Saredo Tsumibito wa Ryuu to Odoru ou Dances with the Dragons, teve uma estreia suficientemente legal. Esse é um dos animes da temporada que em minha opinião tem um grande potencial.

Esse episódio foi bem introdutório, mostrando a situação dos protagonistas, a sociedade que será abordada, entre outros pontos que devem ser desenvolvidos no futuro da obra. Apesar de não ter sido uma estreia espetacular, o anime mostrou o que pretende fazer e que pode ganhar seu espaço entre os melhores da temporada de primavera.
A série acontece em um mundo alternativo, vivenciado principalmente na cidade de Eridana, cujo território é metade no Império do Dragão Tseberun e metade na Aliança Lapetodes Sete Cidades.Neste mundo existem habilidades especiais chamadas fórmulas de magia jushiki, que são, essencialmente, reações químicas aumentadas através de armas especiais que causam um efeito mágico,usadas basicamente para combater dragões e outros monstros mágicos que são apresentados naquele contexto.

Para um primeiro episódio, a obra entregou até consideráveis coisas boas. Inicialmente a ação, logo de cara, apresentou os protagonistas enfrentando um dragão de um nível alto, a luta foi bem coreografada e empolgante. A animação está em um bom nível, não há nada de espetacular, mas entrega uma obra visualmente agradável.

Os personagens apresentados como centrais são: Gayus e Jardi, que são jushikitas ofensivos (o nome da profissão dada para quem luta contra os dragões). Já foi dado um bom pontapé inicial no desenvolvimento de ambos, cada um com características bem diferentes. Jardi acha honroso lutar, muito por conta do sangue herdado de sua família, já Gayus acha uma profissão ruim, mas como precisa se sustentar segue nela. Os dois são bons parceiros, lutam bem em equipe e moram juntos.

A sociedade que é mostrada tem bastantes coisas a serem desenvolvidas, uma relação entre um dos protagonistas (Gayus) e o Império é apresentada, creio que haja uma história boa por trás disso.

Um pouco de mistério é acrescentado na obra, com o assassinato de vários dos jushikitas por uma pessoa cuja a identidade não foi bem esclarecida nem qual o seu interesse em fazer aquilo. Provavelmente essa personagem irá render boas batalhas.

Resumidamente essa foi à estreia de Saredo Tsumibito wa Ryuu to Odoru: um começo um pouco parado, com um tom bem introdutório, podendo se tirar, a partir disso, bons pontos para o proceder de episódios futuros da obra.
Que comece a Dança com os Dragões!!!

Comentários