditando fielmente no cavaleiro Momon. Tudo isso enquanto Ains e Demiurgos estavam papeando, e Nabe e as outras empregadas também estavam na maior tranquilidade.

Eu realmente não lembrava que as personagens da Rosa Azul iam ser revividas, então fui pega de surpresa quando elas apareceram. De uma perspectiva da realidade do reino, todos lutaram bravamente e se saíram muito bem. Mas se for analisar pela perspectiva de Nazarick, foi uma batalha um tanto sem graça, que por sinal já estava ganha para Nazarick. Afinal, eles não lutaram a sério, não usaram todas as forças que tinham, e não precisaram se preocupar com algo que tenha saído fora de controle. Um verdadeiro massacre disfarçado.

A princesa também saiu satisfeita na maior parte de seu plano, e espero que em algum momento futuro o Climb possa ver o verdadeiro lado da princesa. Acho que seria muito interessante entrar mais nessa história e ver como ele reagiria (apesar de eu achar que ele ainda sim seguiria ela fielmente depois de um susto).

Se teve um momento no episódio que simplesmente foi a chave do ouro que fechou o episódio, foram os últimos 1 minuto e 30 segundos, onde apareceram os grandes candidatos a serem rivais à altura de Nazarick. Essa cena sim foi a que conseguiu dar um gosto de “quero mais” logo no último episódio da temporada.

E é isso pessoal. Overlord terminou de uma forma muito melhor do que começou, e tenho esperança que só melhore a partir daqui. Apesar da divisão de minha avaliação desta temporada de Overlord, eu curti muito poder cobrir o anime aqui no blog e espero que vocês tenham curtido os episódios também.

Até a próxima! Bye :3

Discussão